Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação, entre produções nacionais e internacionais e mostra nacional competitiva. As grandes novidades dessa edição são a parceria com a Darkflix, maior plataforma de cinema fantástico da América Latina, e duas novas categorias: Queen Fantástico e Anima Sanja.

A nova maneira de exibição dos filmes é para além de uma necessidade na realidade atual, é também uma oportunidade de aumentar o alcance e as possibilidades do festival, que pretende incluir o formato em suas próximas edições, quem sabe seguindo em realizações híbridas, unindo virtual e presencial. A parceria com a Darkflix potencializa ainda mais o objetivo do Festival POE de Cinema Fantástico de fortalecer o cenário audiovisual, abrir novos espaços de exibição para fazedores do cinema fantástico, trazer entretenimento de qualidade e exibir filmes que muitas vezes estão fora do circuito comercial. 

A programação nesta edição conta também com oficinas, bate-papos e apresentações online e gratuitas, e novidades nas categorias de exibição: a Queen Fantástico, filmes com protagonismo e direção de Drag Queens, e a Anima Sanja, uma mostra nacional com animações do gênero terror. A intenção é trazer maior diversidade para o Festival e aproveitar as plataformas online para compartilhar posicionamentos e maneiras de fazer cinema fantásticos diferentes à cena. 

GIRL POWER NO FESTIVAL

Além da exibição de três filmes, a categoria Queen Fantástico contará com um programa especial de estreia para aprofundar o debate e estimular a visibilidade queen em papéis de protagonismo e direção no cinema fantástico. Com apresentação das Drag Queens Alexia Twister, apresentadora de Nasce uma Rainha, da Netflix e Morgana Loren,  que está no elenco de um dos filmes exibidos no Festival, o programa terá debates, entrevistas e uma sequência de shows temáticos ao vivo, incluindo uma performance de Ikaro Kadoshi, do programa Drag me as a Queen do Canal E.

A abertura do festival será uma live com Liz Vamp, filha de Zé do Caixão, que abre o festival com uma voz e uma representatividade importante. Neste ano, foram selecionados 68 filmes sendo 50% diretores homens e 50% diretoras mulheres na mostra competitiva. “A cada edição queremos abrir mais espaço para mulheres, negras e negros, brasileiras e brasileiros orientais, povos originários, LGBTQI+. Além disso, O P.O.E tem maioria feminina na organização e isso precisa refletir no festival como um todo.”, conta a organização do evento. 

A 6ª edição do Festival POE de Cinema Fantástico é contemplada pelo Edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), através do Governo Federal, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e PROAC.

com informações de assessoria

Retrospectiva online e gratuita celebra os 10 anos do Amazônia DOC

O Amazônia DOC - Festival Pan-Amazônico de Cinema apresenta até 30 de maio a Mostra Especial 10 anos, que reúne exibição de mais de 35 filmes por meio da plataforma de streaming AmazôniaFlix, bate-papos e oficinas sobre cinema e audiovisual, masterclass e sessão...

Poemas são transformados em videoartes em projeto na zona norte de Manaus

Transformar poemas em videoarte. Esse é o objetivo do projeto “Exposição Digital - Videopoesias na rua”. Nele, o artista amazonense Rafael Cesar revitaliza poemas do primeiro livro ao lado de obras inéditas escritas durante a pandemia da COVID-19 em uma combinação com...

Gratuito, festival online CineBaru traz filmes da BA, MG, GO e DF

Ao longo de cinco dias serão exibidos 36 curtas-metragens produzidos nos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais e no Distrito Federal. Os filmes podem ser acessados de forma gratuita ao longo dos cinco dias do evento pelo site www.cinebaru.com.br. Neste ano, a mostra...

‘Manaus Hot City’ concorre a vaga em Melhor Curta do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

O cinema amazonense segue colecionando boas notícias: “Manaus Hot City” está na disputa por uma das vagas da categoria de Melhor Curta-Metragem de ficção do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2021, organizado pela Academia Brasileira de Cinema. Caso consiga ser...

Animação amazonense ‘O Menino que Ouvia a Natureza’ está disponível no YouTube

A animação “O Menino que Ouvia a Natureza”, do designer Brendo Balieiro, estreou no YouTube, no último domingo (25/04). O projeto foi contemplado pelo Concurso Público Edital nº 05/2020 – Programa Cultura Criativa 2020/ Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana, na área...

10 Filmes com Matt Damon que valem a pena ser vistos

Com um talento extraordinário, Matt Damon encara de frente vários gêneros de filmes, apesar de ser reconhecido mais pelos de ação. Nosso compilado de produções incluem vários títulos que merecem ser vistos e revistos: O Talentoso Ripley Tom Ripley já foi vivido no...

Cine Bodó 2021 realiza formação audiovisual de jovens na periferia de Manaus

Para além das notícias policiais, para dentro das telas. É assim que o projeto Cine Bodó, propõe formação e produção de cinema dentro  das periferias de Manaus. Em sua 5ª edição, a iniciativa já atingiu mais de 300 jovens e adolescentes, passou por mais de 16...

Curta amazonense de Walter Fernandes vence festival no Rio de Janeiro

O cinema amazonense segue colecionando prêmios em festivais nacionais: agora, foi a vez de "Graves e Agudos em Construção" levar o prêmio de Melhor Curta-Metragem nacional na sétima edição do Festival Brasil de Cinema Internacional, realizado no Rio de Janeiro entre...

Festival POE de Cinema Fantástico fecha parceria com Darkflix em edição inclusiva

Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação,...

Debate com Babu e Dira Paes abre o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia

De 10 a 30 de abril, o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia - Telas em Movimento vai realizar palestras, oficinas, circuito de cineclubes, mostra de filmes e de vídeo mapping trazendo como tema a inclusão digital. A ideia desse ano é trazer à tona a pauta da...