Sempre polêmico, Chris Rock deu uma cutucada no discurso de Jennifer Lawrence sobre a diferença salarial de homens e mulheres no cinema americano. Em entrevista ao jornal New Yorker, o comediante disse que as atrizes negras sofrem muito mais que a líder da saga “Jogos Vorazes” quanto a cachês recebidos para trabalhar em Hollywood.

“Mulheres negras enfrentam o maior problema salarial no ramo do entretenimento. Você ouve a Jennifer Lawrence reclamando sobre ser paga mal por ser mulher, mas, se ela fosse negra, ela realmente teria algo a reclamar”, disse Rock em artigo sobre a comediante do programa humorístico ‘Saturday Night Live’, Leslie Jones.

A referência de Chris Rock a Jennifer Lawrence surgiu de um artigo em que a atriz reclamou publicamente da diferença salarial dela para os companheiros de elenco no filme “Trapaça”, Bradley Cooper, Christian Bale e Jeremy Renner. “Quando houve o Sonygate e eu descobri o quanto menos ganhei do que os sortudos com ‘pintos’, eu não fiquei com raiva da Sony. Fiquei brava comigo mesma. Falhei como negociadora por ter desistido cedo. Não quis continuar lutando por mais alguns milhões de dólares. Por estar em duas franquias (“Jogos Vorazes” e “X-Men”), não preciso desse dinheiro”, afirmou.

Facebook Comments