Com a proposta de reunir curtas-metragens realizados por universitários, o Festival Pirarucurta realiza sua segunda edição nos dias 15 e 16 de novembro, em Manaus. Além da mostra competitiva entre alunos de universidades da capital, este ano o evento também conta com uma mostra não competitiva para exibir o trabalho de realizadores amazonenses em geral. O evento será realizado no Centro Cultural Usina Chaminé, localizado no Centro da cidade. 

O festival é uma iniciativa da Faculdade Martha Falcão e, de acordo com a professora e coordenadora-geral, Carla Batista, se tornou uma forma de fomentar a produção audiovisual no meio acadêmico. “O objetivo do festival é dar visibilidade às produções audiovisuais que são feitas em sala de aula ou até mesmo durante o processo de formação do universitário. Essa proposta consequentemente está ligada a ideia de fomentar uma produção local”, afirma. 

Nesta edição, os estudantes competem nas categorias de ficção, não-ficção, animação, produção publicitária e produção de videoclipe. O júri do festival é composto por Rafael Ramos, diretor de ‘Formas de Voltar Para Casa’ e ‘Aquela Estrada’, Walter Fernandes, diretor de ‘Dispensa do Amor Mecânico’ e mentor do projeto Cineastas em Formação, e Camila Henriques, jornalista, membro do coletivo Elviras e crítica do Cine Set.  

Já na mostra não competitiva serão exibidos curtas de ficção, não-ficção, animação e produção publicitária. Para Carla Batista, a mostra paralela é uma forma de contemplar trabalhos realizados por alunos em outros anos e até mesmo relacionar o ambiente universitário com mercado audiovisual no Amazonas.  

EXPANSÃO PARA REGIÃO NORTE 

Com início no curso de Design, o Pirarucurta passou a englobar outros quatro cursos universitários nesta edição, assim como a participação de outras universidades. Como idealizadora, a professora acredita que as próximas edições possam ser expandidas para uma competição regional.  

“Nessas primeiras edições, a gente focou na produção local, mas não colocamos um tema especificamente porque queríamos atender a todos. A proposta é que nos próximos anos a gente possa fazer o festival com temas específicos como lendas amazônicas, por exemplo. Quanto a envolver outros estados, com certeza é uma possibilidade até porque o alcance do evento já chegou bem longe por meio das redes sociais, então consequentemente a região norte é o próximo passo”, considera Carla.  

Apesar do nome remeter à produção de curtas, a presença de longas-metragens também já está sendo debatida pela organização do evento, afirma a coordenadora do Festival. Entretanto, a proposta de envolver primordialmente produções acadêmicas será mantida.  

“Nós fizemos um levantamento sobre os eventos de audiovisual daqui e vimos que a grande parte das mostras era de cunho profissional. Então estamos trazendo algo inovador com o universitário sendo, de fato, protagonista”, completa Carla. 

SEM FACULDADE DE CINEMA EM MANAUS 

UEA - Curso de Produção Audiovisual

Apesar das conquistas do cinema amazonense alcançadas por nomes como Sérgio AndradeAldemar Matias nos últimos anos e a realização de importantes eventos como Amazonas Film Festival, Matapi e Olhar do Norte, estudar audiovisual está longe de se tornar uma realidade para quem mora em Manaus. 

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) até chegou a formar duas turmas do curso técnico de audiovisual. Mesmo após toda a compra de equipamentos, infelizmente, as atividades foram encerradas há dois anos. 

Uninorte também descontinuou as atividades do curso de Rádio e TV. Já a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e as demais instituições de Ensino Superior do setor privado não possuem cursos do tipo, sendo atividades mais próximos do audiovisual feitas nos cursos de artes e jornalismo. 

HBO Max lança ‘Os Ausentes’, primeira série brasileira do streaming

Grande novidade do streaming no país em 2021, a HBO Max prepara a estreia da primeira série brasileira da plataforma. “Os Ausentes” traz a rotina de uma agência homônima especializada em investigar desaparecimentos. Criada pelo ex-policial Raul Fagnani (Erom...

Festival de Cannes 2021: 10 Filmes para Ficar de Olho

Chegou a hora do Festival de Cannes 2021: de 6 até 17 de julho, o foco do mundo do cinema estará na Riveira Francesa. Por isso, Caio Pimenta traz, agora, 10 filmes que disputam a Palma de Ouro para você ficar atento.  https://www.youtube.com/watch?v=OOpbBQQghTg...

‘Friends – The Reunion’: o melhor e o pior do reencontro

Tanto em números quanto em popularidade, ‘Friends’ continua sendo uma das maiores séries na história da televisão mundial: se em 2004, a produção obteve o recorde de episódio final com maior público, 17 anos depois, um único episódio especial foi capaz de atrair...

‘Colônia’ resgata macabra história brasileira de pessoas abandonadas pela sociedade

O desejo de trazer uma história que nunca foi contada na ficção brasileira. Com esse sentimento, a equipe da série “Colônia” participou de uma coletiva de imprensa relatando as suas experiências durante a produção do projeto. A obra lançada no Canal Brasil retrata a...

‘Dont Look Back’, ‘Monterey Pop’, ‘101’: o legado de D. A. Pennebaker para o cinema – e para a música

https://open.spotify.com/album/0o1uFxZ1VTviqvNaYkTJek?si=Q1Okrf-AQ3uXPZ5Z67nEWQ&dl_branch=1 Poucos fãs de cinema, e menos ainda de música, parecem conhecer o nome de Donn Alan Pennebaker, o que é uma lástima. Como D. A., ele deu ao cinema alguns de seus momentos...

Em ‘Veneza’, Miguel Falabella defende a sensibilidade contra a barbárie

Resistência e a defesa da importância de se sonhar. Estes dois sentimentos dominaram a coletiva de imprensa online do filme “Veneza” com participação do Cine Set. Transmitida via YouTube, o evento contou com as presenças do diretor/roteirista do filme Miguel Falabella...

‘Faz de Conta que NY é uma Cidade’: um pequeno tesouro na Netflix

Muitos cineastas mais antigos, formados pela tela grande das salas de cinema, veem com maus olhos a ascensão da Netflix. Para esses nomes, que incluem até Steven Spielberg, defensor eloquente da tecnologia como forma de ampliar a experiência cinematográfica (e,...

‘A Voz Suprema do Blues’ e o legado do racismo na indústria musical

Um dos indicados ao Oscar 2021, A Voz Suprema do Blues, pode não estar entre os mais prestigiados da premiação (são só duas indicações nas categorias principais – Melhor Ator para Chadwick Boseman, em sua última e sublime aparição nas telas, e Atriz para Viola Davis,...

Oscar 2021: A Harmonia da Desigualdade em ‘Opera’

Intrigados. É assim que podemos descrever nosso sentimento ao terminar os oito minutos e meio do curta de animação Opera, indicado ao Oscar deste ano nessa categoria. Apostamos fortemente que este é superior aos seus concorrentes e com um alto índice de levar a...

Cine Set no Festival de Berlim 2021: a história do cinema brasileiro no evento

Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por Cine Set (@cineset) Se tem um evento que gosta do cinema brasileiro, este é a Berlinale. A primeira vez que o Brasil participou da Berlinale em 1953 com dois filmes na mostra competitiva de...