A oportunidade de ver nos cinemas de Manaus o reencontro entre Martin Scorsese e Robert De Niro não será possível. A capital amazonense ficou fora das sessões especiais, previstas pelas próximas duas semanas, de “O Irlandês” no Brasil.  

Grande candidato ao Oscar 2020, “O Irlandês” traz a história de Frank Sheeran (Robert De Niro), um veterano de guerra cheio de condecorações que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Promovido a líder sindical, ele torna-se o principal suspeito quando o mais famoso ex-presidente da associação desaparece misteriosamente. Al Pacino, Joe Pesci e Harvey Keitel completam o elenco. 

“O Irlandês” enfrenta o mesmo problema encarado por “Roma” nos cinemas de Manaus. Ambas produções da Netflix, os filmes tiveram sessões especiais pelo Brasil, mas, não conseguiram espaço na capital. Pelo menos, o drama de máfia chega ao serviço de streaming no dia 27 de novembro. 

Confira onde haverá as sessões de “O Irlandês” no Brasil: 

  • Petra Belas Artes, em São Paulo;  
  • Estação NET Rio e o Estação Gávea, no Rio de Janeiro;  
  • Cine Líbero Luxardo, em Belém; 
  • Cine Cultura Liberty Mall, em Brasília;  
  • Cine Passeio, de Curitiba;  
  • Cinemulti e o Paradigma CineArte, em Florianópolis;  
  • Cine Teatro São Luiz e o Cinema do Dragão, de Fortaleza;  
  • CineArt UFF, em Niterói; o  
  • Cine Cultura Palmas, em Palmas;  
  • Guion Center Cinemas, de Porto Alegre;  
  • MoveiMax Rosa e Silva, em Recife;  
  • Sala de Arte Cine Passeo e o Sala de Arte Museu, em Salvador;  
  • Roxy Pátio Ipiranga, de Santos;  
  • Cinemas Teresina, de Teresina.  

‘Ninguém Sabe que Estou Aqui’: surpresa chilena revela-se um tesouro na Netflix

Em “Ninguém Sabe que Estou Aqui”, seu longa de estreia na direção, o chileno Gaspar Antillo nos surpreende com uma bela e melancólica história sobre abusos na indústria fonográfica, sonhos não realizados e aceitação própria. Além de possuir uma narrativa bem...

‘A Febre’: a luta contra a dizimação de todos os tipos

“A Febre” é um filme de luta. Não aquela luta física de um John McClane ou John Wick com socos, pontapés e tiros a todo instante, mas, sim uma resistência à tentativa de dizimação identitária, cultural e de valores.   Esta resistência atende pelo nome de Justino...

‘Três Verões’: efeitos da Lava Jato encontram Regina Casé brilhante

A corrupção está no DNA do Brasil desde a Colônia até os dias atuais com os escândalos das rachadinhas e da Lava Jato. A polêmica operação, aliás, já ganhou às telas em séries (“O Mecanismo”), policiais (“Polícia Federal – A Lei é Para Todos”), documentários...

‘7500’: metade final frustra suspense razoável

Em tempos de pandemia de Covid-19 e isolamento social, é curioso assistirmos filmes que nos entretém explorando outros tipos de paranoia e ansiedade que costumavam ser mais fortes. Como 7500, suspense da Amazon Prime Video sobre o medo do terrorismo aéreo. Passados...

‘Piedade’: resistência através da dor em delicado filme

Um filho desaparecido e uma mãe que nunca perdeu a esperança de encontrá-lo. No percurso, a luta contra uma grande corporação. Poderíamos estar falando de “Amor de Mãe” – novela das 21h interrompida pela pandemia de covid-19 -, mas esta é a trama de “Piedade”, filme...

‘A Vastidão da Noite’: ode a ‘Além da Imaginação’ e ao ato de contar histórias

Que filme curioso é este A Vastidão da Noite, do diretor Andrew Patterson, disponível no Amazon Prime Video. Parece um episódio da clássica série Além da Imaginação (The Twilight Zone) em longa-metragem, colorido, e cheio de falatório, quase como uma obra de Richard...

‘Shirley’: os efeitos do machismo na vida de mulheres fantásticas

O que motiva um escritor? Como funciona seu processo criativo? Essas e outras perguntas encontram respostas em “Shirley”, drama psicológico dirigido por Josephine Decker e estrelado por Elisabeth Moss. O filme aborda o processo de escrita e questões de gênero. A...

‘365 Dias’: castigo cinematográfico da quarentena

Ruim, negligente e problemático.  Com a missão de falar sobre a nova atração da Netflix, ‘365 Dias’, não encontro melhores palavras que estas para apresentar o longa - apesar de “pior filme de 2020” também ser uma boa opção. Baseado no romance homônimo da...

‘Destacamento Blood’: Spike Lee expõe feridas da guerra e do racismo

“Os irmãos não morrem, se multiplicam”. A questão racial é uma das fortes pautas atuais e o cinema como manifestação artística tem muito a dizer sobre isso. Utilizando abordagens distintas, vários diretores discutem essa mazela social: Ava Duvernay (“Selma” e “A 13ª...

‘Come to Daddy’: comédia e horror se cruzam em divertido reencontro familiar

O veterano produtor Ant Timpson estreia na direção com “Come to Daddy”, uma enérgica comédia com toques de terror que transita livremente por diferentes gêneros de gênero, criando um híbrido potente e fresco. Com trinta e poucos anos, Norval (Elijah Wood, o Frodo de...