A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos – que organiza o Oscar – estuda a possibilidade de voltar a ter apenas cinco indicados ao prêmio de melhor filme. A informação foi divulgada pelo site The Hollywood Reporter.

Segundo o site, a possível mudança – que é defendida por uma parte significativa da Academia – seria uma forma de os 6 mil membros da AMPAS reconhecerem que a estratégia de aumentar o número de indicados a melhor filme falhou. A ideia entrou em prática na cerimônia de 2010. “Eles tentaram, e realmente não nos fez muito bem”, disse uma fonte ao site.

Até o momento, nenhuma proposta oficial foi apresentada ao conselho de governadores da Academia. No entanto, isso pode acontecer até 24 de março, quando o grupo se reúne.

A porta-voz da Academia não quis comentar a reunião do conselho ao Hollywood Reporter. “Como todos os anos, a Academia vai se reunir nos próximos meses para avaliar não só a cerimônia televisionada, como também a temporada de prêmios como um todo.

Ainda de acordo com o site, uma boa parte do conselho estaria pedindo mudanças nos bastidores. O argumento seria de que o número de concorrentes a melhor filme diminuiu o “prestígio” da indicação ao Oscar e não aumentou a audiência da cerimônia televisionada. A festa deste ano teve 15% a menos de audiência que a de 2014 e fontes do Hollywood Reporter dizem que os governadores da Academia “estão furiosos quanto à qualidade e à duração do show”.

Facebook Comments