De Kate Winslet e Saoirse Ronan aos novos filmes de Ridley Scott e Paul Greengrass, Caio Pimenta aponta mais 10 possíveis candidatos ao Oscar em 2021.

NEWS OF THE WORLD 

O diretor Paul Greengrass e Tom Hanks retomam a parceria de “Capitão Phillips”. A dupla traz agora News of The World”. 

No drama com toques de faroeste, o Tom Hanks interpreta um sujeito que informa as pessoas no interior dos EUA no século XIX. Ele, então, recebe a missão de levar uma garota indígena até à família, porém, durante a jornada eles vão se tornando cada vez mais amigos. 

Vai ser bem interessante ver o Greengrass, um diretor que nos acostumamos ver em filmes de ação ágeis e ambientados nos dias atuais, ir para um drama de época. Contar com um ator como o Tom Hanks, agora, em paz com a Academia, tem tudo para chegar ao Oscar. 

STILLWATER 

Matt Damon

Será que chegou a hora do Matt Damon, finalmente, vencer um Oscar como ator? 

Em “Stillwater”, ele interpreta o pai de uma mulher americana presa na França por um assassinato que ela jura não ter cometido. Nessa jornada para livrar a filha, ele passa por um processo de autodescoberta e se envolve com uma moça local. 

Parece um suspense de Supercine, porém, a direção é do Tom McCarthy. Se você não está ligando o nome a pessoa, ele foi o cara comandou o vencedor do Oscar, “Spotlight”. Logo, não dá para descartar. 

THE LAST DUEL 

Ben Affleck e Matt Damon se unem em filme sobre escândalo da FIFA

O Matt Damon também vai tentar a sorte com o novo filme do Ridley Scott. 

“The Last Duel” traz a história real do último combate permitido na França entre um cavaleiro e o escudeiro dele, acusado de ter estuprado a esposa do patrão. O elenco ainda conta com Adam Driver, Ben Affleck e Jodie Comer. 

Tem tudo para ser um filmaço, porém, o Ridley Scott, sinceramente, é um diretor que só tem dado tiro no pé. Acho que o último filme consistente dele, que faz jus a carreira foi o “Gladiador”. Estou com muito pé atrás em relação a esse filme. 

OS ETERNOS 

“Os Eternos” pode ser a resposta da Marvel após o sucesso absoluto de “Coringa” no Oscar 2020. 

Dirigido pela Chloe Zhao, a produção mostra uma nova equipe de heróis, aliens ancestrais que viviam na Terra em segredo por milhares de anos. Liderado pela Angelina Jolie, o elenco ainda conta com o Kumail Nanjiani, Salma Hayek e dois astros de “Game of Thrones”, o Richard Madden e Kit Harington. 

“Os Eternos” é o filme chega para marcar uma nova fase na Marvel com foco na inclusão. É dirigido por uma mulher, você tem um elenco com muita diversidade racial e étnica, fora a promessa de um beijo gay. Entre os blockbusters, acho que este pode ser o que mais vai arrancar elogios da crítica. 

Fora que a data de estreia é bem sugestiva: dia 29 de outubro no início da temporada de premiações. Isso, com certeza, não é coincidência. 

AMMONITE 

Com duas atrizes queridas da Academia, “Ammonite”, dificilmente, deve passar despercebido. 

Dirigido pelo Francis Lee, “Ammonite” traz a história baseada em fatos reais da vida da paleontóloga Mary Anning, focando no romance com uma rica mulher londrina no século XIX. 

Distribuidora de ‘Parasita”, a Neon já garantiu, por US$ 3 milhões, os direitos de “Ammonite”. A grande questão fica por conta da chiadeira em torno da veracidade dos fatos presentes já questionados pelas famílias das duas personagens. 

I´M THINKING OF ENDING THINGS 

O mais inventivo dos roteiristas de Hollywood chega com novo filme na Netflix neste ano. 

“I´m Thinking of Ending Things é a nova produção dirigida e roteirizada pelo Charlie Kaufman, mente por trás de obras-primas como “Quero Ser John Malkovich”, “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças” e “Sinédoque, Nova York”. Aqui, a história mostra um casal em uma viagem quando um desvio inesperado acaba por levá-los a jornadas pessoais angustiantes. 

Não dá para dizer que a Academia não reconheça o trabalho do Charlie Kaufman, afinal, ele já foi premiado com o roteiro de “Brilho Eterno”. Porém, a sensação que eu tenho é que o cinema dele é extremamente desafiador para o padrão médio de Hollywood. Pode até conseguir indicação, mas, vencer já é muito difícil. 

LAST NIGHT IN SOHO 

Diretor de grandes filmes recentes como “Scott Pilgrim” e “Baby Driver”, o Edgar Wright volta à Inglaterra, mais precisamente ao bairro onde cresceu, com “Last Night in Soho”. 

O terror psicológico será ambientado nos anos 1960 e traz a Thomasin McKensie intepretando uma garota apaixonada por moda em Londres. Mais detalhes da história ainda não foram divulgados. 

Apesar de ir bem nas categorias técnicas, os filmes do Edgar Wright ainda enfrentam resistência para alçar voos maiores. Provalvemente, deve ter relação ao estilo mais pop das obras dele. Quem sabe em 2021 essa resistência chegue ao fim? 

THE LAST PLANET 

Se antes demorava décadas para fazer um mísero filme, agora, o Terrence Malick faz uma produção por ano. Para o Oscar 2021, ele deve chegar com “The Last Planet”. 

Seguindo a linha de filmes como “A Árvore da Vida” e também “Uma Vida Oculta”, a religião terá papel preponderante na trama. Rumores indicam que a história vai abordar a vida de Jesus Cristo.

O elenco será liderado por Mark Rylance e Joseph Fiennes. 

THE PROM 

O Ryan Murphy é um queridinho do mundo da vida com sucessos como “Glee” e “American Crime Story”. Em 2021, porém, em vez do Emmy, ele vai tentar uma chance no Oscar com “The Prom”. 

O musical vai ter a Meryl Streep, Nicole Kidman, James Corden e Awkafina no elenco.

Adaptação do famoso musical da Broadway, “The Prom” mostra uma jovem lésbica impedida de ir no baile de formatura por querer levar a namorada. Artistas fracassados descobrem a história e vão tentá-la fazer chegar à grande mídia. 

THE FATHER 

Anthony Hopkins voltou a disputa do Oscar em 2020 com “Os Dois Papas”, porém, ele podia estar apenas esquentando o terreno para 2021. 

O ator foi extremamente elogiado no último Festival de Sundance com “The Father”, produção em que interpreta um sujeito sofrendo com a demência no fim da vida.

O elenco ainda conta com a Olivia Colman, premiada no Oscar por “A Favorita”. 

Oscar: TOP 10 Maiores Momentos da Década 1950

Dos recordes de "Gigi" e "A Malvada" às indicações póstumas de James, Caio Pimenta traz os 10 maiores momentos do Oscar nos anos 1950. 10. IMPROVISO DE JERRY LEWIS EM 1959 https://www.youtube.com/watch?v=2riKdGOdU3E&t=157s A lista do Oscar nos anos 1950 continua...

Oscar 2023: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 7

No especial dos candidatos do Oscar 2023, Caio Pimenta traz uma lista com oito filmes brasileiros que podem representar o país. MEDUSA https://www.youtube.com/watch?v=3yW1VUtYXN0 A lista começa com “Medusa”, novo filme de Anita Rocha da Silveira.   Premiado no...

Oscar: TOP 10 Maiores Esnobadas nos Anos 1950

De Charlton Heston a "Cantando na Chuva", Caio Pimenta traz as 10 maiores esnobadas do Oscar nos anos 1950. 10. CHARLTON HESTON, por "OS DEZ MANDAMENTOS" Em 1957, o épico bíblico “Os Dez Mandamentos”, obteve sete indicações ao Oscar. Ainda assim, uma esnobada deixou...

Oscar 2023 – Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 6

Do novo "Avatar", de James Cameron, a "The Killer",de David Fincher, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. "ASTEROID CITY" Após “A Crônica Francesa” decepcionar, o Wes Anderson busca o retorno ao Oscar com “Asteroid City”, uma história de amor na...

Oscar: TOP 10 Resultados Injustos dos Anos 1950

De Bette Davis a "Assim Caminha a Humanidade", Caio Pimenta traz os 10 resultados mais injustos do Oscar nos anos 1950. https://www.youtube.com/watch?v=Ql_0XmMPw2U 10. GEORGE STEVENS EM MELHOR DIREÇÃO...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 5

De Carey Mulligan à nova parceria Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, chegou a hora da quinta parte de candidatos rumo ao Oscar 2023. https://www.youtube.com/watch?v=DmzN-jKKGUo 13 VIDAS  O Ron Howard quebrou a cara em 2021 ao apostar em “Era uma vez um Sonho”. Para...

Oscar: TOP 10 Ganhadores de Melhor Atriz na Década de 1950 

De Olivia de Havilland a Susan Hayward, Caio Pimenta apresenta o TOP 10 dos vencedores do Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950.  10. JUDY HOLLIDAY, por "NASCIDA ONTEM" A interpretação mais fraca a vencer o Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950 vem da cerimônia de 1951. ...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 4

De Jordan Peele a David O. Russell, chegou a hora da terceira parte de candidatos rumo ao Oscar 2023.  https://www.youtube.com/watch?v=B-w9rivGhKI DOCUMENTÁRIO SIDNEY POITIER  Ganhadora do Oscar deste ano com “Coda”, a Apple já mira sim a edição do ano que vem, pelo...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Sean Penn

De "Os Últimos Passos de um Homem" a "Milk", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Sean Penn. https://www.youtube.com/watch?v=ZmYMmJ_F3Vs 5. UMA LIÇÃO DE AMOR  Em 2002, Sean Penn surgiu na lista pelo trabalho em “Uma Lição de Amor”.  Ainda que...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 3

De "Elvis", de Baz Luhrmann, a “Don´t Worry Darling", com Harry Styles, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. CRIMES OF THE FUTURE  https://www.youtube.com/watch?v=DV0saNig-v4 Voltando aos cinemas oito anos após “Mapas para as Estrelas”, o David...