Um casal que vive no meio do nada coloca seu amor à prova da maneira mais brutal neste horror psicológico britânico. Apesar de suas deficiências narrativas, “Rose: A Love Story” – que teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Londres deste ano – é um longa-metragem de estreia que mostra o potencial da diretora Jennifer Sheridan e seu ar claustrofóbico o torna perfeito para sessões noturnas em casa.

A personagem-título (Sophie Rundle, da série “Peaky Blinders“) é uma aspirante a escritora que vive em uma cabana remota (é claro) em uma floresta nevada. Junto com seu marido Sam (Matt Stokoe, do seriado “Bodyguard”), que caça sua comida e garante seu bem-estar, eles vivem uma vida aparentemente idílica longe da multidão das cidades.

No entanto, Rose está enfrentando uma doença estranha que a faz nunca sair de casa, Sam tem o hábito de trancá-la quando se ausenta e sanguessugas muitas vezes parecem estar no cardápio da casa. É evidente que há algo podre no reino destes dois – e quando o casal tem que dar as boas-vindas a uma hóspede indesejada em uma noite fatídica, todas as tensões vêm à tona.

O roteiro, escrito por Stokoe, habilmente se concentra na natureza quase parasitária do ajudante. Por um lado, Rose é uma pessoa doente que se vê impotente para deter o senso de dever que seu parceiro tem em relação a sua vida, que vem acompanhada de uma cobrança emocional. Ela sente que sua condição é um fardo e parece admitir que sua mera aceitação desse arranjo doméstico é uma ação perversa. Por outro lado, Sam é um marido cuja preocupação dominante vem de um lugar de amor, mas que acaba mostrando seu lado monstruoso. Lentamente, a culpa e o remorso se instalam, trazendo instabilidade a uma situação já delicada.

ESCURIDÃO COMPARTILHADA

Com tanto para explorar, é lamentável que a história recorra a manobras previsíveis, com o espectador atento capaz de vê-las a um quilômetro de distância. Uma vez estabelecidos, nenhum dos protagonistas parece se desenvolver muito narrativamente, o que torna seu diálogo seja um tanto monótono. Isso também também faz com que a ação – da qual não há muita – se arraste, principalmente no meio do filme.

Os cineastas se saem muito melhor quando usam sua localização para criar tensão. O sentimento de que algo em todo o cenário está profundamente errado imbue uma sensação sinistra de pavor às cenas, brilhantemente capturada pela diretora de fotografia Martyna Knitter. Suas tomadas dentro da casa trancada se aproveitam ao máximo da incerteza sobre se o perigo real está dentro ou fora dela.

Certamente teria sido fácil contar essa história através das estruturas do terror clássico, mas esse claramente não é o filme que Sheridan se propôs a fazer. Em vez disso, “Rose: A Love Story” se apresenta como a história de um amor condenado, cheia de ansiedade, que mostra como duas pessoas podem ser unidas pela escuridão que compartilham. 

‘Delia Derbyshire: The Myths and Legendary Tapes’, o retrato multifacetado de uma viajante do tempo

https://www.youtube.com/watch?v=CM8uBGANASc O tradicional seriado “Doctor Who” completou 57 anos em novembro de 2020. A música-tema - um dos primeiros inteiramente eletrônicos criados para a televisão - entrou para os anais da ficção científica e, ainda que diversos...

‘David Byrne’s American Utopia’, a sequência espiritual de ‘Stop Making Sense’

Em certo ponto de "David Byrne's American Utopia", filme que registra o recente show que Byrne apresentou na Broadway, o músico faz questão de lembrar o público do Teatro Hudson, em Nova York, de que tudo o que eles estão ouvindo é gerado ao vivo. Ele admite não ter...

‘Cicada’: delicado romance marcado por traumas masculinos

Com uma poderosa abordagem sobre traumas masculinos, "Cicada" é um corajoso drama que aponta Matthew Fifer como uma nova voz do cinema queer dos EUA. O filme de Fifer e Kieran Mulcare, que estreou no Festival Outfest em Los Angeles e foi exibido no Festival de Londres...

‘Ammonite’: um cansativo sub-‘Retrato de uma Jovem em Chamas’

Depois do sucesso de seu primeiro longa, "O Reino de Deus", Francis Lee torna a apostar em um romance LGBT em sua nova produção, "Ammonite". No entanto, as semelhanças entre os filmes acabam por aí. Mesmo contando com performances poderosas de Kate Winslet e Saoirse...

‘A Voz Humana’: Tilda Swinton hipnotiza em Almodóvar menor

Unindo dois titãs do cinema, "A Voz Humana" é um filme cuja primeira foto de bastidor já foi suficiente para quebrar a internet cinéfila. A visão do diretor espanhol Pedro Almodóvar ao lado da atriz britânica Tilda Swinton veio cheia de promessa e o curta - que...

‘Um Crime Comum’: angústia da culpa domina belo thriller argentino

Combinando thriller psicológico e drama social, "Um Crime Comum", novo filme de Francisco Márquez, vê uma mulher entrar em colapso diante de um senso de culpa coletiva. Uma co-produção Argentina-Brasil-Suíça, o longa, que estreou na Berlinale, marca a única presença...

‘Another Round’: Mads Mikkelsen arrasador em comédia ácida

Se você queria ver Mads Mikkelsen bebendo até cair e mostrando um certeiro timing cômico, você acaba de achar seu filme do ano. "Another Round", longa de Thomas Vinterberg que estreou em Toronto e foi exibido no Festival de Londres deste ano, reúne o cineasta com o...

‘Fábulas Ruins’: conto italiano totalmente perdido

Era uma vez, nos subúrbios de Roma, crianças que tentaram sobreviver às férias de verão a despeito de seus pais e responsáveis. Esse é o mote de "Fábulas Ruins", drama italiano que estreou na Berlinale - onde ganhou o prêmio de melhor roteiro - e foi exibido no...

‘El Prófugo’: suspense digno dos clássicos do ‘Supercine’

Após um evento traumático, uma dubladora se vê às voltas com um estranho fenômeno em "El Prófugo", suspense argentino que estreou na Berlinale e foi exibido no Festival de Londres deste ano. Depois de brincar com a comédia policial em seu primeiro longa "Morte em...

‘Never Gonna Snow Again’: curiosa história de um super-herói do leste europeu

De uma terra desolada pela radiação, um viajante chega a uma cidade e, com estranhos poderes, se dedica a mudar a vida de seus habitantes. "Never Gonna Snow Again", drama polonês exibido no Festival de Londres deste ano, pode não pertencer à franquia da Marvel ou da...