Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação, entre produções nacionais e internacionais e mostra nacional competitiva. As grandes novidades dessa edição são a parceria com a Darkflix, maior plataforma de cinema fantástico da América Latina, e duas novas categorias: Queen Fantástico e Anima Sanja.

A nova maneira de exibição dos filmes é para além de uma necessidade na realidade atual, é também uma oportunidade de aumentar o alcance e as possibilidades do festival, que pretende incluir o formato em suas próximas edições, quem sabe seguindo em realizações híbridas, unindo virtual e presencial. A parceria com a Darkflix potencializa ainda mais o objetivo do Festival POE de Cinema Fantástico de fortalecer o cenário audiovisual, abrir novos espaços de exibição para fazedores do cinema fantástico, trazer entretenimento de qualidade e exibir filmes que muitas vezes estão fora do circuito comercial. 

A programação nesta edição conta também com oficinas, bate-papos e apresentações online e gratuitas, e novidades nas categorias de exibição: a Queen Fantástico, filmes com protagonismo e direção de Drag Queens, e a Anima Sanja, uma mostra nacional com animações do gênero terror. A intenção é trazer maior diversidade para o Festival e aproveitar as plataformas online para compartilhar posicionamentos e maneiras de fazer cinema fantásticos diferentes à cena. 

GIRL POWER NO FESTIVAL

Além da exibição de três filmes, a categoria Queen Fantástico contará com um programa especial de estreia para aprofundar o debate e estimular a visibilidade queen em papéis de protagonismo e direção no cinema fantástico. Com apresentação das Drag Queens Alexia Twister, apresentadora de Nasce uma Rainha, da Netflix e Morgana Loren,  que está no elenco de um dos filmes exibidos no Festival, o programa terá debates, entrevistas e uma sequência de shows temáticos ao vivo, incluindo uma performance de Ikaro Kadoshi, do programa Drag me as a Queen do Canal E.

A abertura do festival será uma live com Liz Vamp, filha de Zé do Caixão, que abre o festival com uma voz e uma representatividade importante. Neste ano, foram selecionados 68 filmes sendo 50% diretores homens e 50% diretoras mulheres na mostra competitiva. “A cada edição queremos abrir mais espaço para mulheres, negras e negros, brasileiras e brasileiros orientais, povos originários, LGBTQI+. Além disso, O P.O.E tem maioria feminina na organização e isso precisa refletir no festival como um todo.”, conta a organização do evento. 

A 6ª edição do Festival POE de Cinema Fantástico é contemplada pelo Edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), através do Governo Federal, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e PROAC.

com informações de assessoria

Dicas da Kult: três ótimas funcionalidades da plataforma para fãs de cultura pop

Plataforma ideal para quem ama cinema, a Kult permite ao usuário interagir com outros apaixonados por cultura pop – vale lembrar que, além de filmes, você pode indicar podcasts, livros, séries, músicas e muito mais.   A valorização da cultura está, aliás, entre os...

Dicas na Kult: cinco comunidades imperdíveis para cinéfilos

Criada em fevereiro de 2020, a Kult é uma plataforma ideal para quem ama a cultura pop. Através dela, você pode indicar filmes, séries, podcasts, livros, música e muito mais tanto para seus amigos quanto para membros da rede. Além disso, ela permite ao usuário...

Pelas telonas: aprenda a ser um editor de cinema

Quando compramos o ingresso, pegamos a pipoca e sentamos nas confortáveis cadeiras das salas escuras, não imaginamos que aquela grande obra que passa na tela gigante, percorreu um longo caminho para chegar até ali. Pode ser difícil de acreditar, mas um filme não nasce...

Gravado no Amazonas, ‘A Cidade Ilhada’ dá primeiros passos no mercado internacional

Baseado no livro homônimo do amazonense Milton Hatoum, "A Cidade Ilhada" teve seus direitos internacionais adquiridos pelo Cinema Management Group, de Edward Noeltner, com sede em Beverly Hills. A adaptação de "A Cidade Ilhada" dirigida por Sérgio Machado (“Cidade...

Festival de Gramado registra alta de 34% no número de filmes inscritos

O 50º Festival de Cinema de Gramado já se consolida como uma edição histórica, superando índices de anos anteriores e projetando uma grande ode ao cinema brasileiro e latino. Em 2022, houve um aumento de 34% no número de filmes inscritos para as mostras de...

Documentário mostra história do jornal feito por moradores de rua em Porto Alegre

Há 21 anos em circulação, o jornal Boca de Rua é o tema do longa-metragem "De Olhos Abertos", de Charlotte Dafol, documentário que acompanha a luta cotidiana de pessoas em situação de rua na cidade de Porto Alegre. A partir de 5 de maio (quinta-feira) de 2022, o...

Clube Hebraica realiza exibição de documentário com depoimentos de vítimas do Holocausto

Em homenagem ao YomHaShoá, ou Dia da Lembrança do Holocausto, o Clube Hebraica exibe, na quinta-feira (28), o filme Não Mais Silêncio, dirigido por Marcio Pitliuk e Luiz Rampazzo. A obra se trata de um documentário com depoimentos de dez sobreviventes do Holocausto...

Curso gratuito de produção de documentário está com inscrições abertas em Manaus

Formação intensiva e gratuita, o Curso de Produção de Documentários do Amazonas será realizado entre os dias 25 e 30 de abril, das 13h às 18h, no Centro Cultural Palácio da Justiça, localizado na Avenida Eduardo Ribeiro, no Centro de Manaus. As inscrições já estão...

Em Manaus, Parque das Tribos será palco da estreia de série antirracista

Primeiro bairro indígena oficializado pela Prefeitura de Manaus, o Parque das Tribos recebe, nesta quarta-feira (6), a sessão de lançamento de "Seta - Caminhos Possíveis: por uma educação antirracista". Parceria entre o projeto Seta (Sistema de Educação por uma...

9º Festival de Finos Filmes abre inscrições para obras de todo Brasil

Até 2 de maio, realizadores nacionais podem inscrever seus curtas-metragens no IX Festival de Finos Filmes, mostra de cinema e política, que acontece em setembro em São Paulo. Para a inscrição, os filmes devem ter até 20 minutos e terem sido produzidos a partir de...