O filme “Segredos do Putumayo“, dirigido pelo amazonense Aurélio Michiles, é um dos destaques do festival irlandês Galway Film Fleadh que acontece entre os dias 20 e 25 de julho. Ainda inédito nos cinemas brasileiros, conta com a distribuição global da O2 Play.

O documentário retrata a investigação feita pelo irlandês Roger Casement, então Cônsul Britânico no Brasil, sobre os assassinatos de 30 mil índios mantidos em regime de escravidão para coletar toneladas de borracha. No filme, a voz de Casement é interpretada pelo astro Stephen Rea, indicado ao Oscar de Melhor Ator em 1993 (e conhecido pelo público nos sucessos “V de Vingança”, “Entrevista com o Vampiro” e “Traídos pelo Desejo”).

Aurélio Michiles já dirigiu filmes sobre Silvino Santos e Cosme Alves Neto.

O filme teve locações na Colômbia, nos arredores de Tabatinga e Manaus entre os meses de abril e maio de 2019. Foram colhidos depoimentos de indígenas Bora, Uitoto e Okaina e Muinane, que perderam no início do século XX, 30 mil dos seus ancestrais.

“Segredos do Putumayo” também apresenta depoimentos do historiador Angus Mitchell que publicou em 1997 o inédito “Diário da Amazônia” escrito por Roger Casement durante seu inquérito no Putumayo, e do escritor amazonense Milton Hatoum.

A equipe da O2 Play vai apresentar “Segredos do Putumayo” para compradores internacionais no Marché du film de Cannes, que acontece até o próximo dia 15 de julho em formato virtual e em conjunto ao Festival de Cinema de Cannes, um dos mais importantes do mundo. Participam das negociações o diretor da O2 Play, Igor Kupstas e Lidia Damatto, responsável pelo departamento internacional de vendas da distribuidora. O documentário de Aurélio Michiles tem sido elogiado por cineastas como Walter Salles e Fernando Meirelles.

com informações de assessoria

‘Atlântida’: cansativa e bela contemplação ao nada

“Atlântida”, obra exibida na 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, não é um filme sobre o quê, mas sobre como. Há um personagem, que tem objetivos, coadjuvantes, antagonistas, viradas na história, mas isso não é o que importa. Yuri Ancarani, que assina...

‘Noite Passada em Soho’: quando prazer e pavor caminham lado a lado

É normal filmes de terror isolarem seus protagonistas antes de abrirem as válvulas do medo. "Noite Passada em Soho", novo filme do cineasta Edgar Wright (“Scott Pilgrim Contra o Mundo” e “Baby Driver – Em Ritmo de Fuga”), inverte essa lógica. Sua protagonista sai de...

‘Duna’: conceito se sobrepõe à emoção em filme estéril

Duna, o filme dirigido por Denis Villeneuve, começa com o protagonista acordando de um sonho, e tem alguém falando sobre um planeta, um império e uma tal de especiaria... A sensação é de ser jogado num universo alienígena e ela perdura por praticamente todo o filme. É...

‘Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge’ e um herói para inspirar o coletivo

Vamos responder logo de cara: Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, o último filme da bat-trilogia do diretor Christopher Nolan, é o pior dos três? É. É um filme com problemas? Sim. Mas é um filme ruim? Longe disso. Na verdade, quando Nolan foi concluir sua...

‘Spencer’: Kristen Stewart luta em vão contra filme maçante

Em "Spencer", Kristen Stewart se junta ao clube de atrizes - que inclui Naomi Watts (“Diana”) e Emma Corrin (“The Crown”) - que se lançaram ao desafio de retratar a Princesa Diana. A atriz traz uma energia caótica à personagem e a coloca no caminho de uma quase certa...

‘O Garoto Mais Bonito do Mundo’ e o dilema da beleza

Morte em Veneza, o filme do diretor italiano Luchino Visconti lançado em 1971 e baseado no livro de Thoman Mann, é sobre um homem tão apaixonado, tão obcecado pela beleza que presencia diariamente, que acaba destruindo a si próprio por causa disso. E essa beleza, no...

‘Venom: Tempo de Carnificina’: grande mérito é ser curto

Se alguém me dissesse que existe um filme com Tom Hardy, Michelle Williams, Naomie Harris e Woody Harrelson, eu logo diria que tinha tudo para ser um filmaço, porém, estamos falando de “Venom: Tempo de Carnificina” e isso, infelizmente, é autoexplicativo. A...

‘A Casa Sombria’: ótimo suspense de desfecho duvidoso

Um dos grandes destaques do Festival de Sundance do ano passado, "A Casa Sombria", chegou aos cinemas brasileiros após mais de um ano de seu lançamento. Sob a direção de David Bruckner (responsável por dirigir o futuro reboot de "Hellraiser"), o longa é um bom exemplo...

‘Free Guy’: aventura mostra bom caminho para adaptação de games

Adaptar o mundo dos jogos para as telonas é quase uma receita fadada ao fracasso. Inúmeros são os exemplos: "Super Mario Bros", "Street Fighter", "Tomb Raider: A Origem" e até o mais recente "Mortal Kombat" não escapou de ser uma péssima adaptação. Porém, quando a...

‘A Taça Quebrada’: a angustiante jornada de um fracassado

Não está fácil a vida de Rodrigo: músico sem grande sucesso, ele não aceita a separação da esposa ocorrida há dois anos (sim, 2 anos!) muito menos o novo relacionamento dela, além de sofrer com a distância do filho e de ver o trio morar na casa que precisou deixar. E...