Para além das notícias policiais, para dentro das telas. É assim que o projeto Cine Bodó, propõe formação e produção de cinema dentro  das periferias de Manaus. Em sua 5ª edição, a iniciativa já atingiu mais de 300 jovens e adolescentes, passou por mais de 16 comunidades, e produziu mais de 20 curtas-metragens.  Em 2021 o Cine Bodó chega às Comunidades João Paulo, Quilombo Urbano de São Benedito e Monte das Oliveiras, levando oficinas de capacitação audiovisual gratuita, com o intuito de produzir, difundir, idealizar, escoar e incentivar projetos culturais ligados às linguagens artísticas e audiovisual. 

Com um ajuste no formato, devido às recomendações dos órgãos de saúde, as atividades desta vez, serão realizadas de forma híbrida, onde, as oficinas de audiovisual, vão ocorrer de duas formas, remotamente, através do Whatsapp e GoogleMeet, a fim de evitar aglomerações e, presencialmente, em cada comunidade. 

“A gente compreende que a alfabetização do audiovisual, nesse ano de 2020, foi essencial no processo de comunicação a distância. Assim, buscando a segurança dos participantes, o projeto restringe-se em oferecer as oficinas para até 10 jovens por comunidade, o processo de formação ocorrerá através de videoaulas que vão chegar a esses alunos, através de aplicativos e plataformas fáceis e simples, e que permita que o participante tenha acesso aos conteúdos sem dificuldades”, explica Keila Serruya Sankofa, diretora de produção. 

Ainda conforme Sankofa, o segundo momento que ocorre de forma presencial será realizado com o intuito de praticar os assuntos debatidos por meio das videoaulas.

“Nós vamos até a comunidade para pôr vivenciar o que aprendemos, por isso nossa organização se atentou a redução de participantes e também de equipe de produção. Perdemos momentos especiais de interação e diálogo, como almoços com toda a turma, mas, estamos atentos à saúde de todos, assim como entendemos a importância de continuar a se movimentar com formação, dentro dos bairros de Manaus, de acordo com a realidade dos participantes ”, reitera Sankofa. 

EXIBIÇÕES E PROGRAMAÇÃO

Em 2021, a tradicional exibição dos curtas produzidos pelos alunos,  teve de ser suprimida, devido às recomendações dos órgãos de saúde, porém os curtas-metragens serão disponibilizados aos alunos e ao público em geral através do Youtube do grupo Picolé da Massa.

Após a realização das videoaulas, o projeto Soul do Monte, localizado no bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte de Manaus, será a primeira comunidade a receber as oficinas presenciais da iniciativa, que ocorre nos dias 14, 16 e 17 de Abril. 

De acordo com Rojefferson Moraes, agitador cultural e mobilizador no bairro Monte das Oliveiras, o Cine Bodó na comunidade possibilita a movimentação da juventude. 

“A execução do projeto Cine Bodó no Monte das Oliveiras é uma oportunidade para crianças e jovens explorarem suas habilidades analíticas a respeito do território onde vivem, os problemas sociais como a violência generalizada, a ausência de políticas públicas que os beneficiem, a fome, problemas de saúde, entre outros, são evidenciados em suas produções, como resultado das oficinas de cinema. Além disso, é a oportunidade deles se colocarem em primeiro plano, como atores sociais ativos, capazes, e com senso crítico apurado”, explica. 

Símbolo histórico de resistência, local que carrega ancestralidade, o segundo bairro a receber as oficinas, é o Quilombo de São Benedito, localizado na Praça 14 de Janeiro,  nos dias 21,22 e 23 de abril. 

Ao final do mês de abril e início de maio, o bairro João Paulo, na zona Leste de Manaus, é o terceiro a receber as ações do projeto. A atividade acontece nos dias 28 e 30 de abril e, 01 de maio. 

O PROJETO

O projeto Cine Bodó, é uma ação que pensa audiovisual como ferramenta de cidadania, utilizando a proposta de novos pensamentos e visões sobre comportamento. É feito por mulheres que trabalham com o audiovisual, e tem a concepção de  Keila Serruya Sankofa, e da diretora de cinema Dheik Praia. Este ano, tem  ainda a produção de Ana Carolina. 

“A dinâmica realizada com as oficinas de forma híbrida, são específicas para cada comunidade, pois, a gente entende a realidade em que muitos jovens não têm acesso a internet, por isso, vamos estabelecer uma relação de diálogo com os pais dos alunos, para que estes jovens consigam através dos celulares dos pais ter acesso as oficinas. A ideia é nos adaptar a disponibilidade de recursos e ferramentas das famílias envolvidas no projeto”, conclui Dheik Praia. 

com informações de assessoria

Retrospectiva online e gratuita celebra os 10 anos do Amazônia DOC

O Amazônia DOC - Festival Pan-Amazônico de Cinema apresenta até 30 de maio a Mostra Especial 10 anos, que reúne exibição de mais de 35 filmes por meio da plataforma de streaming AmazôniaFlix, bate-papos e oficinas sobre cinema e audiovisual, masterclass e sessão...

Poemas são transformados em videoartes em projeto na zona norte de Manaus

Transformar poemas em videoarte. Esse é o objetivo do projeto “Exposição Digital - Videopoesias na rua”. Nele, o artista amazonense Rafael Cesar revitaliza poemas do primeiro livro ao lado de obras inéditas escritas durante a pandemia da COVID-19 em uma combinação com...

Gratuito, festival online CineBaru traz filmes da BA, MG, GO e DF

Ao longo de cinco dias serão exibidos 36 curtas-metragens produzidos nos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais e no Distrito Federal. Os filmes podem ser acessados de forma gratuita ao longo dos cinco dias do evento pelo site www.cinebaru.com.br. Neste ano, a mostra...

‘Manaus Hot City’ concorre a vaga em Melhor Curta do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

O cinema amazonense segue colecionando boas notícias: “Manaus Hot City” está na disputa por uma das vagas da categoria de Melhor Curta-Metragem de ficção do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2021, organizado pela Academia Brasileira de Cinema. Caso consiga ser...

Animação amazonense ‘O Menino que Ouvia a Natureza’ está disponível no YouTube

A animação “O Menino que Ouvia a Natureza”, do designer Brendo Balieiro, estreou no YouTube, no último domingo (25/04). O projeto foi contemplado pelo Concurso Público Edital nº 05/2020 – Programa Cultura Criativa 2020/ Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana, na área...

10 Filmes com Matt Damon que valem a pena ser vistos

Com um talento extraordinário, Matt Damon encara de frente vários gêneros de filmes, apesar de ser reconhecido mais pelos de ação. Nosso compilado de produções incluem vários títulos que merecem ser vistos e revistos: O Talentoso Ripley Tom Ripley já foi vivido no...

Cine Bodó 2021 realiza formação audiovisual de jovens na periferia de Manaus

Para além das notícias policiais, para dentro das telas. É assim que o projeto Cine Bodó, propõe formação e produção de cinema dentro  das periferias de Manaus. Em sua 5ª edição, a iniciativa já atingiu mais de 300 jovens e adolescentes, passou por mais de 16...

Curta amazonense de Walter Fernandes vence festival no Rio de Janeiro

O cinema amazonense segue colecionando prêmios em festivais nacionais: agora, foi a vez de "Graves e Agudos em Construção" levar o prêmio de Melhor Curta-Metragem nacional na sétima edição do Festival Brasil de Cinema Internacional, realizado no Rio de Janeiro entre...

Festival POE de Cinema Fantástico fecha parceria com Darkflix em edição inclusiva

Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação,...

Debate com Babu e Dira Paes abre o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia

De 10 a 30 de abril, o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia - Telas em Movimento vai realizar palestras, oficinas, circuito de cineclubes, mostra de filmes e de vídeo mapping trazendo como tema a inclusão digital. A ideia desse ano é trazer à tona a pauta da...