Apesar do mundo ter parado e dos cinemas estarem fechados março, tem filmes lançados neste período que se credenciaram para disputar o Oscar do ano que vem. Trago agora os 10 principais candidatos. 

 DESTACAMENTO BLOOD 

Sem dúvida nenhuma, o novo filme do Spike Lee é o mais forte candidato que foi lançado neste primeiro semestre. 

“Destacamento Blood chegou à Netflix no mês de junho cercado de elogios, sendo considerado um dos melhores filmes da carreira do Spike Lee. A produção pode se beneficiar por todo o movimento anti-racismo nos EUA desencadeado pela morte do George Floyd, além da predileção da Academia por filmes de guerra. 

Se eu fosse apostar, acho que “Destacamento Blood” pega indicações em Melhor Filme, Direção para o Spike Lee – talvez, a grande chance dele ser o primeiro diretor negro a vencer o prêmio – Ator Principal para Delroy Lindo, quem sabe, Ator Coadjuvante para o Chadwick Boseman, Roteiro Original, Montagem, Som e por aí vai. 

NEVER RARELY SOMETIMES ALWAYS 

Com passagem elogiada no Festival de Berlim e em Sundance, Never Rarely Sometimes Always” teve pouco tempo em cartaz – estreou no dia 13 de março, dois dias depois de declarada pela OMS a pandemia do novo coronavírus. Mesmo assim, tem chances de aparecer no prêmio. 

A viagem de uma garota da Pensilvânia para Nova York na tentativa de realizar um aborto se tornou um dos filmes mais elogiados pela imprensa mundial neste ano. Muito provavelmente a Focus Features deve relançar próximo à temporada de premiações. 

Vejo o filme com uma possibilidade boa de aparecer na categoria de Roteiro Original e também para a protagonista, Sydney Flanigan em Melhor Atriz. 

EMMA 

A nova adaptação do clássico romance da Jane Austen pode nas categorias técnicas. 

A comédia romântica britânica “Emma” tem tudo para conseguir indicações em Melhor Figurino e Direção de Arte. As roupas carregam o espírito de leveza do filme, enquanto o design de produção apresenta todo aquele tradicionalismo e exatidão na reconstituição de época que a Academia ama. 

Mesmo com a Anya-Taylor Joy muito fofinha e linda, eu não acho que vai mais do que isso. 

A ASSISTENTE 

Se a Anya-Taylor Joy dificilmente emplaca em Melhor Atriz, o mesmo não dá para dizer da Julia Garner, de “A Assistente”. 

O drama sobre uma secretária observando os abusos de um produtor poderoso de Hollywood chegou timidamente aos cinemas americanos em janeiro, mas, não passou despercebido pelos críticos. A Julia Garner carrega o filme em um trabalho muito difícil por ser contido demais e focado em um minimalismo sufocante. 

A temática ligada ao #MeToo e falando dos abusos ligados indiretamente ao Harvey Weinstein podem fazer “A Assistente” ganhar muitos apoiadores dentro da Academia. Seria muito injusto se a Julia Garner fosse esquecida. 

DOIS IRMÃOS 

“Dois Irmãos” estava começando a despontar as bilheterias mundiais quando veio a pandemia. Porém, ganhou espaço no streaming e fez sucesso por lá. No Oscar, está quase certo na disputa de Melhor Animação. 

A produção da Pixar sobre dois irmãos tentando falar com o pai pela última vez obteve elogios moderados por parte da imprensa especializada. “Dois Irmãos” terá como principal rival “Soul”, também da Pixar e que seria lançada no Festival de Cannes 2020. 

Ainda falando na categoria de Melhor Animação, “Os Irmãos Willoughby”, da Netflix, também deve ser indicado ao Oscar. Vale lembrar que, neste ano, o streaming concorreu com “Klaus”.

DOCUMENTÁRIOS 

Mesmo no meio do caos que a gente vem vivendo desde o início do ano, os documentários não podem se queixar. Pelo menos três candidatos bem fortes surgem no páreo. 

Distribuído pela Neon, “Spaceship Earth” mostra a experiência da Biosfera 2, iniciativa realizada em 1991 em que oito homens e oito mulheres vivem uma réplica em miniatura do ambiente da Terra para uma experiência científica financiada por um magnata do petróleo. Já “Atrás da Estante” está disponível na Netflix e mostra a trajetória de um casal que se tornou o maior distribuidor de pornô gay dos EUA. Por fim, tem “Crip Camp”, também da Netflix. O filme apresenta a história de formação do maior acampamento para jovens com deficiência nos EUA. 

O HOMEM INVISÍVEL 

Digamos que a situação da COVID-19 não melhore tanto assim até o fim do ano e os cinemas não possam reabrir? O que sobra de filme popular para o Oscar? “O Homem Invisível” pode ser uma saída desesperada. 

O filme da Universal Pictures seria uma boa aposta em Melhor Som, Efeitos Visuais e até mesmo a Elisabeth Moss em Melhor Atriz, o que não chegaria a ser nenhum absurdo. 

Falando ainda da Elisabeth Moss, ela também pode aparecer por “Shirley”. Sobre os blockbusters, desde que a gente não tenha que ver “Sonic”, “Bad Boys” e “Aves de Rapina”, eu tô topando.

BACURAU 

Ok, essa aqui é mais torcida do que uma aposta certeira, porém, “Bacurau” pode sim aparecer no Oscar 2021. 

Após ser preterido por “A Vida Invisível” como a escolha brasileira para a disputa de Melhor Filme em Língua Não-Inglesa em 2020, o filme do Kleber Mendonça Filho e do Juliano Dornelles pode seguir o mesmo caminho de “Cidade de Deus” e concorrer nas demais categorias. “Bacurau” está sendo distribuído nos EUA pela Kino Lorber, empresa que apostou em uma plataforma de streaming que ajudou centenas de cinemas espalhados pelos EUA. 

Esse tipo de iniciativa em um tempo tão complicado para as salas de cinema é algo que pode agradar uma parte da Academia e, indiretamente, ajudar a campanha do “Bacurau” no Oscar. Ainda assim, é bem improvável que o filme esteja na disputa em abril do ano que vem. 

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Tom Hanks

De “Quero Ser Grande” a “Um Lindo Dia na Vizinhança”, Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Tom Hanks no Oscar. 6. O RESGATE DO SOLDADO RYAN Para você ver o nível do Tom Hanks, a indicação vinda da atuação que considero mais fraca dentre as...

Oscar 2022 de Melhor Ator Coadjuvante: Previsões Iniciais

De Bradley Cooper a Willem Dafoe, Caio Pimenta apresenta a lista de candidatos ao Oscar 2022 de Melhor Ator Coadjuvante. https://www.youtube.com/watch?v=A4kohV2RCMw CHANCES MÍNIMAS Dois atores de filmes queridos da crítica devem ficar de fora.  O excelente Vincent...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Al Pacino

Al Pacino.   Só de falar esse nome dá vontade de fazer uma reverência, afinal, se trata de uma das maiores lendas da história do cinema. A Academia, entretanto, não teve a melhor das relações com o ator e, apesar das nove indicações, ele venceu apenas uma vez.  Neste...

Oscar 2022 de Melhor Direção: Previsões Iniciais

De Steven Spielberg a Kenneth Branagh, Caio Pimenta apresenta a lista de candidatos ao Oscar 2022 de Melhor Direção. https://www.youtube.com/watch?v=k7yCO2R6RIs CHANCES MÍNIMAS  Já que iniciei falando de mulheres na direção, algumas delas parecem bem distantes da...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Kate Winslet

De "Razão e Sensibilidade" a "Steve Jobs", Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Kate Winslet no Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=nfP509-GoY0&t=249s 7. IRIS  Em 2002, a Kate Winslet disputou melhor atriz coadjuvante por “Iris”.  No...

Oscar 2022 de Melhor Ator: Previsões Iniciais

De Clint Eastwood a Will Smith, Caio Pimenta apresenta as chances das principais candidatas ao Oscar 2022 de Melhor Ator.  https://www.youtube.com/watch?v=3R1FHc5qXlI CHANCES MÍNIMAS    Tem muita gente sem grandes chances no Oscar 2022 de Melhor Ator. Quatro...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Frances McDormand

A Katharine Hepburn pode ser a maior vencedora do Oscar de Melhor Atriz com quatro estatuetas, porém, a Frances McDormand detém um recorde incrível: 100% de aproveitamento na categoria com três indicações e três vitórias.   Ela ainda soma outras nomeações em atriz...

Oscar 2022 de Melhor Atriz: Previsões Iniciais

De Rachel Zegler a Lady Gaga e Kristen Stewart, Caio Pimenta apresenta as chances das principais candidatas ao Oscar 2022 de Melhor Atriz.  https://www.youtube.com/watch?v=IwUGzahLr6c CHANCES MÍNIMAS     Apesar dos muitos elogios a elas, três candidatas parecem...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Leonardo DiCaprio

De "Gilbert Grape" a "Era uma vez em Hollywood", Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Leonardo DiCaprio no Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=zjIqnog1h8Y 6. O REGRESSO  Igual fiz com o Martin Scorsese, começo com o desempenho que valeu o...

Museu da Academia em Los Angeles abre e promete passeio cinéfilo inesquecível

Chegou o dia: o Museu da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas está aberto para todo o público em Los Angeles. A cerimônia de inauguração aconteceu nesta quinta-feira, 30 de setembro, na The Walt Disney Company Piazza. O passeio promete ser parada obrigatória...