O Amazonas terá dois representantes na 25ª Inffinito Film Festival, evento em formato híbrido com a missão de levar o cinema brasileiro aos EUA em 2021. “O Buraco”, de Zeudi Souza, e “Atordoado, Eu Permaneço Atento”, de Henrique Amud e Lucas H. Rossi dos Santos, disputam a mostra competitiva de curtas-metragens. 

Terror psicológico sobre violência doméstica com duração estimada de 15 minutos, “O Buraco” acompanha a história de uma criança (Airton Guedes) que, através do buraco na parede do seu quarto, observa o drama e as violências que sua mãe (Jocê Mendes) sofre nas mãos do pai (Victor Kaleb). Aline Guedes e Daura Caroline completam o elenco do curta dirigido e roteirizado pelo próprio Zeudi Souza.

Já “Atordoado, Eu Permaneço Atento” apresenta o jornalista Dermi Azevedo que nunca parou de lutar pelos direitos humanos. Agora, três décadas após o fim da ditadura, assiste ao retorno das práticas daquela época. 

O Inffinito Film Festival 2021

Henrique Amud e Zeudi Souza concorrem na categoria de curtas-metragens.

De Porto Rico ao Alasca, os filmes do Inffinito Film Festival serão exibidos através da www.inff.online – primeira plataforma internacional de streaming dedicada exclusivamente ao audiovisual brasileiro, lançada pela Inffinito no ano passado. Além das mostras online, com o avanço da vacinação e a flexibilização das regras de isolamento social nos Estados Unidos, quem estiver em Nova York e Miami poderá assistir presencialmente a exibições ao ar livre e shows.

Em Nova York, o público poderá assistir ao show do Dom Salvador Samba Jazz Sextet, no SummerStage do Central Park, na noite de abertura do festival, 4 de setembro. 

Os filmes das mostras competitivas concorrem ao troféu Lente de Cristal nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Ator e Melhor Atriz. O Melhor Documentário tem uma premiação à parte. Presidido pela atriz Betty Faria, o júri de filmes de ficção é composto pela atriz Camila Morgado; o roteirista de cinema e artista plástico Luiz DolinoLorenna Montenegro, crítica de cinema, roteirista, curadora, jornalista cultural e produtora de conteúdo; John Maass, cineasta e advogado. Para a mostra competitiva de documentários, os jurados são a fotógrafa Maritza Caneca; o cineasta e ator Luciano VidigalFlavia Azeredo, professora de linguística, cultura e cinema; e Bianca De Felipes, produtora e distribuidora de filmes e séries. Os prêmios do voto popular são escolhidos pelo público nas categorias Melhor Filme de Ficção, Melhor Documentário e Melhor Curta-Metragem.

O Inffinito Film Festival realizou, ao longo das últimas décadas, eventos, mostras e festivais de cinema em cidades como Miami, Nova York, Londres, Vancouver, Roma, Milão, Frascati, Madri, Barcelona, Montevidéu, Buenos Aires, Canudos e Bogotá. Em 87 edições dos festivais, o circuito soma mais de 1200 filmes exibidos para um público de mais de 2 milhões de pessoas, criando assim uma forte relação com o consumidor do produto audiovisual brasileiro no exterior. 

CONFIRA OS FILMES POR CATEGORIA

Mostra competitiva de ficção:

  • Um Dia Qualquer , de Pedro Von Krüger   
  • A Queda , de Diego Rocha             
  • O Palestrante , de Marcelo Antunez
  • Raia 4, de Emiliano Cunha
  • Sertânia , de Geraldo Sarno
  • Curral, de Marcelo Brennand
  • King Kong en Assuncíon, de Camilo Cavalcante      
  • Madalena, de Madiano Marcheti                                              
  • Um Dia com Jeruza, de Viviane Ferreira   
  • Cemitério das Almas Perdidas, de Rodrigo Aragão                 
  • A Mesma Parte de um Homem, de Ana Johamm  
  • De Perto Ela Não É Normal, de Cininha de Paula                   

 Mostra competitiva de documentário:

  • Extermínio, de Mirela Kruel
  • Por Onde Anda Makunaima, de Rodrigo Séllos       
  • Ziraldo, Uma Obra que Pede Socorro, de Guga Dannemann              
  • Alvorada, de Ana Muylaerte e Lô Politi       
  • Chico Mario – A Melodia da Liberdade, de Silvio Tendler     
  • A Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha , de Pablo Guelli  
  • Máquinas de Desejo, de Lucas Weglinski e Joaquim Castro              
  • A Mulher da Luz Própria, de Sinai Sganzerla              
  • Ana. Sem Título, de Lúcia Murat 
  • Dorival Caymmi – Um Homem de Afetos, de Daniela Broitman        
  • Doidos de Pedra- O Paraiso Ameaçado, de Luiz Eduardo Ozório         
  • Reflexo do Lago, de Fernando Segtowick    
  • Glauber, Claro, de César Meneghetti

Mostra de curtas-metragens:

  • O Buraco, de Zeudi Souza
  • Vai Melhorar, de Pedro Fiuza
  • Histórias de uma Cidade, de Felipe Nepomuceno
  • Éter Godzilla, de André Alves Pinto
  • Debaixo do Guarda-Chuva para Ser Resistência, de Vini Poffo
  • 111+, de Ivaldo Correia
  • Isabela, de Diego Lopes e Claudio Bitencourt
  • Gado Marcado, de Estevan Muniz
  • A Balada da Nobre Senhora, de Hsu Chien
  • João Bosco e Aldir Blanc, de Pedro Pontes
  • Janelas Pelo Mundo*, de Bia Oliveira
  • Janelas Daqui, de Luciano Vidigal e Arthur Sherman
  • O Sobrevivente, de Silvia Rocha
  • A Lista, de Luciana de Oliveira
  • Entre, de Luz Bárbara e Ana Carolina Marinho
  • Alfazema, de Sabrina Fidalgo
  • Adelaide Aqui não Há Segunda Vez para o Erro, de Anna Zêpa
  • Antígona Pajubá, de Fabrício Boliveira
  • Zero, de Sacha Bali
  • Atordoado, Eu Permaneço Atento, de Henrique Amud e Lucas H. Rossi dos Santos
  • Nina Aprendendo a Andar de Bicicleta*, de Luísa Parnes
  • Simples Assim*, de Luciana Bittencourt  

10 Filmes do Cinema Amazonense Para Ficar de Olho em 2022

Depois de um grande 2021 com muitos prêmios e presenças em importantes festivais nacionais e internacionais, o cinema amazonense chega para o ano novo com expectativas de manter o momento de alta. Muito disso graças aos lançamentos de projetos financiados com recursos...

Retrospectiva Cine Set – O Melhor e Pior do Cinema Amazonense em 2021

Incontáveis vezes durante 2021 escrevi que, em meio a tantas tragédias e notícias ruins, o cinema era uma das poucas coisas que o amazonense poderia se orgulhar neste ano. Afinal, semana após semana, as produções locais participavam de festivais Brasil e mundo afora,...

Retrospectiva 2021 – O Ano do Cine Set

Perco o número de vezes da quantidade de vezes em que já me perguntei o motivo de seguir fazendo o Cine Set durante estes 7,5 anos de existência do site.  Em janeiro de 2021, entretanto, parei.  Como seguir adiante quando a cidade onde nasci e vivo colapsa?...

Galeria de Fotos – Lançamento do Livro ‘Olhar Feminino: O Norte na Direção’

O Cine Set promoveu o lançamento de "'Olhar Feminino: O Norte na Direção" na noite do último sábado (18) no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, 279, no Centro de Manaus. Pâmela Eurídice, autora do livro, recebeu familiares e amigos para uma sessão de...

Cine Set lança livro sobre cinema feito por mulheres no Amazonas

Trazendo um registro da produção cinematográfica feminina no Amazonas, o livro “Olhar Feminino: O Norte na Direção” será lançado no dia 18 de dezembro, com uma noite de autógrafos no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, no Centro de Manaus, a partir das...

UEA avança no processo de retomada do curso de audiovisual

O Conselho Acadêmico da unidade da Escola Superior de Artes e Turismo (Conaesat) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) aprovou, nesta semana, o projeto de retomada do curso de audiovisual. Agora, a proposta deve ser sacramentada pelo Conselho Universitário da...

Cine Set promove evento sobre audiovisual produzido por mulheres no Amazonas

A produção audiovisual feita por mulheres no Amazonas será o tema de roda de conversa promovida pelo Cine Set nesta quinta-feira (09). A atividade gratuita acontece a partir das 17h no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, 279, no Centro de Manaus. O evento é...

Guia Festival Varilux de Cinema Francês 2021 em Manaus – Segunda Semana

Pelo quinto ano consecutivo, os cinemas de Manaus recebe o Festival Varilux de Cinema Francês previsto para ocorrer entre os dias 25 de novembro a 8 de dezembro. As sessões serão realizadas em dois cinemas da capital amazonense: no Casarão de Ideias, localizado no...

Guia Festival Varilux de Cinema Francês 2021 em Manaus – Primeira Semana

Pelo quinto ano consecutivo, os cinemas de Manaus recebe o Festival Varilux de Cinema Francês previsto para ocorrer entre os dias 25 de novembro a 8 de dezembro. As sessões serão realizadas em dois cinemas da capital amazonense: no Casarão de Ideias, localizado no...

Cine Set e Casarão de Ideias trazem retrospectiva do cinema amazonense em 2021

O cinema amazonense teve um ano histórico em 2021: curtas-metragens do Estado circularam pelos principais eventos brasileiros – festivais de Gramado, Brasília, Cine PE, Mostra de Tiradentes – e chegaram em países como EUA, Canadá, México, Irã, Israel, Turquia. Para...