“Há muita merda sobre mim em livros e na Internet”. O diretor David Lynch justifica, desta forma, a realização da autobiografia. Previsto para ser lançado em 2017, o livro será escrito com o apoio da jornalista Kristine McKenna.

“Quero todas as informações corretas em um único lugar. Se uma pessoa quiser saber algo sobre mim, poderá encontrar lá. E não faria isso sem o apoio da Kristine”, disse Lynch. A parceria entre o diretor e a jornalista teve início após uma entrevista nos anos 1970.

Segundo o The Guardian, o livro sobre David Lynch não será um autobiografia clássica. A obra vai trazer uma série de entrevistas com 90 amigos, familiares e colaboradores do cineasta, tecendo a trajetória dele a partir das próprias reflexões do diretores sobre esses encontros.

Conhecido por clássicos como “Eraserhead”, “O Homem Elefante” e “Cidade dos Sonhos”, David Lynch está se preparando para a continuação da série “Twin Peaks”.

Facebook Comments