O Amazonas terá uma representante em um dos filmes mais aguardados de 2019: a atriz Fernanda Diniz está escalada em “Malévola 2” ao lado de ‘apenas’ Angelina Jolie e Elle Fanning. Nada mais coincidente do que ser um conto de fadas para abrir os caminhos de Hollywood para a garota nascida em Manaus.

Apaixonada pelos filmes da Disney, Fernanda soube da chance para entrar em “Malévola 2” durante as gravações da comédia de humor negro, “Red Devil”. “Tinha o teste marcado para a manhã seguinte ao término das gravações e justo nesse dia terminamos às 7 horas da manhã, fazendo cenas super dramáticas. Fora que havia toda a emoção de me despedir da equipe e do projeto maravilhoso”, disse em entrevista ao Cine Set.

Qual foi a tática usada para conseguir mergulhar em uma outra atmosfera e fazer um bom teste?

“Meditei por uma hora, depois coloquei musicas celtas de fadas no Youtube e fiquei escutando até a hora de ser chamada. Eu falava para mim mesma: ‘sou um ser mágico’. Deu certo! Entrei radiante e fui seguindo as orientações do diretor de casting”, revelou Fernanda.

A aprovação veio duas semanas depois. Apesar da grande notícia, a amazonense admitiu que ficou “estranhamente calma” ao ser informada pelo agente.  “Era como se soubesse que aquele papel foi feito para mim. Só agradeci muito ao universo pela oportunidade que estava recebendo”. Sem dar detalhes sobre a personagem que vai interpretar (“é para não estragar a surpresa”, justifica), Fernanda inicia as gravações de “Malévola 2” neste mês de maio.


Red Devil: Fernanda protagonista de comédia de humor negro

“Malévola 2” não será o único importante projeto de Fernanda Diniz na tentativa de se firmar ainda mais dentro do cenário mundial do cinema. A atriz encerrou, neste primeiro semestre, as filmagens de “Red Devil”, longa dirigido e roteirizado por Savvas D. Michael com Steven Berkoff e Jack Turner no elenco.

Protagonista do filme, Fernanda vive Ella Knight, que junto com Oscar Knight (Jack Turner), possui a missão de erradicar da Londres atual uma droga chamada “Red Devil”. Segundo a amazonense, o projeto traz um clima de “Sin City”, de Robert Rodriguez.

“(Os personagens) São heróis modernos, unidos por uma grande dor de infância e um amor imensurável um pelo outro. Por causa desse amor eles se metem em muitos problemas. Gravar esse filme foi uma experiência incrível. Entrar na cabeça da personagem Ella, me enriqueceu muito e como tínhamos que filmar sempre de madrugada, dada a natureza sombria do filme tudo nos fazia entrar nesse universo paralelo e a relação entre toda a equipe se tornou muito forte. Mal posso esperar para ver o filme pronto”, afirmou.


Do sonho de Paquita a superprodução Americana

Quando morava em Manaus na infância, Fernanda tinha um sonho de 10 entre 10 meninas dos anos 1990: ser paquita da Xuxa. Ela até chegou a fazer testes, porém, um requisito a atrapalhou em relação às concorrentes: “Elas eram muito loirinhas”, brinca.

Com a mudança da mãe para o Rio de Janeiro, ela ficou na “ponte aérea” entre a Cidade Maravilhosa e a capital amazonense por um tempo. Foi nesta época em que Fernanda entrou para um curso de teatro e, aos 14 anos, assinou com a primeira agência de modelos e atores. Desta maneira, ela obteve pequenas participações em “Malhação” e na novela “Estrela Guia”.

Tempos depois, outra mudança, agora continental: do Rio de Janeiro para Portugal. No país de Cristiano Ronaldo, Fernanda atuou em novelas como “I Love It” e “Ouro Verde”, dividindo a cena com nomes como Gracindo Jr. e Zezé Motta. Ao ir morar em Londres, a carreira da amazonense deslanchou fazendo desde séries como “Berlin Station” a filmes como “Papillon” ao lado de gente como Charlie Hunnam e Rami Malek.

Agora, com “Malévola 2”, chegou a vez de Fernanda Diniz dar mais um passo para a consolidação no mercado cinematográfico.

Facebook Comments