Cercado de críticas negativas e causando estranheza pelo visual considerado bizarro da mistura humana com gatos, “Cats” terá sessões de pré-estreia no dia de Natal, 25 de dezembro, em Manaus.

Confira abaixo os horários e locais de exibição:

Cinepólis Shopping Ponta Negra – 17h00, 20h20 (Legendado – Sala Vip)

Playarte Manauara Shopping – 16h40, 19h10, 21h40 (Legendado).

Dirigido por Tom Hooper baseado no clássico musical da Broadway, “Cats” acompanha a história de uma tribo de gatos chamada Jellicles todo ano precisa tomar uma grande decisão em uma noite especial: escolher um dos gatos para ascender para o Heaviside Layer e conseguir uma nova e melhor vida. Cada um dos gatos conta a sua história para seu líder, o velho Deuteronomy, na tentativa de ser o escolhido.

O elenco conta com Taylor Swift, Idris Elba, Judi Dench, James Corden, Jennifer Hudson e a revelação Francesca Hayward. “Cats” estreia nos cinemas brasileiros no dia 26 de dezembro.

Raquel Hallak: “o Cine OP 2022 aqueceu a alma”

Depois de precisar cancelar a edição presencial da Mostra de Tiradentes dias antes do início em janeiro deste ano, a Universo Produções se preparou para tornar a Mostra de Cinema de Ouro Preto como o ponto de reencontro dos grandes eventos de audiovisual em Minas...

Alice Gonzaga, a memória viva da Cinédia e do cinema brasileiro

Nascida em meio às películas, câmeras de gravação e ambientes da Cinédia, um dos primeiros grandes estúdios cinematográficos brasileiros, a restauradora, produtora e arquivista Alice Gonzaga reconta que trabalha arquivando obras e documentos audiovisuais desde que...

Vincent Carelli e a reconstrução da memória de um povo em “Adeus Capitão”

Criado em 1986, o Vídeo nas Aldeias foi um projeto precursor na área de produção audiovisual indígena no Brasil. O objetivo era apoiar a luta dos povos originários no fortalecimento das suas identidades assim como de patrimônios culturais e históricos.  O antropólogo,...

Antônio Gonçalves Jr: “o Olhar de Cinema busca filmes que fujam do lugar comum”

O Olhar de Cinema se tornou uma das grandes referências dos festivais de cinema no Brasil chegando à edição de número 11 neste decisivo ano de 2022. De volta ao presencial, depois de dois anos de distanciamento, o Olhar de Cinema ocorreu pela primeira vez em formato...

Janaína Nagata e o peculiar processo de um desktop movie

Pense na cena: você compra um projetor de 16 milímetros e, junto com ele, chegam vários filmes aleatórios, inclusive, registros caseiros de uma família da África do Sul de décadas passadas. Esta situação estranha foi o ponto de partida para a artista visual Janaína...

Marcelo Lordello e a saga para ‘Paterno’ chegar aos cinemas

Marcelo Lordello está de volta aos longas-metragens com "Paterno" exatamente uma década depois de "Eles Voltam", obra ganhadora do Festival de Brasília em Melhor Filme, Atriz com Maria Luiza Tavares e Atriz Coadjuvante com Elayne de Moura. Em "Paterno", o diretor e...

Marco Ricca: “saí estranho de ‘Paterno’ e espero que o público também sinta isso’

"O Que é Isso Companheiro?". "O Invasor", "O Casamento de Romeu e Julieta", "A Via Láctea", "Verônica", "Chatô: O Rei do Brasil", "Canastra Suja", "Duas Irenes", "Hebe: A Estrela do Brasil"... A carreira de Marco Ricca se confunde com o cinema brasileiro dos últimos...

Marcus Curvelo e Murilo Sampaio: “fazer filme virou um ato de sobrevivência”

Destaque da Mostra Outros Olhares do Festival Olhar de Cinema 2022, “Garotos Ingleses” é o novo curta-metragem dirigido e escrito por Marcus Curvello. Com uma filmografia premiada em festivais brasileiros nos últimos anos por obras como “Mamata” (2017), "Regresso de...

Michel Guerrero e as memórias da infância no Cine Carmen Miranda

Michel Guerrero possui uma longa carreira no teatro manauara, incluindo sua personagem mais famosa, Lady Park. Agora, ele revive sua paixão de infância pelo cinema para produzir seu primeiro curta-metragem como diretor, “Cine Carmen Miranda”. Partindo de uma narrativa...

Cláudio Bitencourt e Diego Lopes: “o talento do Marco Ricca elevou ainda mais ‘Lamento’”

Glamourosos e com uma diversidade de gente de todos os tipos entre hóspedes e clientes, hotéis sempre foram locais adorados por roteiristas e diretores para ambientarem suas produções. De Edmund Goulding em "O Grande Hotel" (1932) ao clássico "O Iluminado", de Stanley...