O cineasta italiano Pasquale Squitieri, conhecido por seus filmes de cunho histórico e político e por seus 30 anos de casamento com a atriz Claudia Cardinale, de quem se separou em 2003, morreu neste sábado aos 78 anos em Roma.

Squitieri, nascido em Nápoles, morreu em um hospital de Roma, segundo comunicaram aos veículos de imprensa sua segunda mulher Ottavia Fusco e sua filha Claudia.

O italiano começou sua carreira como diretor de cinema em 1969 com “Io e Dio”, produzido por Vittorio de Sica, e se especializou em filmes com argumentos históricos e políticos que levantaram várias críticas como “I guappi” (1973), “Claretta” (1984) e “Li chiamarono… briganti!” (1999).

Porém, também ficou conhecido por sua história de amor com a atriz Claudia Cardinale, quem conheceu em 1974 durante a rodagem de “I guappi” em 1974 e com a qual acabou se casando.

Com Cardinale rodou “O Prefeito de Ferro” (1977), “Corleone” (1978) e “Claretta” (1984).

O cineasta também entrou na política. Foi eleito senador pelo partido de direita Aliança Nacional em 1992.

da Agência EFE

Facebook Comments