O Cine Set realizou, na noite desta quarta-feira (6), o debate sobre adaptações de histórias em quadrinhos no cinema. Evento realizado no Espaço Thiago de Melo, na Livraria Saraiva do Manauara Shopping, contou com a presença do crítico Ivanildo Pereira, do quadrinista Samuel de Gois e os diretores de curtas-metragens locais Leonardo Mancini e Rod Castro. A apresentadora Camila Baranda comandou o evento.

Clique nas fotos para ampliar!

NOTA DO EDITOR: o diretor de curtas-metragens amazonenses Rod Castro deixou uma lista disponibilizada sobre os livros citados durante o debate. Segue a bibliografia com os respectivos comentários dele:

Fala povo, aqui vai a lista com os livros que citei ontem. Todos falam de quadrinhos, a indústria e o mercado, e podem ser comprados tanto na Saraiva, loja, como pelo site.

A guerra dos Gibis, Gonçalo Júnior – conta a história do início do mercado de quadrinhos no Brasil, principalmente dos quadrinhos americanos e como eles fizeram os jornais multiplicarem suas vendas.

Superdeuses, Grant Morrison – Conta a história da DC, sua mitologia, seus personagens e seus autores. Grant é um famoso autor de quadrinhos e já trabalhou tanto pra DC, quanto para a Marvel.

Marvel Comics, A história secreta, Sean Howe – A história da gigante Marvel, desde quando ela era uma editora focada em gibis de terror, comédia e romance, até chegar aos super heróis e se tornar uma gigante do mercado, mesmo depois de ter falido em 1996.

Homens do Amanhã, Gerard Jones – O início da DC, suas ligações para ter dinheiro- negociatas, ligações com os gângsters e assim por diante – seu tratamento para com seus criadores – Jerry Siegel e Joe Shuster, criadores de Superman – e as dezenas de histórias de bastidores que se misturam às histórias contadas nas bancas.

Will Eisner, um sonhador nos quadrinhos, de Michael Schumacher – A trajetória do maior autor de quadrinhos americano. Sua independência do mercado, como suas experiências de vida afetaram suas obras, e como ele, praticamente criou um modelo de publicação – as Graphic Novels – que hoje se perpetua entre os principais consumidores de quadrinhos no mundo.

Eisner/Miller, uma entrevista cara a cara conduzida por Charles Brownstein – Posso estar enganado, mas este bate papo, foi no estilo do clássico livro Hitchcock/Truffaut – em que o recém diretor entrevistava seu grande ídolo, por mais de 05 anos. Frank Miller (autor de Batman Ano um, Cavaleiro das Trevas, Sin City, 300 de Esparta e muitos outros) conversa sobre tudo com o grande mestre Eisner. Em um capítulo, ambos falam o quanto a indústria do cinema ganharia ao se utilizar dos quadrinhos produzidos, não somente por eles, mas por toda uma indústria, de entretenimento, com mais de 70 anos de existência.

Facebook Comments