Acredito que poucas categorias do Oscar apresentaram tantas controvérsias e polêmicas como Melhor Maquiagem e Penteado. Sua criação tardia (54 anos após a primeira cerimônia) e a falta de definição na quantidade de indicados também contribuiu para seu turbulento processo de votação gerar tais inconsistências, porém, pela definição da própria Academia, a categoria tem como objetivo principal celebrar o filme que melhor transformou fisicamente seu elenco através de técnicas de penteado e maquiagem.

Partindo desse pressuposto, decidi fazer uma pequena lista com um vencedor questionável de cada década, que apesar da vitória surpreendente, também é notoriamente justa.

Um Lobisomem Americano em Londres (1982)

Tudo bem que no primeiro ano de existência da categoria ainda era difícil acostumar os votantes com suas possibilidades. Assim, dois filmes que construíram novas estéticas sobre seus protagonistas foram os únicos indicados, deixando os favoritos da premiação fora da disputa. Por um lado, ‘Heartbeeps’ transformou seu elenco em robôs com uma estética bastante duvidosa, mas com grandes esforços. Já ‘Um Lobisomem Americano em Londres’ aparentava ser a escolha certa por inúmeros motivos, mas principalmente por cumprir um ponto essencial no longa: mostrar uma transformação capaz de gerar medo no público.

Além de ser uma melhor opção de ‘Heartbeeps’, o longa ainda teve o benefício de não disputar a categoria com algumas produções marcantes daquele ano como ‘Excalibur’, ‘Mad Max 2’ e o outro concorrente do mesmo gênero ‘Uma Noite Alucinante – A Morte do Demônio’.

Uma Babá Quase Perfeita (1994)

Parece até irônico assumir que um filme “Sessão da Tarde” ganhou de ‘Filadélfia’ e ‘A Lista de Schindler’, porém quando o quesito é maquiagem, precisamos admitir que a transformação de Robin Williams realmente tem seus méritos. Além da total diferença física realizada pela maquiagem e penteado, o filme ainda apresenta essa transformação na prática dentro da trama, sendo um quase easter egg para os votantes na categoria.

No caso dos concorrentes, ‘Filadélfia’ e ‘A Lista de Schindler’ praticamente entraram para a categoria por serem filmes extremamente indicados para o Oscar naquele ano, aumentando sua campanha na disputa. Além disso, o longa protagonizado por Williams já fazia uma campanha consistente na categoria sendo indicado a premiações como BAFTA e 20/20 Awards (no qual também foi vencedor).

O Curioso Caso de Benjamin Button (2009)

Em um ano com dois filmes de super-herói concorrendo na categoria era quase inimaginável que ‘Benjamin Button’ fosse seu ganhador (apesar da presença massiva na premiação), entretanto, neste ano, a Academia optou por deixar os grandes artifícios estéticos e fazer uma escolha mais segura. Isso é claro sem contar com o trabalhoso acompanhamento da equipe de maquiagem em todas as fases de seu protagonista, o que foi o grande diferencial do longa entre seus concorrentes.

Apesar do longa parecer uma escolha óbvia para muitos e ser considerado até hoje um dos maiores trabalhos de maquiagem no cinema, tanto a marcante caracterização do Coringa de Ledger quanto a criação de diferentes criaturas em ‘Hellboy’ foram suficientes para que o público questionasse o favoritismo do ganhador.

Esquadrão Suicida (2017)

Esquadrão Suicida - crítica

O caso mais recente de revolta na categoria foi justamente associado ao argumento de que um dos piores filmes de 2016 ganhou um Oscar, deixando de lado seus reais méritos na disputa. Neste caso temos uma série de fatores consideráveis como o próprio favorito ‘Star Trek: Sem Fronteiras’ fazer parte de uma franquia com consistentes indicações e derrotas em maquiagem e penteado (uma vitória para quatro indicações). Já o concorrente ‘Um Homem Chamado Ove’ recebeu sua aclamação basicamente por se tratar de um filme sueco sendo indicado em outra categoria além de Melhor Filme Estrangeiro.

Apesar das técnicas utilizadas em ‘Star Trek’ possuírem um nível de dificuldade técnica equiparável ao de ‘Esquadrão Suicida’, a concepção visual mais marcante e até mesmo disseminada até hoje ficou por conta do filme da DC. Na verdade se pensarmos por essa ótica o Oscar basicamente premiou um dos únicos méritos do longa, o qual além de transformar seus personagens também tornou-se responsável por perpetuá-los no imaginário do público.

O Oscar 2020 é a primeira edição que melhor maquiagem e cabelo possui o total de cinco indicados, uma mudança significativa a qual possivelmente irá atribuir maiores consistências para a categoria. Porém, é sempre válido lembrar que pérolas como ‘Norbit’, ‘Click’ e o recente ‘Malévola 2’ fazem parte de seus anormais indicados.

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Denzel Washington

De “Um Grito de Liberdade” a “Roman J. Israel Esq”, Caio Pimenta analisa da pior a melhor indicação de Denzel Washington ao Oscar.  https://www.youtube.com/watch?v=EdFS6qS1DOI 8. ROMAN J ISRAEL ESQ  Das oito indicações do Denzel ao Oscar, o pior trabalho ficou...

Oscar 2022: As Possíveis Surpresas e Decepções da Temporada de Premiações

De “Licorice Plzza” a Ben Affleck, Caio Pimenta lista possíveis surpresas e decepções da temporada de premiações rumo ao Oscar 2022. https://www.youtube.com/watch?v=wK7wzJ40eGo AS POSSÍVEIS SURPRESAS  Que “Licorice Pizza” estará no Oscar, isso é mais do que certo....

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Nicole Kidman e Jennifer Lawrence

Das nomeações por "Moulin Rouge" e "Inverno da Alma" a "Lion" e "Joy", Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Nicole Kidman e Jennifer Lawrence no Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=T_TfJwxVcwI 4. LION  Começamos com a Nicole Kidman e sua...

Lady Gaga e Kristen Stewart: Quem Chega Mais Forte no Oscar 2022?

Caio Pimenta analisa os pontos a favor e contra de Lady Gaga, de "Casa Gucci", e Kristen Stewart, de "Spencer", no Oscar 2022 de Melhor Atriz. https://youtu.be/eoeoDQn7TD0 PONTOS A FAVOR DE LADY GAGA  A Lady Gaga tem boas credenciais para acreditar que pode sim levar...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Jane Fonda

Falar da beleza, carisma e do engajamento político de Jane Fonda é chover no molhado. Porém, a estrela de Hollywood também era uma grande atriz e as sete indicações com duas vitórias provam isso.  Por isso, eu faço esta homenagem a ela trazendo da pior à melhor...

Oscar 2022: Previsões Iniciais de Melhor Animação

De “Flee” a “A Família Mitchell e a Rebelião das Máquinas”, Caio Pimenta apresenta a lista de candidatos ao Oscar 2022 de Melhor Animação.  CHANCES MÍNIMAS  Três franquias vão manter a regularidade no Oscar: todas elas seguirão sem indicações.  Se os três primeiros...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Daniel Day-Lewis

Chegou a hora de falar do maior vencedor da categoria de Melhor Ator: Daniel Day-Lewis conseguiu seis indicações e levou a estatueta em três ocasiões.  Nada mais do que justo a um dos maiores de todos os tempos; um intérprete que se entregava de maneira completa aos...

Oscar 2022: Previsões Iniciais de Melhor Filme Internacional e as chances do Brasil

O prazo para cada país enviar o seu candidato ao Oscar de Melhor Filme Internacional chegou ao fim no dia 1 de novembro.   Entre algumas surpresas e outros candidatos já esperados, chegou a hora de apontar quem chega forte para disputa e, claro, analisar a situação...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Woody Allen

O Woody Allen compareceu apenas uma vez à cerimônia do Oscar: foi em 2002 para introduzir um curta de Nora Ephron sobre os filmes rodados em Nova York, cidade que se recuperava dos traumáticos atentados de 11 de setembro do ano anterior.  Apesar de nunca aparecer nas...

Oscar 2022 de Melhor Atriz Coadjuvante: Previsões Iniciais

De Judi Dench a Kirsten Dunst, Caio Pimenta apresenta a lista de candidatos ao Oscar 2022 de Melhor Atriz Coadjuvante. CHANCES MÍNIMAS Como sempre, eu inicio pelas candidatas com quase nenhuma chance na disputa. A turma inclui nomes gigantes de Hollywood. Apesar de...