Realizada neste domingo (14), a cerimônia do Bafta 2016 deixou a corrida pelo Oscar imprevisível. “O Regresso” foi o grande vencedor do prêmio inglês ao levar as categorias de Melhor Filme e Diretor com Alejandro González Iñarritu.

Ganhar o prêmio de Melhor Filme no Bafta não significa necessariamente conseguir sucesso na mesma categoria no Oscar. Nos últimos 10 anos, os resultados se repetiram seis vezes (“12 Anos de Escravidão”, “Argo”, “O Artista”, “O Discurso do Rei”, “Guerra ao Terror, “Quem Quer Ser um Milionário?”). Em 2015, por outro lado, o vencedor foi “Boyhood” derrotado por “Birdman”, no Oscar.

Os prêmios pré-Oscar mostram uma corrida dividida entre três filmes. “O Regresso” levou o Bafta, Globo de Ouro e o Sindicato dos Diretores (DGA); “A Grande Aposta” ganhou o Sindicato dos Produtores (PGA) e dos Roteiristas (WGA) entre os textos adaptados; e “Spotlight” se sagrou vencedor no Sindicato dos Atores (SAG) e Roteiristas entre os textos originais.


DiCaprio e Larson vencem; Relatos Selvagens surpreende

Leonardo DiCaprio confirmou o favoritismo e levou a estatueta de Melhor Ator por “O Regresso”, enquanto Brie Larson venceu como Melhor Atriz pelo desempenho em “O Quarto de Jack”. Já entre os coadjuvantes, Kate Winslet, em “Steve Jobs”, conquistou a estatueta entre as atrizes e Mary Rylance, por “Ponte dos Espiões”, ganhou entre os atores.

Nenhuma surpresa nas categorias de Melhor Documentário e Animação: vitórias, respectivamente, de “Amy” e “Divertida Mente”. A Argentina saiu vencedora com “Relatos Selvagens” na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Indicado ao Oscar, “Brooklyn” venceu a categoria de Melhor Filme Britânico. Por fim, os fãs de “Star Wars” concederam o prêmio de Estrela em Ascensão para John Boyega, o Finn de “O Despertar da Força”.

VEJA A LISTA COMPLETA DOS VENCEDORES DO BAFTA 2015:

Melhor Filme – “O Regresso”

Melhor Filme Britânico – “Brooklyn”

Melhor Diretor – Alejandro González Iñarritu, por “O Regresso”

Melhor Ator – Leonardo DiCaprio, por “O Regresso”

Melhor Atriz – Brie Larson, por “O Quarto de Jack”

Melhor Ator Coadjuvante – Mark Rylance, por “Ponte dos Espiões”

Melhor Atriz Coadjuvante – Kate Winslet, por “Steve Jobs”

Melhor Roteiro Original – “Spotlight”

Melhor Roteiro Adaptado – “A Grande Aposta”

Melhor Filme Estrangeiro – “Relatos Selvagens” (Argentina)

Melhor Animação – “Divertida Mente”

Melhor Documentário – “Amy”

Melhor Direção de Fotografia – “O Regresso”

Melhor Design de Produção – “Mad Max – Estrada da Fúria”

Melhor Montagem – “Mad Max – Estrada da Fúria”

Melhor Trilha Sonora – “Os Oito Odiados”

Melhor Figurino – “Mad Max – Estrada da Fúria”

Melhor Maquiagem e Penteado – “Mad Max – Estrada da Fúria”

Melhor Som – “O Regresso”

Melhores Efeitos Visuais – “Star Wars – O Despertar da Força”

Melhor Curta-Metragem de Animação Britânica – “Edmond”

Melhor Estreia de Diretor, Produtor, Roteirista Britânico – Naji Abu Nowar e Rupert Llyod, por “Theeb”

Melhor Curta-Metragem Britânico – “Operator”

Estrela em Ascensão – John Boyega, por “Star Wars – O Despertar da Força”

Facebook Comments