Dono da fala mais enigmática de “Os Vingadores – Guerra Infinita“, Benedict Cumberbatch fechou contrato para fazer “Ironbark”. A produção com direção de Dominic Cooke e roteiro de Tom O’Connor será baseada na vida do espião britânico em plena Guerra Fria, Greville Wynne. As informações são do site Deadline.

Greville Wynne era um engenheiro elétrico recrutado pelo MI5, se tornando um intermediário para o espião soviético de alta patente Penkovsky, o qual estava envolvido na venda de armas e segredos de armas para a inteligência britânica durante a Guerra Fria. Quando suas atividades foram reveladas por um agente duplo que trabalhava para a KGB, Wynne foi preso e encarcerado na Rússia. Penkovsky, que foi apelidado pelo Ocidente como “o espião que salvou o mundo” por fornecer informações importantes em torno da Crise dos Mísseis de Cuba, não teve tanta sorte: enfrentou um pelotão de fuzilamento.

Segundo a imprensa americana, “Ironbark” terá um estilo semelhante ao thriller “O Espião que Sabia Demais” com Gary Oldman e Colin Firth. As gravações estão previstas para terem início em 2018. Os direitos comerciais do projeto serão negociados no Festival de Cannes deste ano. Já Benedict Cumberbatch ainda aguarda o lançamento nos cinemas mundiais de “The Current War” e estará também em “Rio” com Jake Gyllenhaal.

Facebook Comments