O novo filme de terror do cinema amazonense, “Noite Escura da Alma”, já está disponível no YouTube. Dirigido, roteirizado e protagonizado por Breno Castelo, a produção ficou quatro anos em produção. As gravações aconteceram em Manaus, incluindo, a Paróquia São Sebastião, no Centro de Manaus.

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO FILME

Com influência de filmes como Coração Satânico” e “Drácula”, “Noite Escura da Alma” acompanha a história de Augusto, um empresário muito bem-sucedido, cuja vida gira em torno de sua família. Após uma visão perturbadora de uma profecia demoníaca, sua vida perfeita entra em uma espiral de paranóia, violência e terror. Além de Breno, o elenco ainda conta com Ana Oliveira, Che Moais, Daniel Torres e Jorge Maricato. A direção de fotografia fica por conta de Wilson Velasco e a montagem é de James Salinas.

DE “PROMETHEUS” À BÍBLIA

A ideia para “Noite Escura da Alma”, segundo Breno, começou a surgir ao ouvir uma história aterrorizante. “Por volta de 2013, soube que uma garota havia sido estuprada por um grupo de assaltantes dento de um restaurante que frequentava com a minha família. Isso aconteceu na frente de todos os clientes, inclusive, da própria família. Não sei o motivo, mas, me imaginei imediatamente na visão do pai vendo aquela cena e eu lembro de pensar: ‘não existe inferno pior que esse’”, declarou. Ao longo do tempo e com muitas influências – de “Prometheus” a Marlon Brando – o diretor/roteirista chegou à Bíblia. “Todo santo passa pela noite escura da alma, de Jesus a Jó, passando por São Francisco de Assis. Resolvi criar a minha versão disso”, disse.

Após trabalhar como ator nos curtas dirigidos por Ricardo Manjaro, entre eles, “A Última no Tambor” e “O Necromante”, Breno Castelo decidiu estrear na direção em um longa-metragem. Mas, o processo não foi nada fácil. “A filmagem foi bem tensa pelo fato de termos pouco orçamento, logo, faltava muita coisa. Contamos ainda com imprevistos como o maquiador, uma cara super profissional, que iria ficar 11 dias em Manaus, mas, acabou tendo uma crise renal e passou quatro dias internados. Porém, independente dos problemas, eu agradeço demais as pessoas que ficaram até o final e fizeram as suas funçoes com excelência”, completou.

De acordo com Castelo, a dobradinha com Wilson Velasco foi marcada por uma característica que adotou para “Noite Escura da Alma”. “Quando iniciamos o projeto, cheguei para ele e falei: ‘cara, tenho todos os planos dos filmes e os quero assim. Não entendo de fotografia, então, não vou me meter na sua luz, mas, não se meta nos meus planos’. Tive uma experiência ruim anteriormente e quis garantir desta vez. O Velasco topou de boa. Foi o melhor dos dois mundos”, declarou, ressaltando também o trabalho do assistente de fotografia, Antônio Faustino.

SERVIÇO

Filme: Noite Escura da Alma

Direção: Breno Castelo

Elenco: Breno Castelo, Ana Oliveira, Che Moais, Daniel Torres, Jorge Maricato

Duração: 96 minutos

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ é selecionado para festival na Espanha

Depois de passagens de sucessos por festivais brasileiros, chegou a hora de “O Barco e o Rio” alcançar novos caminhos: a produção amazonense está selecionada para o Festival Internacional de Cinema de Huesca, na Espanha. O curta-metragem de Bernardo Abinader disputa a...

Quatro filmes representam o Amazonas na Mostra Histórias do Brasil Profundo

Fruto das políticas públicas de regionalização do audiovisual brasileiro, o atual momento do cinema amazonense alcançou feitos considerados impossíveis décadas atrás, incluindo, desde o surgimento de eventos locais importantes como o Amazonas Film Festival, Olhar do...

Em Manaus, curso gratuito prepara realizadores para primeiro filme

Formação cultural através do audiovisual. Essa é a proposta do projeto “Nosso Primeiro Filme”, contemplado pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O curso propõe um panorama dos principais setores...

Curtas de Begê Muniz e Lucas Martins representam o Amazonas no CineFantasy

O cinema amazonense estará representado em dose dupla no 11.º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os curtas "À Beira do Gatilho", de Lucas Martins, e "Jamary", de Begê Muniz, serão exibidos no evento previsto para ocorrer entre os dias 16 e 29...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 7: O Que Esperar do Futuro?

Caio Pimenta fala sobre o que esperar do futuro do cinema amazonense e os desafios impostos ao audiovisual local.  https://www.youtube.com/watch?v=rQ79UdbQ4yQ O FUTURO PÓS-ALDIR BLANC A curto prazo, o cinema do Amazonas deve ter um bom 2021 e, talvez, 2022. Falo isso...

Cinemas de Joaquim Marinho no Centro de Manaus serão tema de websérie

Muito antes dos multiplexs dos shoppings centers, os cinemas de rua do Centro de Manaus foram referências de cultura e entretimento durante décadas - atualmente restou apenas o resiliente Casarão de Ideias. Durante os anos 1970 ao início do século XXI, as salas de...

Plataforma digital reunirá dados sobre o audiovisual do Amazonas

Uma plataforma digital com o catálogo de profissionais e empresas de audiovisual do Amazonas somado a um observatório com pesquisas e estudos sobre o setor. Esta é a proposta do projeto Tela Amazônia, da produtora Leão do Norte, organizadora do Matapi – Mercado...

‘O Barco e o Rio’ entra no TOP 10 da Abraccine dos melhores curtas de 2020

A trajetória bem-sucedida do filme amazonense "O Barco e o Rio" segue firme em 2021: a produção dirigida por Bernardo Ale Abinader entrou no TOP 10 dos melhores curtas-metragens de 2020 da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A lista foi divulgada...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 6: A Tônica da Descontinuidade

Caio Pimenta fala sobre um dos maiores e históricos problemas do cinema produzido no Amazonas: a descontinuidade.  https://www.youtube.com/watch?v=3rosA6214mc ‘A Tônica da Descontinuidade’. Este é o título do livro mais importante sobre o cinema do Amazonas. O autor é...

Cine Set está credenciado para a cobertura do Festival de Berlim 2021

O Cine Set se prepara para uma nova cobertura internacional: a partir de março, o site de cinema produzido em Manaus traz as novidades sobre o Festival de Berlim 2021. O nosso correspondente internacional, Lucas Pistilli, já está credenciado para o evento online...