A produtora Fita Crepe Filmes abriu as inscrições para os cursos de Direção e de Roteiro de cinema com Bernardo Ale Abinader, diretor premiado no último Festival de Gramado pelo trabalho em “O Barco e o Rio”.

Voltado exclusivamente para pessoas nascidas em Manaus ou que vivem na capital, as aulas serão todas online, via Google Meet, das 19h às 21h. É possível selecionar apenas um ou os dois módulos. Agora, o melhor de tudo: o curso é totalmente GRATUITO!

-> CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

CONHEÇA MAIS SOBRE O CURSO DE ROTEIRO

Crítica: Os Monstros, de Bernardo Ale Abinader

Curta-metragem “Os Monstros” foi o primeiro trabalho de Bernardo Abinader no audiovisual amazonense.

 

O primeiro curso será de Roteiro e está previsto para acontecer entre os dias 9, 10, 11, 15 e 16 de dezembro. Nele, Bernardo irá desenvolver e aprimorar as habilidades dos alunos nas principais ferramentas da dramaturgia audiovisual, abarcando temas como os fundamentos e história da narrativa, a estrutura, os principais elementos do roteiro e questões como originalidade, representatividade e desafios do roteirista.

O curso está dividido da seguinte forma*:

  • Aula 1: Fundamentos e história da narrativa – o problema da narrativa; gêneros épico, lírico e dramático e suas modernizações; instâncias narrativas e o pensar cinematográfico.
  • Aula 2: A Arquitetura do Roteiro – ideia central e o subtexto; cenas e sequências; ponto de partida, clímax, ponto de virada, entre outros;
  • Aula 3: Estruturas do Roteiro – Personagem; Cenário, Diálogo; Ritmo;
  • Aula 4: A Materialização do Roteiro – Logline, Sinopse, Argumento; Escaleta; Curta-Metragem x Longa-Metragem;
  • Aula 5: Questões Acerca da Escrita da Narrativa: Originalidade; Ambiguidade; Representação e Lugar de Fala; Medos e Desejos;

*sujeito a mudanças.

CONHEÇA MAIS SOBRE O CURSO DE DIREÇÃO:

“A Goteira”, também de Abinader, foi selecionado para o Festival Olhar do Norte 2019.

 

O curso de direção será realizado entre os dias 16, 17, 18, 21 e 22 de dezembro. A proposta irá abranger desde os princípios básicos de linguagem cinematográfica a técnicas de direção, elaboração da proposta de direção, decupagem e o trabalho no set de filmagem. As aulas irão tratar do trabalho colaborativo no cinema, mise-en-scène, direção de atores, papel do diretor na montagem, desenho de som e direção de arte.

O curso está dividido da seguinte forma*:

  • Aula 1: O Que é Dirigir um Filme? – o papel do diretor; coesão e coerência; trabalho colaborativo; a atmosfera do filme;
  • Aula 2: Fotografia e Direção de Arte – decupagem, mise-en-scène, ângulos, cor, luz, enquadramentos, planos, movimentação de câmera, movimentação no frame; direção de arte; figurino;
  • Aula 3: Som e edição – o universo sonoro do filme; som diegético, não diegético, meta-diegético; trilha sonora, montagem e ritmo; tipos de montagem;
  • Aula 4: Direção de Atores – delimitando o espaço do ator; corpo e movimento; aproximação e distanciamento do elenco; o set de filmagem;
  • Aula 5: Experiências no Audiovisual: a questão orçamentária; o mercado de trabalho; análise de “Os Monstros”, “A Goteira” e “O Barco e o Rio”; erros e acertos.

*sujeito a mudanças.

O FACILITADOR

 “Em “O Barco e o Rio” Abinader (à esq) dirigiu pela segunda vez consecutiva a atriz Isabela Catão (à dir).

 

O curso será ministrado por Bernardo Ale Abinader, professor, roteirista e diretor de cinema manauara. Bernardo dirigiu quatro curtas-metragens (“Os Monstros”, “Amém”, “A Goteira” e “O Barco e o Rio”). Seu último curta “O Barco e o Rio” venceu cinco prêmios no Festival de Cinema de Gramado incluindo melhor curta-metragem nacional e melhor direção.

Bernardo tem experiência de mais de uma década em sala de aula e já lecionou na UFAM, UEA e UNINORTE, onde ministrou disciplinas voltadas à literatura. É mestre em literatura e atualmente faz doutorado, tendo realizado pesquisas sobre cinema.

O curso foi contemplado pelo Prêmio Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc – Audiovisual.

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ é selecionado para festival na Espanha

Depois de passagens de sucessos por festivais brasileiros, chegou a hora de “O Barco e o Rio” alcançar novos caminhos: a produção amazonense está selecionada para o Festival Internacional de Cinema de Huesca, na Espanha. O curta-metragem de Bernardo Abinader disputa a...

Quatro filmes representam o Amazonas na Mostra Histórias do Brasil Profundo

Fruto das políticas públicas de regionalização do audiovisual brasileiro, o atual momento do cinema amazonense alcançou feitos considerados impossíveis décadas atrás, incluindo, desde o surgimento de eventos locais importantes como o Amazonas Film Festival, Olhar do...

Em Manaus, curso gratuito prepara realizadores para primeiro filme

Formação cultural através do audiovisual. Essa é a proposta do projeto “Nosso Primeiro Filme”, contemplado pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O curso propõe um panorama dos principais setores...

Curtas de Begê Muniz e Lucas Martins representam o Amazonas no CineFantasy

O cinema amazonense estará representado em dose dupla no 11.º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os curtas "À Beira do Gatilho", de Lucas Martins, e "Jamary", de Begê Muniz, serão exibidos no evento previsto para ocorrer entre os dias 16 e 29...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 7: O Que Esperar do Futuro?

Caio Pimenta fala sobre o que esperar do futuro do cinema amazonense e os desafios impostos ao audiovisual local.  https://www.youtube.com/watch?v=rQ79UdbQ4yQ O FUTURO PÓS-ALDIR BLANC A curto prazo, o cinema do Amazonas deve ter um bom 2021 e, talvez, 2022. Falo isso...

Cinemas de Joaquim Marinho no Centro de Manaus serão tema de websérie

Muito antes dos multiplexs dos shoppings centers, os cinemas de rua do Centro de Manaus foram referências de cultura e entretimento durante décadas - atualmente restou apenas o resiliente Casarão de Ideias. Durante os anos 1970 ao início do século XXI, as salas de...

Plataforma digital reunirá dados sobre o audiovisual do Amazonas

Uma plataforma digital com o catálogo de profissionais e empresas de audiovisual do Amazonas somado a um observatório com pesquisas e estudos sobre o setor. Esta é a proposta do projeto Tela Amazônia, da produtora Leão do Norte, organizadora do Matapi – Mercado...

‘O Barco e o Rio’ entra no TOP 10 da Abraccine dos melhores curtas de 2020

A trajetória bem-sucedida do filme amazonense "O Barco e o Rio" segue firme em 2021: a produção dirigida por Bernardo Ale Abinader entrou no TOP 10 dos melhores curtas-metragens de 2020 da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A lista foi divulgada...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 6: A Tônica da Descontinuidade

Caio Pimenta fala sobre um dos maiores e históricos problemas do cinema produzido no Amazonas: a descontinuidade.  https://www.youtube.com/watch?v=3rosA6214mc ‘A Tônica da Descontinuidade’. Este é o título do livro mais importante sobre o cinema do Amazonas. O autor é...

Cine Set está credenciado para a cobertura do Festival de Berlim 2021

O Cine Set se prepara para uma nova cobertura internacional: a partir de março, o site de cinema produzido em Manaus traz as novidades sobre o Festival de Berlim 2021. O nosso correspondente internacional, Lucas Pistilli, já está credenciado para o evento online...