Nascido em São Gabriel da Cachoeira, Regis Myrupu conseguiu um feito histórico na última sexta-feira (15): ele venceu o prêmio de Melhor Ator do Festival de Locarno pelo trabalho em “A Febre”. Estreante na atuação, o indígena esteve na Suíça para receber a estatueta chamada de Leopardo. A produção dirigida por Maya Da-Rin foi gravada em Manaus em 2018.

Em entrevista ao site oficial do Festival de Locarno, o ator se disse surpreso com o prêmio. “Não sabia que eu tinha essa habilidade. Mas, com a ajuda da diretora, consegui transmitir o que estava dentro de mim”, afirmou. Myrupu aproveitou também para destacar o panorama sócio-ambiental do Brasil.

“Nós, povos indígenas, estamos vivendo um momento muito difícil. Não só nós, mas também a nossa casa, a floresta, está sendo destruída. Então, um indígena recebendo um prêmio como esse, mostra a nossa força e capacidade de atuarmos na sociedade não indígena, seja participando de um filme, seja como médicos ou advogados, sem que isso signifique a perda das nossas origens ou o esquecimento da nossa cultura”, declarou.

Co-produção entre Brasil, Alemanha e França, “A Febre” traz Regis Myrupu interpretando um indígena de 45 anos chamado Justino, vigilante em um porto de cargas e morador da periferia de Manaus. Desde a morte da sua esposa, sua única companhia tem sido sua filha Vanessa, mas ela está de partida para estudar medicina em Brasília. Sob o sol escaldante e as chuvas tropicais, Justino esforça-se para manter-se concentrado no trabalho. Com o passar dos dias, ele é tomado por uma febre forte. Em seus sonhos, uma criatura vagueia perdida pela floresta. Na televisão, o noticiário fala de um animal selvagem que ronda o bairro. Justino acredita que está sendo seguido, mas não sabe se quem o persegue é um animal ou um homem.

Produção ainda não tem data para estrear nos cinemas brasileiros.

CONFIRA FOTOS DE “A FEBRE”:

Olhar do Norte 2020: Tudo Sobre o Principal Festival de Cinema de Manaus

ARTRUPE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS APRESENTAOLHAR DO NORTE 2020Principal de festival de cinema do Amazonas, o Olhar do Norte chega totalmente online à terceira edição para destacar o audiovisual produzido no Norte do Brasil.Realizado desde 2018 pela Artrupe Produções...

Festival Varliux 2020: confira os horários dos filmes em Manaus

O Festival Varliux de Cinema Francês é a nova aposta para atrair público para os cinemas durante a crise provocada pela pandemia da COVID-19. O evento inicia a partir desta quinta-feira (19) e, em Manaus, terá dois locais de exibição: Casarão de ideias, no Centro, e o...

Parceria de Fábio Baldo e Flávia Abtibol representa Amazonas em telefilme da Globo Filmes

O Amazonas é um dos cinco Estados brasileiros a participarem do projeto de telefilmes regionais da Globo Filmes. Com direção de Fábio Baldo (“Antes o Tempo Não Acabava”) e roteiro de Flávia Abtibol (“Dom Kimura”), “Deus Me Livre, Mas Quem Me Dera” foi o projeto...

Cine Set entrevista candidatos à Prefeitura de Manaus sobre setor cultural

O Cine Set inicia a publicação da série de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Manaus a partir desta segunda-feira (9). Nove dos onze postulantes ao cargo - Amazonino Mendes, Capitão Alberto Neto, Chico Preto, Coronel Menezes, Gilberto Vasconcelos, Marcelo...

Premiado ‘A Febre’ terá sessão especial em Manaus

O Festival Olhar do Norte será realizado apenas entre os dias 5 e 7 de dezembro, porém, terá uma prévia no sábado, dia 14 de novembro. O evento promove uma exibição especial de "A Febre", longa rodado em Manaus com direção de Maya Da-Rin. A sessão será realizada no...

Pirarucurta 2020 terá noite de premiação em drive-in no Studio 5

Prepare-se para uma edição grandiosa do Pirarucurta! Adaptando-se ao cenário da pandemia da COVID-19, o Festival Audiovisual Universitário da Faculdade Martha Falcão terá a noite de premiação, no dia 19 de novembro, aberta ao público em uma sessão de cinema drive-in...

Com retornos do Cinemark e Cine Araújo, 100% dos complexos de Manaus voltam a funcionar

Sete meses depois do início da pandemia da COVID-19 fechar os cinemas de Manaus, todos os complexos da capital estão de volta. O Cinemark, localizado no Studio 5, e o Cine Araújo, no Shopping Manaus Via Norte, retornam nesta quinta-feira (29) com a estreia de “Tenet”,...

Prazos apertados levam desafios ao audiovisual do Amazonas em editais da Lei Aldir Blanc

Os editais do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus provenientes do repasse da Lei Aldir Blanc iniciam a fase de inscrição das propostas a partir desta semana. A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), por exemplo, lançou 11 editais do...

Manuscrito histórico de Silvino Santos aguarda publicação na Ufam

A morte de Silvino Santos completou 50 anos no último dia 14 de maio. A trajetória rica do pioneiro do cinema na região amazônica aparece em detalhes no manuscrito “Romance da Minha Vida”, de autoria do próprio diretor dos clássicos “No Paiz das Amazonas” e “Amazonas,...

Vitória de ‘O Barco e o Rio’ em Gramado não é exceção, mas, pode vir a ser

Parte do que será colocado neste texto também foi abordado pelo João Fernandes, diretor-proprietário do Casarão de Ideias, em sua coluna no jornal A Crítica deste domingo (27) (clique aqui para ler).  --  Dirigido por Bernardo Ale Abinader, “O Barco e o Rio” escreveu...