O premiado diretor Roman Polanski está sendo novamente acusado de abuso sexual contra uma adolescente. A advogada da vítima não revelada, Gloria Allred, informou que vai revelar detalhes do caso em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (15) em Los Angeles. As informações são do site da Variety.

A nova acusação surge quase 40 anos depois do caso mais célebre envolvendo Polanski: em 1979, o cineasta polonês abusou sexualmente da jovem de 13 anos, Samanta Geimer. Condenado pela justiça americana, o diretor chegou a ser preso por 42 dias, mas fugiu dos EUA e vive na Europa desde então.

Neste ano, Charlotte Lewis, também representada por Gloria Allred na Justiça, acusou Polanski de abuso sexual quando tinha 16 anos. Segundo ela, o caso aconteceu em 1986 durante as gravações do filme “Piratas”.

Facebook Comments