Curta paraibano selecionado para a Mostra Panorama da Mostra de Cinema Tiradentes de 2021, “Animais na Pista” adapta o conto “Relato de ocorrência em que qualquer semelhança não é mera coincidência”, de Rubem Fonseca. O diretor Otto Cabral consegue captar a aura descritiva da obra literária em sua essência com uma criação de atmosfera absurda através da execução do ótimo plano-sequência que carrega a obra, porém, esquece de dar maior dimensão aos personagens daquela história.  

“Animais na Pista” acompanha o desenrolar de um acidente de trânsito em uma rodovia no interior do Brasil. Enquanto uma vítima está estirada no chão, os moradores mais próximos da região lutam para arrancar os melhores pedaços de uma vaca também atingida na colisão. 

Quase metade dos nove minutos do curta traz um plano-sequência sufocante em que os detalhes da tragédia se revelam gradualmente. As luzes vermelhas piscando dos carros se fundem à escuridão do asfalto parcialmente iluminado pelos faróis e do próprio pôr-do-sol, dando um tom ainda mais trágico para um cenário desalentador. Méritos do trabalho soberbo do diretor fotografia Rodolpho Barros, da equipe de som e da execução precisa da mise-en-scène. 

Por outro lado, “Animais na Pista” peca por não conseguir desenvolver nada sobre aquelas figuras vistas no filme. Se Rubem Fonseca consegue dar uma dimensão da miséria social através da descrição meticulosa, por exemplo, do protagonista Elias, o drama paraibano passa longe de qualquer tentativa disso. Falta ao roteiro se dedicar à construção mínima dos personagens, o que prejudica qualquer elo emocional com o desfecho que se pretendia emocionante. A mão pesada com uma trilha onipresente ainda parece busca fazer este trabalho na marra em uma tentativa de provocar choro a qualquer custo. 

Diante deste problema, mesmo que a intenção possa nem ser essa por parte da equipe, o próprio título do curta ganha mais uma conotação de julgamento daquelas pessoas e não da condição de miséria. No fim das contas, “Animais na Pista” brilha na técnica enquanto deixa lacunas graves no seu discurso. 

Festival de Karlovy Vary 2022: ‘Flux Gourmet’, de Peter Strickland

"Flux Gourmet", novo filme de Peter Strickland, é um prato reservado aos curiosos gastronômicos de plantão. O projeto do atual mestre do bizarro inglês foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary deste ano após estreia em Berlim e vem recheado das...

‘The Five Devils’: a falácia do mito do “lugar de gente de bem”

"The Five Devils", novo filme da francesa Léa Mysius, é um misto de drama familiar e thriller sobrenatural que leva o espectador por caminhos inesperados. O longa, que estreou na mostra Quinzena dos Realizadores em Cannes e foi exibido no Festival Internacional de...

‘Trem-Bala’: carisma de Brad Pitt faz longa pueril valer a pena

Eis que chega às telonas “Trem-Bala”, mais uma obra que segue o filão do cinema de ação espertinho à la Deadpool. Ou seja: temos aqui uma maçaroca de referências pop e piadas adolescentes que, se por um lado, não radicaliza nada, por outro não consegue bancar o peso...

‘Ela e Eu’: Andréa Beltrão domina melodrama sobre recomeço

Mãe e filha. 20 anos de convivência emocional e de ausência física. Reconfigurando afetos, Gustavo Rosa de Moura traz aos cinemas em “Ela e Eu” uma história forte, importante e comovente sobre novas e velhas formas de amar com Andrea Beltrão fazendo uma personagem do...

‘Tinnitus’: angustiante e ótimo body horror brasileiro

Uma atleta de saltos ornamentais em apuros guia a trama de "Tinnitus", novo filme do paulista Gregorio Graziosi (“Obra”) que teve estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary deste ano. Ancorado na sólida performance da atriz Joana de Verona, o...

‘Aos Nossos Filhos’: Marieta Severo brilha em drama de tom solene

Vera (Marieta Severo) está em um embate terrível com a filha Tânia (Laura Castro). A jovem, lésbica e casada, que quer a aprovação da matriarca para ser mãe, mas não vê forma de superar os próprios traumas e o dissabor da relação com a personagem de Marieta, uma...

‘O Palestrante’: Porchat aposta no seguro em comédia morna

Guilherme (Fábio Porchat) é um contador frustrado que perdeu o tesão na vida. Seu chefe é um babaca, a esposa o humilha e o sujeito simplesmente desliza pelos dias no piloto automático. Isto até ser confundido com um palestrante motivacional e se apaixonar por Denise...

Festival de Karlovy Vary 2022: ‘Close’, de Lukas Dhont

As dores de amadurecimento dão o tom de "Close", novo filme de Lukas Dhont que estreou em Cannes - onde dividiu o Grand Prix com "Both Sides of the Blade", de Claire Denis - e foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary. O drama confirma o diretor...

‘Il Buco’: um olhar contemplativo para uma Itália pouco explorada

Consigo imaginar vários filmes ambientados em cavernas. Desde ficções científicas a fantasias até true crimes, esse parece ser um ótimo cenário para criar dramaticidade, viver aventuras e encontrar novos mundos; no entanto, nenhum desses caminhos se assemelha ao que...

Festival de Karlovy Vary 2022: ‘The Eight Mountains’, de Felix van Groeningen e Charlotte Vandermeersch

Nos idos dos anos 2000, um jovem resolve ir atrás do companheiro de infância e embarcar em uma terna aventura. Esta é a premissa de "The Eight Mountains", filme que estreou em Cannes - onde dividiu o Prêmio do Júri com "EO", de Jerzy Skolimowski - e foi exibido no...