Assim como nos Estados Unidos, “Alice Através do Espelho” estreou no Brasil com resultado aquém do esperado. A segunda aventura de “Alice” nos cinemas chegou próximo, com 842 mil entradas vendidas, mas não conseguiu tirar a coroa de “X-Men: Apocalipse”.

Neste feriado, o brasileiro preferiu ver a nova aventura dos mutantes, que manteve público de 936 mil pessoas, com acumulado de 2,8 milhões de pessoas e R$ 44 milhões de bilheteria.

No circuito americano, com a estreia simultânea dos dois filmes, “Alice” se saiu ainda pior, faturando menos da metade que “Apocalipse”, com resultado 70% abaixo de “Alice no País das Maravilhas”, de Tim Burton, sucesso de 2010.

 Mesmo com uma queda no público, “Capitão América: Guerra Civil” ficou em 3°, deixando o filme coletivo da Marvel isolado no topo dos filmes mais vistos no Brasil neste ano até agora, superando a renda total de “Batman vs Superman – A Origem da Justiça”: São 9 milhões de pessoas e R$ 137 milhões de bilheteria em cinco semanas em cartaz.

Entre as estreias, Jodie Foster se saiu melhor, com seu 4° filme na direção. Com George Clooney e Julia Roberts no elenco, “Jogo do Dinheiro” ficou em 5° lugar e arrematou 155 mil pessoas.

Sucesso na TV entre o público infantil, “Peppa Pig, As Botas de Ouro e Outras Histórias” não conseguiu repetir a mesma façanha nos cinemas e ficou em 7°, com 65 mil espectadores.

Fora do circuito comum, a final da Champions League Milão 2016 foi exibida ao vivo em 94 salas e faturou R$ 431 mil e 12 mil espectadores, mantendo o evento à frente de “Mogli – O Menino Lobo”.

do site UOL

Facebook Comments