Da iniciativa de inclusão de gênero e racial até a alteração na data da cerimônia do Oscar de 2021, Caio Pimenta analisa o melhor e o pior das mudanças feitas pela Academia.

MUDANÇA DA CERIMÔNIA 

A cerimônia do Oscar só foi adiada em três ocasiões:  em 1938 pela inundação de Los Angeles; em 1968 pelo assassinato de Martin Luther King, e em 1981 com a tentativa de assassinato do então presidente Ronald Reagan. 

Como adiantado aqui no canal, o Oscar mudou de data. Saiu do dia 28 de fevereiro para o dia 25 de abril de 2021. Por conta de todo o caos da pandemia da COVID-19, essa alteração levou dois motivos em conta: primeiro, a finalização de muitos filmes que podem concorrer ao prêmio que ainda precisam passar pelo desfecho da pós-produção; o segundo é uma janela de exibição nos cinemas um pouco mais para que rendam maior bilheteria. 

Essa mudança altera também o período de elegibilidade dos candidatos ao Oscar: poderão concorrer produções lançadas entre 1o de janeiro de 2020 a 28 de fevereiro de 2021. Isso ajuda os estúdios, claro, para dar maior tempo, porém, corre o risco de muitos bons filmes lançados neste primeiro semestre serem esquecidos.  Como, por exemplo, “Destacamento Blood, o novo filme do Spike Lee, e “A Assistente”, com um ótimo desempenho da Julia Garner. 

Algo interessante vai ser o Festival de Berlim 2021: afinal de contas, sem Cannes e um Festival de Veneza provavelmente esvaziado, o evento alemão pode acabar sendo o grande evento de cinema escolhido por Hollywood para o lançamento de possíveis candidatos ao Oscar. 

10 INDICADOS EM MELHOR FILME 

Uma mudança importante prevista para começar a valer no Oscar 2022 é que a categoria de Melhor Filme terá 10 indicados obrigatoriamente. Vale lembrar que até 2009 eram apenas cinco indicados. Esse número aumentou para o dobro no ano seguinte e ficou aberto para entre 5 e 10 a partir de 2012. 

Particularmente, eu sou contrário a essa medida. Entendo que é uma busca da Academia em tentar maior diversidade entre os indicados com mais filmes dirigidos por mulheres ou estrelados por negros na disputa. Porém, eu temo demais que o nível caia da disputa. 

Em 2010, por exemplo, quando eram obrigatórios 10 indicados, vimos entre os finalistas o fraquinho “Um Sonho Possível”, o apenas correto “Educação” e “Distrito 9”. Já em 2011, a gente teve uma lista melhor, porém, ainda assim dava para dispensar “Inverno da Alma” e “127 Horas”. 

Nem todo ano vai funcionar essa ideia e vou demonstrar isso de forma mais clara no vídeo da próxima segunda-feira.  

A HORA DA INCLUSÃO? 

Para mim, a mais importante mudança no Oscar deve ser anunciada no próximo de 31 de julho. A Academia confirmou que está estudando formas de estimular a representatividade e participação de negros em produções que buscam disputar o prêmio. Essa medida não vale para o Oscar 2021. 

A Academia vem sendo assombrada ao longo dos últimos anos pela questão da representatividade negra na premiação. A hashtag #OscarSoWhite foi importante para dar visibilidade a um problema histórico que voltou a acontecer em 2015 e 2016 quando nenhum ator, atriz ou diretor negro foi indicado ao Oscar.  

Houve tentativas de mudar isso capitaneadas, principalmente, pela Cheryl Boone Isaacs, uma mulher negra que comandou a entidade durante quatro anos. Entre as medidas foi o aumento do número de membros, trazendo para a Academia mais negros, mulheres, latinos, europeus, asiáticos. Ainda assim, apenas 32% dos integrantes dela são mulheres e 16% não são brancos. E o #OscarSoWhite neste ano, com a indicação solitária da Cynthia Erivo, de “Harriet”, entre os intérpretes negros. 

Caso se confirme uma possível exigência da Academia, ela mexe na estrutura, na base da indústria. O Oscar é apenas um reflexo de Hollywood; se a indústria é machista e permite pouco espaço as minorias, fatalmente, a premiação vai demonstrar o mesmo. Agora, com a Academia cobrando uma postura mais inclusiva, ela encara o problema de frente como se espera de uma entidade tão prestigiada com potencial para mudar verdadeiramente os rumos do cinema. 

Além disso, a Academia vai promover um painel comandado pela Whoopi Goldberg para debater justamente a questão racial nos cinemas. 

UNIFICAÇÃO DAS CATEGORIAS DE SOM 

Atendendo a um pedido dos próprios profissionais da área, as categorias de som serão unificadas. Então, esqueça todos aqueles tutoriais sobre o que é mixagem e o que edição de som.

A partir de agora, é uma só categoria e eu aprovo. Acho que é algo mais simples, de entendimento fácil para todo mundo e você premia o conjunto de profissionais da área.

Ninguém sai perdendo com isso. 

GOVERNORS AWARDS 

Por fim, a festa do Governors Awards não será realizada neste ano. Ela tradicionalmente acontece entre outubro e novembro, concedendo homenagens a grandes nomes da indústria. São Oscars honorários, humanitários e o Irving Thalberg.  

Também tem servido para a Academia reconhecer gênios que nunca conseguiram vencer o Oscar normal. O David Lynch ganhou em 2019 e, no anterior, foi a vez da Agnes Varda. 

Oscar 2024: A Disputa pelos Prêmios Técnicos

De Billie Eilish em Canção Original aos Efeitos Visuais de "Godzilla Minus One", Caio Pimenta analisa as categorias técnicas do Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=FA7h42GRjUU O FAVORITISMO DE 'OPPENHEIMER' Nas categorias técnicas, “Oppenheimer” é franco...

Oscar 2024: O Impacto do SAG e PGA na Temporada de Premiações

Dois dos principais precursores do Oscar aconteceram neste fim de semana: o SAG e o PGA Awards, respectivamente, os prêmios dos sindicatos dos Atores e Produtores dos EUA. E ainda teve o Spirit Awards, o prêmio do cinema independente norte-americano.  Hora de analisar...

SAG 2024: Quem Serão os Vencedores?

Caio Pimenta analisa quais serão os ganhadores do SAG 2024, prêmio do Sindicato dos Atores dos EUA, nas categorias de cinema e televisão. https://youtu.be/YI0i2b0ScMU SÉRIES O SAG 2024 nas categorias de televisão e streaming deve repetir tudo o que vimos no Globo de...

Oscar 2024: O Impacto do Bafta rumo à premiação

Caio Pimenta analisa o domínio de "Oppenheimer" e "Pobres Criaturas" no Bafta rumo ao Oscar 2024. ANIMAÇÃO, ROTEIROS E DOCUMENTÁRIO Maior evento do cinema britânico, o Bafta consagrou “Oppenheimer” com sete prêmios e “Pobres Criaturas” com cinco. Muita coisa,...

Oscar 2024: Qual o Nível da Safra de Indicados a Melhor Filme?

Caio Pimenta analisa os indicados ao Oscar 2024 de Melhor Filme e aponta o nível dela em comparação aos outros anos. https://www.youtube.com/watch?v=aamz3sL4WLQ UMA TEMPORADA MARCANTE Para mim, a lista de 2024 está muito bem servida com a maioria dos filmes de ótimo...

Oscar 2024: Quantos Prêmios “Oppenheimer” Vence?

Caio Pimenta projeta quantas vitórias "Oppenheimer" deve ter na festa do Oscar 2024. https://youtu.be/ppGkh5nnZew HISTÓRICO DOS ÚLTIMOS ANOS Desde a conquista esmagadora de “Quem Quer Ser um Milionário?” em 2009 ao vencer oito das 10 categorias em que concorria, o...

Oscar: E Se Tivesse Direção de Casting entre 2014 e 2024?

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou que, a partir de 2026, o Oscar terá uma nova categoria: Melhor Direção de Casting. As regras de elegibilidade serão definidas em abril do ano que vem. O branch do setor existe desde 2013 e já conta com 160...

Oscar 2024: Quem Vence em Ator e Atriz Coadjuvante?

Caio Pimenta analisa os favoritismos de Robert Downey Jr e Da´Vine Joy Randolph nas disputas de Ator e Atriz Coadjuvante no Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=c2MlDZa6KZE Vitórias no Globo de Ouro e Critics Choice, indicados ao SAG e ao Bafta.  Parece que não...

Oscar 2024 de Melhor Atriz: As Chances das Indicadas

Caio Pimenta analisa os pontos fortes e fracos de Emma Stone, Lily Gladstone, Sandra Huller, Carey Mulligan e Annette Bening ao Oscar 2024 de Melhor Atriz. https://www.youtube.com/watch?v=vuK-ggAskuE Está difícil definir quem é a favorita ao Oscar de Melhor Atriz...

Oscar 2024 de Melhor Ator | As Chances dos Favoritos

Melhor Ator será uma das disputas mais acirradas da temporada de premiações. Tirando o Colman Domingo, todos os outros quatro indicados ao Oscar 2024 têm chances de vitória.  Nos eventos realizados até aqui, o Paul Giamatti conquistou o Globo de Ouro de Melhor Ator em...