Pensar em “Crepúsculo” sem a presença de Robert Pattinson é quase absurdo. Porém, isso quase aconteceu: o estilo rebelde do astro por pouco não provocou a demissão do astro da série de vampiros. O próprio ator admitiu isso em entrevista ao jornal The New York Times.

Segundo Robert Pattinson, os agentes do astro precisaram entrar em cena para apagar o incêndio e acalmar os executivos que defendiam a demissão do ator. Anos mais tarde, ele considera ter sido um ‘imenso luxo’ atuar em “Crepúsculo” ao lado de nomes como a ex-namorada Kristen Stewart, Anna Kendrick e Taylor Lutner.

Atualmente, o ator afirma estar em paz por ter protagonizar a popular série. “Eu acho que uma das melhores coisas, basicamente, sobre ser seletivo, é se você fez cinco filmes em uma série, você precisou aceitar alguma responsabilidade por ter o mesmo personagem”, disse. O ator será visto a partir de quinta-feira nos cinemas nacionais com “Z – A Cidade Perdida”, de James Gray.

Facebook Comments