Apesar da qualidade em ascensão de suas obras, prêmios e passagens vitoriosas em festivais nacionais e internacionais, o audiovisual amazonense ainda enfrenta uma dura falta de reconhecimento dentro do próprio Estado. Mirando em dar visibilidade aos artistas do setor e tornar seus projetos mais conhecidos, a produtora Leão do Norte lança, em janeiro de 2021, a websérie ‘Retratos do Audiovisual Manauara’.

O projeto terá 10 episódios com duração de 12 a 15 minutos e divulgação prevista para o canal do YouTube do Matapi – Mercado Audiovisual do Norte e também da empresa formada por Carlos Barbosa, Clemilson Farias e Rodrigo Antonio.

Contemplado pelo Prêmio Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc – Audiovisual, ‘Retratos do Audiovisual Manauara’ terá os seguintes temas e convidados:

  • Direção de Arte – Francisco Ricardo (premiado no Festival de Gramado 2020 por “O Barco e o Rio”);
  • Direção de Fotografia – Valentina Ricardo (premiada no Festival de Gramado 2020 por “O Barco e o Rio”);
  • Direção Geral – Elen Linth (co-fundadora da Eparrêi Filmes, diretora das séries “Territórios” e “Transviar” e do curta “Maria“);
  • Direção de Som – Heverson Batista (premiado na II Mostra Internacional de São Luís por “Obeso Mórbido“);
  • Figurino – Anália Nogueira (trabalhos na série “Aruanas“, no longa “A Febre“, no curta “O Barco e o Rio”);
  • Montagem – Bárbara Umbra (trabalhos nas séries “Transviar” e “Territórios” e no curta “Maria”);
  • Produção Executiva – Sarah Pimentel (colaboradora na gestão de projetos audiovisuais na Eparrêi Filmes e integrante da União Nacional de Produtores Executivos de Conteúdos Audiovisuais);
  • Produção Local e Internacional – Chicão Fill (fundador e proprietário da Amazon Film);
  • Roteiro de Animação Ademar Vieira (roteirista da série “Lupita no Planeta de Gente Grande”)
  • Roteiro de Ficção – Diego Bauer (diretor e roteirista dos curtas “O Tempo Passa“, “Obeso Mórbido” e “Enterrado no Quintal“)

“São profissionais que fazem parte deste cenário contemporâneo e que estão transformando as formas do fazer artístico e técnico. Na websérie, eles trazem reflexões sobre identidade, formação, mercado de trabalho, dificuldades e oportunidades no setor na região. Queremos com esse projeto promover o reconhecimento destes profissionais e sabemos como isso é importante para a manutenção do setor e para estimular uma nova geração no Estado, que através de ações como esta, pode acessar o conteúdo e ter contato com pessoas às quais possam se identificar e, quem sabe, abrir caminhos para futuros diálogos e parcerias. É um conteúdo que carrega histórias, experiências, dicas e aprendizados fundamentais para quem está começando e também para quem já está no mercado”, declarou Carlos Barbosa, um dos apresentadores e produtores do projeto.

A equipe da websérie conta com a direção e produção de Carlos Barbosa, Clemilson Farias e Rodrigo Antonio; direção de fotografia e som direto de Juliana Rosa Pesqueira; desenho gráfico e animação de Tami Martins, a produtora Sem Rumo Projetos Audiovisuais, Giordano Lima e João Gabriel Riveres ficaram a cargo da montagem e finalização; Duardo Costa no desenho e animação, e este que vos escreve, Caio Pimenta, no roteiro.

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ é selecionado para festival na Espanha

Depois de passagens de sucessos por festivais brasileiros, chegou a hora de “O Barco e o Rio” alcançar novos caminhos: a produção amazonense está selecionada para o Festival Internacional de Cinema de Huesca, na Espanha. O curta-metragem de Bernardo Abinader disputa a...

Quatro filmes representam o Amazonas na Mostra Histórias do Brasil Profundo

Fruto das políticas públicas de regionalização do audiovisual brasileiro, o atual momento do cinema amazonense alcançou feitos considerados impossíveis décadas atrás, incluindo, desde o surgimento de eventos locais importantes como o Amazonas Film Festival, Olhar do...

Em Manaus, curso gratuito prepara realizadores para primeiro filme

Formação cultural através do audiovisual. Essa é a proposta do projeto “Nosso Primeiro Filme”, contemplado pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O curso propõe um panorama dos principais setores...

Curtas de Begê Muniz e Lucas Martins representam o Amazonas no CineFantasy

O cinema amazonense estará representado em dose dupla no 11.º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os curtas "À Beira do Gatilho", de Lucas Martins, e "Jamary", de Begê Muniz, serão exibidos no evento previsto para ocorrer entre os dias 16 e 29...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 7: O Que Esperar do Futuro?

Caio Pimenta fala sobre o que esperar do futuro do cinema amazonense e os desafios impostos ao audiovisual local.  https://www.youtube.com/watch?v=rQ79UdbQ4yQ O FUTURO PÓS-ALDIR BLANC A curto prazo, o cinema do Amazonas deve ter um bom 2021 e, talvez, 2022. Falo isso...

Cinemas de Joaquim Marinho no Centro de Manaus serão tema de websérie

Muito antes dos multiplexs dos shoppings centers, os cinemas de rua do Centro de Manaus foram referências de cultura e entretimento durante décadas - atualmente restou apenas o resiliente Casarão de Ideias. Durante os anos 1970 ao início do século XXI, as salas de...

Plataforma digital reunirá dados sobre o audiovisual do Amazonas

Uma plataforma digital com o catálogo de profissionais e empresas de audiovisual do Amazonas somado a um observatório com pesquisas e estudos sobre o setor. Esta é a proposta do projeto Tela Amazônia, da produtora Leão do Norte, organizadora do Matapi – Mercado...

‘O Barco e o Rio’ entra no TOP 10 da Abraccine dos melhores curtas de 2020

A trajetória bem-sucedida do filme amazonense "O Barco e o Rio" segue firme em 2021: a produção dirigida por Bernardo Ale Abinader entrou no TOP 10 dos melhores curtas-metragens de 2020 da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A lista foi divulgada...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 6: A Tônica da Descontinuidade

Caio Pimenta fala sobre um dos maiores e históricos problemas do cinema produzido no Amazonas: a descontinuidade.  https://www.youtube.com/watch?v=3rosA6214mc ‘A Tônica da Descontinuidade’. Este é o título do livro mais importante sobre o cinema do Amazonas. O autor é...

Cine Set está credenciado para a cobertura do Festival de Berlim 2021

O Cine Set se prepara para uma nova cobertura internacional: a partir de março, o site de cinema produzido em Manaus traz as novidades sobre o Festival de Berlim 2021. O nosso correspondente internacional, Lucas Pistilli, já está credenciado para o evento online...