Do patriarca da família mais famosa do cinema a um taxista em crise passando por um boxeador campeão e perturbado: grandes papéis não faltaram na carreira do Robert De Niro. Da comédia ao drama, ele brilhou em obras-primas históricas. 

Ao longo da carreira, foi indicado ao Oscar sete vezes, vencendo duas: a primeira em 1975 em Ator Coadjuvante com “O Poderoso Chefão – Parte II” e a segunda em 1980 com “Touro Indomável” em Melhor Ator.  

Por isso, chegou a hora de homenageá-lo e eleger quais foram as melhores e as piores indicações dele, além de escolher aquela esnobada absurda. 

7. O LADO BOM DA VIDA

Não precisa ser expert no Oscar e na carreira do De Niro para saber que esta era a pior indicação dele disparada. 

Em “O Lado Bom da Vida”, o Robert De Niro interpreta o pai do do Bradley Cooper e entrega um personagem correto, mas, sem muito a oferecer para que possa brilhar.

Chega a ser até triste vê-lo nomeado por este fraco filme do David O. Russell e não ter obtido o mesmo, por exemplo, pelo recente “O Irlandês”. 

Em 2013, ele perdeu para o Christoph Waltz, por “Django Livre”, em um ano que não foi dos mais inspirados em Ator Coadjuvante. 

6. O FRANCO-ATIRADOR 

Em 1979, o Robert De Niro foi indicado a Melhor Ator por “O Franco-Atirador”, do Michael Cimino. 

No longa, ele interpreta um sujeito comum que leva uma vida pacata em uma pequena cidade dos EUA. Porém, o protagonista vivido pelo De Niro acaba indo parar no inferno da Guerra do Vietnã e entra em uma luta cruel para sobreviver e, ao mesmo tempo, para preservar o mínimo de sanidade e humanidade possível. 

Ainda que esteja bem, o Robert De Niro não chega a ser o principal nome de “O Franco-Atirador”: o Christopher Walken, na minha visão, rouba a cena.

Na corrida de Melhor Ator, ele perdeu para o Jon Voight, de “Amargo Regresso”. 

5. TEMPO DE DESPERTAR 

Em 1991, o Robert De Niro foi indicado a Melhor Ator por “Tempo de Despertar”, da Penny Marshall. 

Atuação Oscar bait à parte, o astro realiza uma primeira parte do filme brilhante com a rigidez do corpo do protagonista angustiante e uma comovente tentativa de recuperação do tempo perdido com uma doçura rara de ser vista em seus personagens. A metade final mantém a forte interpretação corporal, apesar de parecer excessivo em certos momentos. 

Essa é uma indicação controversa porque o protagonista, de fato, é o Robin Williams em uma atuação emocionante, mas, muito internalizada. O Robert De Niro, porém, com uma interpretação mais física acaba sendo mais chamativo.

De qualquer modo, ele perdeu a estatueta para o Jeremy Irons, de “O Reverso da Fortuna”. 

4. CABO DO MEDO 

No ano seguinte a “Tempo de Despertar”, o Robert De Niro voltou a ser nomeado em Melhor Ator, agora, por “Cabo do Medo”. 

No longa do Martin Scorsese, ele transborda fúria e intensidade como o psicopata Max Cady. É, sem dúvida, um dos vilões mais icônicos e assustadores da história do cinema. 

Pena que o De Niro encarou outra atuação monstruosa: o Anthony Hopkins vivendo Hannibal Lecter em “O Silêncio dos Inocentes”.  

3. O PODEROSO CHEFÃO – PARTE 2 

Era uma tarefa ingrata: como viver a versão mais jovem de um personagem que foi imortalizado por Marlon Brando, ganhador do Oscar, em uma das maiores obras-primas da história do cinema? 

Bem, essa é uma missão para gigantes e Robert De Niro provou ser um na segunda parte de “O Poderoso Chefão”. 

Não se trata apenas de incorporar trejeitos ou repetir o modo de falar de Brando; o trabalho de De Niro apresenta novas facetas a Vito Corleone.

Compreendemos com maior riqueza de detalhes o motivo dele ter construído tamanho império graças à inteligência, senso de oportunidade e precisão em momentos cruciais. 

2. TAXI DRIVER 

Obra-prima do Martin Scorsese, “Taxi Driver” rendeu a primeira indicação de Robert De Niro a Melhor Ator. 

O astro simboliza à perfeição a desintegração mental de um ex-combatente do Vietnã em uma hostil e underground Nova York dos anos 1970.

São momentos icônicos em sucessão como a clássica ‘You´re Tallking To Me” e o sanguinolento desfecho. 

O De Niro acabou perdendo o Oscar para o Peter Finch, de “Rede de Intrigas”, outra atuação de mesmo nível com o adicional da comoção pela morte dele meses antes da cerimônia. 

1. TOURO INDOMÁVEL 

A melhor atuação entre as indicações do Robert De Niro ao Oscar rendeu a ele a segunda estatueta da carreira. 

Em 1980, ele venceu Melhor Ator por “Touro Indomável”. É um trabalho que tem de tudo: desafio físico, intensidade, fúria, indo do auge à decadência em um desempenho de pura entrega.

Pode ser considerado como o maior desempenho masculino a vencer um Oscar sem parecer exagerado. 

A MAIOR ESNOBADA

Ok, já falei das indicações, mas, agora, vamos às atuações esnobadas.  

E não faltaram grandes desempenhos deixados de lado pelo Oscar: tem “New York, New York”, “Os Intocáveis”, “Os Bons Companheiros”, “Cassino”, “Jackie Brown” e, mais recentemente, “O Irlandês”.  

A maior ausência, entretanto, veio de um grande filme de 1982. 

Outra parceria com o Martin Scorsese, “O Rei da Comédia” mostra o De Niro demonstra toda a habilidade no humor em um personagem deliciosamente paranoico.

Foi um trabalho tão marcante que acaba sendo homenageado no recente “Coringa”. 

Oscar 2024: A Disputa pelos Prêmios Técnicos

De Billie Eilish em Canção Original aos Efeitos Visuais de "Godzilla Minus One", Caio Pimenta analisa as categorias técnicas do Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=FA7h42GRjUU O FAVORITISMO DE 'OPPENHEIMER' Nas categorias técnicas, “Oppenheimer” é franco...

Oscar 2024: O Impacto do SAG e PGA na Temporada de Premiações

Dois dos principais precursores do Oscar aconteceram neste fim de semana: o SAG e o PGA Awards, respectivamente, os prêmios dos sindicatos dos Atores e Produtores dos EUA. E ainda teve o Spirit Awards, o prêmio do cinema independente norte-americano.  Hora de analisar...

SAG 2024: Quem Serão os Vencedores?

Caio Pimenta analisa quais serão os ganhadores do SAG 2024, prêmio do Sindicato dos Atores dos EUA, nas categorias de cinema e televisão. https://youtu.be/YI0i2b0ScMU SÉRIES O SAG 2024 nas categorias de televisão e streaming deve repetir tudo o que vimos no Globo de...

Oscar 2024: O Impacto do Bafta rumo à premiação

Caio Pimenta analisa o domínio de "Oppenheimer" e "Pobres Criaturas" no Bafta rumo ao Oscar 2024. ANIMAÇÃO, ROTEIROS E DOCUMENTÁRIO Maior evento do cinema britânico, o Bafta consagrou “Oppenheimer” com sete prêmios e “Pobres Criaturas” com cinco. Muita coisa,...

Oscar 2024: Qual o Nível da Safra de Indicados a Melhor Filme?

Caio Pimenta analisa os indicados ao Oscar 2024 de Melhor Filme e aponta o nível dela em comparação aos outros anos. https://www.youtube.com/watch?v=aamz3sL4WLQ UMA TEMPORADA MARCANTE Para mim, a lista de 2024 está muito bem servida com a maioria dos filmes de ótimo...

Oscar 2024: Quantos Prêmios “Oppenheimer” Vence?

Caio Pimenta projeta quantas vitórias "Oppenheimer" deve ter na festa do Oscar 2024. https://youtu.be/ppGkh5nnZew HISTÓRICO DOS ÚLTIMOS ANOS Desde a conquista esmagadora de “Quem Quer Ser um Milionário?” em 2009 ao vencer oito das 10 categorias em que concorria, o...

Oscar: E Se Tivesse Direção de Casting entre 2014 e 2024?

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou que, a partir de 2026, o Oscar terá uma nova categoria: Melhor Direção de Casting. As regras de elegibilidade serão definidas em abril do ano que vem. O branch do setor existe desde 2013 e já conta com 160...

Oscar 2024: Quem Vence em Ator e Atriz Coadjuvante?

Caio Pimenta analisa os favoritismos de Robert Downey Jr e Da´Vine Joy Randolph nas disputas de Ator e Atriz Coadjuvante no Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=c2MlDZa6KZE Vitórias no Globo de Ouro e Critics Choice, indicados ao SAG e ao Bafta.  Parece que não...

Oscar 2024 de Melhor Atriz: As Chances das Indicadas

Caio Pimenta analisa os pontos fortes e fracos de Emma Stone, Lily Gladstone, Sandra Huller, Carey Mulligan e Annette Bening ao Oscar 2024 de Melhor Atriz. https://www.youtube.com/watch?v=vuK-ggAskuE Está difícil definir quem é a favorita ao Oscar de Melhor Atriz...

Oscar 2024 de Melhor Ator | As Chances dos Favoritos

Melhor Ator será uma das disputas mais acirradas da temporada de premiações. Tirando o Colman Domingo, todos os outros quatro indicados ao Oscar 2024 têm chances de vitória.  Nos eventos realizados até aqui, o Paul Giamatti conquistou o Globo de Ouro de Melhor Ator em...