Caio Pimenta apresenta as principais surpresas e ausências das indicações ao Oscar 2020.

Três filmes foram solenemente esquecidos nestas indicações: “Rocketman”, “Meu Nome é Dolemite” e “The Farewell”. A cinebiografia de Elton John parecia que estava crescendo rumo ao Oscar com vitória no Globo de Ouro e a indicação ao SAG do Taron Egerton, porém, o fantasma de “Bohemian Rhapsody” parece ter afetado as chances do filme. Porém, é quase injustificável as não-indicações em Figurino e Direção de Arte. Sobrou apenas Melhor Canção Original na qual é favorito com “I´m Gonna Love Again’.

“The Farewell” mostrou que despencou feio nesta temporada de premiações. Parecia um nome certo até metade de dezembro quando começou a perder força. Nem mesmo o apelo de falar com o público asiático foi suficiente para comover Hollywood e não teve chances nem mesmo em Atriz com Awkawkfina e Coadjuvante com a Zhao Shuzen.

Pior de tudo é que essa exclusão do Oscar pode fazer o filme demorar ainda mais para chegar ao Brasil.

Por fim, “Meu Nome é Dolemite” e “Joias Brutas” sofreram com a overdose de Netflix neste Oscar 2020. O serviço de streaming tinha concorrentes mais fortes na disputa – “O Irlandês”, “História de um Casamento” e “Dois Papas”. Mesmo assim, dava para encaixá-lo em Melhor Maquiagem e Penteado e também Figurino.

Falando em Netflix, o Robert de Niro, de “O Irlandês” confirmou a tendência e está fora do Oscar de Melhor Ator. Eu já falei aqui no canal dos motivos desta exclusão dele e tô deixando o link na descrição. E, claro, que não posso deixar de citar a decepção de todo mundo com a Lupita Nyong´o fora do Oscar.

Talvez estar em um filme de terror, talvez o lançamento muito distante da temporada de premiações, talvez o ano com grandes concorrentes, talvez uma campanha tímida. Justificativas pode até não faltar para essa exclusão, mas, cá entre nós, é uma injustiça tremenda.

Mais um ano de Oscar e mais uma vez as mulheres são ignoradas na categoria de Direção do Oscar. A Greta Gerwig, de “Adoráveis Mulheres”, que lutava ali com o Todd Philips pela quinta vaga, acabou de fora. Eu também já cheguei a discutir isso no canal e é um problema grave que a indústria precisa dar conta. É preciso dar mais espaço, mais voz e mais oportunidades para as mulheres na direção. Isso implica em uma diversidade de narrativas, histórias, olhares que só tem a enriquecer o cinema americano.

Em Melhor Ator Coadjuvante, o Song Kang-Ho até tentou, mas, não conseguiu superar os gigantes de Hollywood. Aliás, o elenco de “Parasita” não conseguiu nenhuma indicação. Outro esnobado foi “Frozen 2”: quem imaginava que o super-sucesso da Disney ia ficar de fora? Com isso, caminho mais do que aberto para  “Toy Story 4” levar esta estatueta.

E a manhã em Los Angeles não foi boa para as grandes estrelas da música. A Beyoncé ficou de fora da categoria de Melhor Canção Original pelo trabalho em “O Rei Leão”. É até corajoso por parte da Academia esta escolha, afinal, você não vai ter uma das maiores estrelas da atualidade no palco do Oscar. Mas, evidentemente que a maior esnobada de todas, foi a Jennifer Lopez em Melhor Atriz Coadjuvante.

Todas as listas, bolsas de apostas, especialistas contavam com a vaga da Jennifer Lopez por “As Golpistas”. Não duvido nada que o preconceito com o tipo de personagem e com a própria carreira da J.Lo possa ter afastado muitos votantes, preferindo o caminho mais seguro de votar em uma atriz consagrada como a Kathy Bates.

Completo esta lista de esnobados com “Era uma vez em Hollywood” e “1917” ambos fora do Melhor Montagem. Vamos agora para as surpresas, começando, claro, com o representante brasileiro no Oscar.

BRASIL NO OSCAR 2020

“Democracia em Vertigem” fez história não apenas a conseguir a indicação, mas, também derrubando o favorito “Apollo 11”. O feito obtido por Petra Costa é do mesmo tamanho ao alcançado por Fernanda Montenegro em Melhor Atriz por ‘Central do Brasil” e “O Menino e o Mundo” em Melhor Animação. Ser outsider, vindo da América Latina, apresentar uma história tão nossa e chegar ao Oscar é para poucos, ela conseguiu.

As indicações podem até não ser surpresa, mas, “Coringa” liderar a disputa com 11 indicações a frente de “Era uma vez em Hollywood”, “1917” e “O Irlandês” realmente mostra um carinho muito grande da indústria pelo filme. Agora, continuo achando bem difícil que ele vença. Falei mais sobre isso em um vídeo aqui no canal e estou deixando na descrição.

Se a J.Lo foi a decepção em Atriz Coadjuvante, Kathy Bates, de “O Caso Richard Jewell” e a Florence Pugh, de “Adoráveis Mulheres”, mandaram muito bem e conseguiram as vagas. Outra surpresa foi “Honeyland”, conseguindo um feito raro: indicação dupla em Melhor Filme Internacional e Documentário.

A Scarlett Johansson nunca tinha sido indicada para o Oscar e a Academia resolveu compensar logo com uma dupla nomeação em Atriz Coadjuvante por Jojo Rabbit e Atriz Principal por “História de um Casamento”. Provavelmente perde as duas, mas, já mostra que entrou no radar da Oscar.

Na turma dos blockbusters, “Star Wars” bateu “Vingadores: conseguiu três indicações contra apenas uma da maior bilheteria da história do cinema. E, por fim, o que dizer de “Malévola – Dona do Mal” indicada a Melhor Maquiagem e Penteado? Aqui, a equipe do “Dolemite” foi à loucura.

Oscar 2022 de Melhor Filme: Previsões Iniciais – Parte I

Chegou a hora de falar do Oscar 2022: a partir de agora até o dia 27 de março, tudo sobre o evento mais popular do cinema você encontra aqui no canal do Cine Set no YouTube.  Para começar, vamos com as previsões iniciais para Melhor Filme. Nesta primeira parte, tem...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Martin Scorsese

Pode-se dizer sem pestanejar que Martin Scorsese seja o maior diretor vivo do cinema dos EUA. Na história, está ao lado de D.W Griffith e John Ford como os maiores de todos os tempos.  As obras de Scorsese são fundamentais para entender a criação, formação e as...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Robert De Niro

Do patriarca da família mais famosa do cinema a um taxista em crise passando por um boxeador campeão e perturbado: grandes papéis não faltaram na carreira do Robert De Niro. Da comédia ao drama, ele brilhou em obras-primas históricas.  Ao longo da carreira, foi...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Steven Spielberg

Raros diretores conseguiram ser tão felizes ao aliar sucesso de público, comercial com produções elogiadas pela crítica com o Steven Spielberg. Desde o suspense “Encurralado” à aventura “Jogador Número 1”, ele experimentou os mais diversos gêneros ao longo de quatro...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Cate Blanchett

Cate Blanchett: o ideal de atriz de uma geração.  Essa era o título de um artigo do Cine Set sobre a carreira desta australiana feito pelo Renildo Rodrigues. O link está na descrição.  E cá entre nós, o título de modo algum parece exagerado: a Cate Blanchett, ao lado...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Dustin Hoffman

Baixinho, nem fortão nem magrelo, muito menos um símbolo sexual de parar avenidas.   O Dustin Hoffman poderia ser uma antítese daquilo que Hollywood consagrou como uma estrela do cinema, porém, é justamente essa capacidade do público enxergar nele uma pessoa como seu...

Oscar: 10 Filmes que Mereciam Mais Indicações entre 2016 e 2021

Sabe aquelas grandes produções que poderiam ter ido mais longe do Oscar? Conseguido uma indicação a Melhor Filme, por exemplo? Neste vídeo, Caio Pimenta fala sobre as 10 maiores entre 2016 e 2021 levando em consideração obras que foram indicadas ao prêmio....

Oscar 2022: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 8

De "Cyrano" a "Encanto", Caio Pimenta apresenta mais possibilidades de filmes para disputar o Oscar 2022 nesta oitava parte do especial. https://www.youtube.com/watch?v=Svbz5YvQ87A BLUE BAYOU  https://www.youtube.com/watch?v=KvNCMXgRo8w Vamos começar com uma produção...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2000-2010

Chegou a hora de escolher 10 grandes atuações esnobadas no Oscar entre 2000 a 2010. A lista leva em conta atuações nomeadas para o Bafta, Globo de Ouro e SAG daqueles anos. https://www.youtube.com/watch?v=_vz0vCsdoUo 10. MAGGIE GYLLENHALL, por "SECRETÁRIA" A Maggie...

Oscar 2022: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 7

De “The Eyes of Tammy Faye” a “Medusa”, Caio Pimenta apresenta mais possibilidades de filmes para disputar o Oscar 2022.  https://www.youtube.com/watch?v=bCuHGbgJ_iA THE EYES OF TAMMY FAYE  https://www.youtube.com/watch?v=6xBXRn3BvGY Tenho falado bastante de...