Caio Pimenta apresenta o que esperar das shortlists das categorias de longas-metragens do Oscar 2021, analisando os esnobados e surpresas. 

MELHORES EFEITOS VISUAIS 

Ao todo, dez filmes foram pré-selecionados e metade vai para o Oscar. Para mim, os escolhidos serão esses aí. 

A Netflix deve emplacar dois projetos: “O Céu da Meia-Noite“, do George Clooney, e “Mank”, do David Fincher. A Disney vai com “Mulan” e “Soul”, enquanto a Warner será nomeada por “Tenet”. 

“Soul” deve repetir o feito de “Kubo e as Cordas Mágicas”, outra animação indicada nesta categoria. Já a surpresa da pré-lista com o documentário da HBO, “Bem-Vindo à Chechênia”, e “Bloodshot”, aquele filme de ação apagado do Vin Diesel. 

Mulher-Maravilha 1984”, “Greyhound”, “Sonic” e, principalmente, “O Homem Invisível” ficaram de fora. E é um absurdo a ausência do filme estrelado pela Elisabeth Moss desta pré-lista: acho que a produção tem efeitos visuais precisos e funcionam demais para história. Um erro feio da Academia. 

Lista dos pré-selecionados:

Aves de Rapina
Bloodshot
Love and Monsters
Mank
O Céu da Meia-Noite
Mulan
The One and Only Ivan
Soul
Tenet
Bem-Vindo à Chechênia

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADO 

Mais uma lista que teve dez pré-selecionados e cinco passam para Oscar 2021. E devem ser Os Sete de Chicago”, “Mank”, “A Voz Suprema do Blues”, “Era uma vez um Sonho” e “Os Pequenos Vestígios”. 

Aqui, o favoritismo tem tudo para recair em “A Voz Suprema do Blues”. Já “Os Pequenos Vestígios” deve ser a surpresa da lista superando “Uma Noite em Miami” e o meu favorito “Aves de Rapina”. 

Entre os esnobados cito “Bela Vingança”, “The United States Vs Billie Holliday” e “A Festa de Formatura”. Quanto a quem surpreendeu nesta pré-lista estão “Uma Invenção de Natal” e “Pinóquio”. 

Lista dos pré-selecionados:

Aves de Rapina
Emma
The Glorias
Era uma vez um Sonho
Jingle Jangle: A Christmas Journey
Os Pequenos Vestígios
A Voz Suprema do Blues
Mank
Uma Noite em Miami
Pinóquio

MELHOR TRILHA SONORA 

Já em trilha sonora, o Oscar ampliou a pré-seleção para 15 candidatos. Ainda assim, dá para garantir, pelo menos, quatro vagas. 

“O Céu da Meia-Noite”, do Alexander Desplat, “Mank” e “Soul”, da dupla Trent Reznor e Atticus Ross; e “Relatos do Mundo”, de James Newton Howard serão nomeados. A última vaga é briga pesada entre “Destacamento Blood”, “Minari” e “Os Sete de Chicago”.  

Os esnobados da pré-lista foram “Emma” e “Wolfwalkers”, enquanto “Os Pequenos Vestígios”, do sempre perdedor do Oscar, Thomas Newman, e “Blizzard of Souls”, da Lolita Ritmanis, única mulher na disputa surpreenderam. 

Lista dos pré-selecionados:

Ammonite
Blizzard of Souls
Destacamento Blood
O Homem Invisível
Jingle Jangle: A Christmas Journey
Rosa e Momo
Os Pequenos Vestígios
Mank
O Céu da Meia-noite
Minari
Mulan
Relatos do Mundo
Soul
Tenet
Os Sete de Chicago

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL 

Speak Now”, de “Uma Noite em Miami”, “Io ”, de “Rosa e Momo”, “Fight For You”, de “Judas e o Messias Negro”, “Turntables”, de “All In: The Fight For Democracy” e, “Rain Song”, de “Minari” devem ser os indicados na pré-lista de 15 canções divulgada pela Academia. 

Wear Your Crown”, de “A Festa de Formatura”, e, principalmente, “Rocket to the Moon”, da animação “A Caminho da Lua”, foram as principais esnobadas. As canções de “Giving Voice” e “Belly of the Beast”. 

Lista dos pré-selecionados:

See What You’ve Done, de “Belly of the Beast”
Wuhan Flu, d “eBorat 2”
Husavik, de “Eurovision”
Never Break, de “Giving Voice”
Make It Work, de “Jingle Jangle: A Christmas Journey”
Rain Song, de Minarias e o Messias Negro”
lo Sì (Seen), “de Rosa e Momo”
Rain Song, de “Minari”
Show Me Your Soul, de “Soul”
Loyal Brave True, de “Mulan”
Free, de “The One and Only Ivan”
Speak Now, de “Uma Noite em Miami”
Green, de “O Som do Silêncio”
Turntables, de “All In: The Fight for Democracy”

MELHOR DOCUMENTÁRIO 

Exceto pela inclusão do chileno “O Agente Duplo”, não tivemos surpresas na shortlist de Melhor Documentário. E, para mim, os indicados serão esses aí. 

A Netflix terá “Crip Camp” e “As Mortes de Dick Johnson”, enquanto a rival Amazon chega com o favorito “Time” e também “All in: The Fight For Democracy”. “Boys State”, da Apple TV, completa o grande momento do streaming na categoria. 

“Time” é o favorito absoluto após ter vencido os festivais de Zurique e Sundance, ganhou também o Gotham Awards e eleito o documentário de 2020 pelos críticos de Nova York e a National Board of Review.  

Totally Under Control”, o polêmico “O Dilema das Redes” e o elogiadíssimo “City Hall”, do Frederick Wiseman, são as grandes esnobadas desta pré-lista. 

Lista dos pré-selecionados:

All In: The Fight for Democracy
Boys State
Collective
Crip Camp
A Morte de Dick Johnson
Gunda
MLK/FBI
The Mole Agent
My Octopus Teacher
Notturno
The Painter and the Thief
76 Days
Time
The Truffle Hunters
Bem-Vindo à Chechênia

MELHOR FILME INTERNACIONAL 

Claro que não tinha como não falar de Melhor Filme Internacional. Infelizmente, não deu para “Babenco”: o filme da Bárbara Paz lutou contra a falta de dinheiro para fazer uma campanha digna e não teve muitas oportunidades.  

Agora, antes que você diga, ‘ah, mas, escolher um documentário foi uma bobagem’, saiba dois documentários passaram na shortlist de 15 filmes. Outro fato importante é que mais da metade da lista é composta por filmes não europeus, incluindo, três produções latinas: o chileno “O Agente Duplo”, o guatemalteco “La Llorona” e o mexicano “Ya No Estoy Aquí”. 

Claro que tivemos esnobados e os mais sentidos foram o grego “Apples”, o qual tinha Cate Blanchett de produtora, o polonês “Never Gonna Snow Again”, o suíço “My Little Sister”, o italiano “Noturno” e “Isto não é um Enterro, é uma ressurreição”, do Lesoto. 

Para mim, estes cinco filmes vão ser os indicados ao Oscar de Melhor Filme Internacional: Another Round”, da Dinamarca, “La Llorona”, da Guatemala, “Collective”, da Romênia, “Quo Vadis, Aida?”, da Bósnia, e “A Sun”, de Taiwan. 

Lista dos pré-selecionados:

Bósnia – “Quo Vadis, Aida?”
Chile – “O Agente Duplo””
República Tcheca, “O Charlatão”
Dinamarca – “Another Round”
França – “Two of Us”
Guatemala – “La Llorona”
Hong Kong – “Better Days”
Irã, “Sun Children”
Costa do Marfim – “Night of the Kings”
México – “I’m No Longer Here”
Noruega – “Hope”
Romênia – “Collective”
Rússia – “Dear Comrades!”
Taiwan – “A Sun”
Tunisia – “The Man Who Sold His Skin”

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Anthony Hopkins

De "O Silêncio dos Inocentes" a "Meu Pai", Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Anthony Hopkins no Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=02BMDi_x_3Y 6. AMISTAD  Em 1998, o Anthony Hopkins foi indicado a Melhor Ator Coadjuvante por “Amistad”. ...

Oscar 2022 de Melhor Filme: Previsões Iniciais – Parte I

Chegou a hora de falar do Oscar 2022: a partir de agora até o dia 27 de março, tudo sobre o evento mais popular do cinema você encontra aqui no canal do Cine Set no YouTube.  Para começar, vamos com as previsões iniciais para Melhor Filme. Nesta primeira parte, tem...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Martin Scorsese

Pode-se dizer sem pestanejar que Martin Scorsese seja o maior diretor vivo do cinema dos EUA. Na história, está ao lado de D.W Griffith e John Ford como os maiores de todos os tempos.  As obras de Scorsese são fundamentais para entender a criação, formação e as...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Robert De Niro

Do patriarca da família mais famosa do cinema a um taxista em crise passando por um boxeador campeão e perturbado: grandes papéis não faltaram na carreira do Robert De Niro. Da comédia ao drama, ele brilhou em obras-primas históricas.  Ao longo da carreira, foi...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Steven Spielberg

Raros diretores conseguiram ser tão felizes ao aliar sucesso de público, comercial com produções elogiadas pela crítica com o Steven Spielberg. Desde o suspense “Encurralado” à aventura “Jogador Número 1”, ele experimentou os mais diversos gêneros ao longo de quatro...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Cate Blanchett

Cate Blanchett: o ideal de atriz de uma geração.  Essa era o título de um artigo do Cine Set sobre a carreira desta australiana feito pelo Renildo Rodrigues. O link está na descrição.  E cá entre nós, o título de modo algum parece exagerado: a Cate Blanchett, ao lado...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Dustin Hoffman

Baixinho, nem fortão nem magrelo, muito menos um símbolo sexual de parar avenidas.   O Dustin Hoffman poderia ser uma antítese daquilo que Hollywood consagrou como uma estrela do cinema, porém, é justamente essa capacidade do público enxergar nele uma pessoa como seu...

Oscar: 10 Filmes que Mereciam Mais Indicações entre 2016 e 2021

Sabe aquelas grandes produções que poderiam ter ido mais longe do Oscar? Conseguido uma indicação a Melhor Filme, por exemplo? Neste vídeo, Caio Pimenta fala sobre as 10 maiores entre 2016 e 2021 levando em consideração obras que foram indicadas ao prêmio....

Oscar 2022: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 8

De "Cyrano" a "Encanto", Caio Pimenta apresenta mais possibilidades de filmes para disputar o Oscar 2022 nesta oitava parte do especial. https://www.youtube.com/watch?v=Svbz5YvQ87A BLUE BAYOU  https://www.youtube.com/watch?v=KvNCMXgRo8w Vamos começar com uma produção...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2000-2010

Chegou a hora de escolher 10 grandes atuações esnobadas no Oscar entre 2000 a 2010. A lista leva em conta atuações nomeadas para o Bafta, Globo de Ouro e SAG daqueles anos. https://www.youtube.com/watch?v=_vz0vCsdoUo 10. MAGGIE GYLLENHALL, por "SECRETÁRIA" A Maggie...