Matthew Vaughn não perde tempo: o diretor revelou que os primeiros passos do terceiro filme de “Kingsman” já estão sendo dados. Isso antes da estreia do segundo longa da série. Na empreitada, o cineasta conta com o apoio da roteirista e parceira de trabalho, Jane Goldman. As informações são do site The Playlist.

De acordo com o diretor, a ideia de fazer uma trilogia surgiu quando começou a fazer o roteiro do segundo filme. “Quando estávamos escrevendo, pensamos também em “Kingsman 3. Foi uma ponte que fomos puxando até ganhar a dimensão que temos hoje”, declarou. Vaughn considera que “O Círculo Dourado” terá função semelhante a “O Império Contra-Ataca” para “Star Wars” ao levar o público a nível para que o desfecho seja feito na produção seguinte.

O roteiro do segundo filme nasceu a partir da ideia da vilão Poppy, vivida por Julianne Moore. “Ela é muito insana, mas, com uma lógica para dominar o mundo”, afirma. “Kingsman – O Círculo Dourado” começa com um grandioso ataque contra o quartel-general Kingsman. Isso obriga Eggsy (Taron Egerton), Merlin (Mark Strong) e cia a unirem forças com o equivalente estadunidense da agência, os Statesman. Britânicos e norte-americanos ignoram as diferenças em defesa do mundo, ameaçado pelos planos da vilã Poppy (Julianne Moore). A estreia nos cinemas brasileiros acontece no dia 28 de setembro deste ano.

Facebook Comments