Caio Pimenta apresenta 10 diretorxs de destaque da produção local de filmes com passagens premiadas em festivais nacionais e internacionais. 

SÉRGIO ANDRADE

Sérgio Andrade começou a carreira com curtas-metragens premiados no Amazonas Film Festival como “Criminosos” e “Um Rio Entre Nós”. Com “Cachoeira”, ele venceu dois prêmios no Festival de Brasília. O primeiro longa de ficção dele, “A Floresta de Jonathas”, circulou de festivais no Brasil ao EUA até a Índia, enquanto o segundo, “Antes o Tempo Não Acabava” estreou ‘apenas’ na Mostra Panorama do Festival de Berlim. Recentemente, fez “A Terra Negra dos Kawá”, filme estrelado pela Mariana Lima e o Marat Descartes.  

ALDEMAR MATIAS

Já no documentário, o Aldemar Matias vem sendo um dos principais nomes do cinema amazonense. Os três filmes da carreira – “A Profecia de Elizon”, “Parente” e “Anos de Luz” – saíram vencedores do Amazonas Film Festival. A carreira internacional com “El Enemigo” e “When I Get Home” colecionou prêmios em festivais na Europa. Em 2019, também participou do Festival de Berlim com o primeiro longa “La Arrancada”. 

BERNARDO ABINADER

Proveniente do extinto curso de audiovisual da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o Bernardo Abinader alcançou uma das maiores conquistas da história do cinema local com “O Barco e o Rio”, vencendo cinco Kikitos no Festival de Gramado 2020. Antes disso, já tinha feito os bons “Os Monstros” e “A Goteira”. 

RAFAEL RAMOS

Já o Rafael Ramos venceu o prêmio de melhor direção do Amazonas Film Festival logo na primeira ficção, “A Segunda Balada”. Depois, fez “A Menina do Guarda-Chuva“, o polêmico “Aquela Estrada”, que circulou diversos festivais, o documentário “Formas de Voltar Para Casa” e “Manaus Hot City”, curta recentemente adquirido pelo Canal Brasil. 

DIEGO BAUER E LEONARDO MANCINI

Parceiro do Rafael Ramos na produtora Artrupe, o Diego Bauer teve os dois últimos curtas – “Obeso Mórbido” e “Enterrado no Quintal” – selecionados para o Festival de Tiradentes. Em uma linha mais pop ligada ao cinema hollywoodiano, o Leonardo Mancini acumulou prêmios no Amazonas Film Festival com curtas como “A Doce Dama” e “Morto-Vivo”. Em 2016, participou do Anima Mundi, o maior festival de animação da América Latina, com “A Última Balada de El Manchez”. 

CRISTIANE GARCIA E FLÁVIA ABTIBOL

A mulherada também vem mandando super bem no cinema amazonense. Bom exemplo disso é a Cristiane Garcia que realizou “Nas Asas do Condor”, primeiro filme do Amazonas gravado em 35 milímetros em 30 anos. Isso foi lá nos anos 2000. Atualmente, ele finaliza o primeiro longa da carreira, “Enquanto o Céu Não Me Espera”, com o Irandhir Santos no elenco. Tem a Flávia Abtibol que já realizou os ótimos curtas “Strip Solidão”, “Dom Kimura” e “O Céu dos Índios”. 

ELEN LINTH E KEILA SERRUYA

A Elen Linth teve “Sandrine” na Mostra de Tiradentes, mas, foi com “Maria”, talvez, o melhor filme amazonense da década passada, que ela conquistou dezenas de prêmios Brasil afora. Por fim, sempre vale citar a Keila Serruya, uma artista engajada na causa negra, sempre em constante transformação, fundindo diversos tipos de manifestações artísticas. O trabalho de maior destaque dela nos cinemas foi o curta “ASSIM”, selecionado para a Mostra Alma no Olho do Festival de Roterdã 2019. 

https://www.youtube.com/watch?v=XxjxW3_sKjw

 —

Projeto contemplado no Prêmio Feliciano Lana, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa com recursos da Lei Aldir Blanc.

Em Manaus, Cine Set abre inscrições para curso de direção em audiovisual

Os cursos presenciais do Cine Set estão de volta após um longo e tenebroso inverno. O retorno será com a nova edição do Curso de Direção ministrado por Diego Bauer, diretor de curtas-metragens amazonenses premiados como "Obeso Mórbido" e "Terra Nova". As aulas serão...

De Manaus para Curitiba: Cine Set fará a cobertura do Olhar de Cinema 2022

Pela primeira vez, o Cine Set terá um correspondente in loco para a cobertura do Olhar de Cinema que ocorre entre os dias 1 e 9 de junho, em Curitiba. Gabriel Bravo de Lima irá de Manaus para a capital paranaense acompanhar o festival, produzindo críticas dos longas e...

O Fórum Feminino do Audiovisual do Amazonas | Podcast Cine Set #69

Surgido após a ausência de filmes dirigidos por mulheres amazonenses na quarta edição do Festival Olhar do Norte, o Fórum Feminino do Audiovisual do Amazonas chega como um local de fortalecer laços entre as mulheres que trabalham no setor do Estado. A geração de...

Do Acre para a Suécia: ‘Noites Alienígenas’ leva a Gotemburgo dilemas da Amazônia urbana 

Os dilemas de uma cidade no meio da Amazônia no constante choque existencial entre o urbano e a floresta diante da explosão da criminalidade causada pelas facções criminosas. Nesta realidade urgente e mais do que atual se passa “Noites Alienígenas”, longa acreano...

Cinco Breves Notas sobre a saída do Cinemark de Manaus 

1. MILHARES SEM CINEMA PRÓXIMO A ELAS  O fim das oito salas do Cinemark no Studio 5 deixa milhares de pessoas sem um cinema perto delas, cenário diferente do que ocorrera com o fechamento do Playarte do Manauara Shopping, onde outros shoppings – Amazonas, Millenium e...

Studio 5 confirma fechamento das salas do Cinemark em Manaus

Depois de 20 anos em operação, o Cinemark encerrou as atividades em Manaus. Procurado pelo Cine Set, o Studio 5 confirmou a informação. O último dia de operação da rede norte-americana na cidade aconteceu no domingo, dia 30 de janeiro. O Cinemark tinha oito salas na...

10 Filmes do Cinema Amazonense Para Ficar de Olho em 2022

Depois de um grande 2021 com muitos prêmios e presenças em importantes festivais nacionais e internacionais, o cinema amazonense chega para o ano novo com expectativas de manter o momento de alta. Muito disso graças aos lançamentos de projetos financiados com recursos...

Retrospectiva Cine Set – O Melhor e Pior do Cinema Amazonense em 2021

Incontáveis vezes durante 2021 escrevi que, em meio a tantas tragédias e notícias ruins, o cinema era uma das poucas coisas que o amazonense poderia se orgulhar neste ano. Afinal, semana após semana, as produções locais participavam de festivais Brasil e mundo afora,...

Retrospectiva 2021 – O Ano do Cine Set

Perco o número de vezes da quantidade de vezes em que já me perguntei o motivo de seguir fazendo o Cine Set durante estes 7,5 anos de existência do site.  Em janeiro de 2021, entretanto, parei.  Como seguir adiante quando a cidade onde nasci e vivo colapsa?...

Galeria de Fotos – Lançamento do Livro ‘Olhar Feminino: O Norte na Direção’

O Cine Set promoveu o lançamento de "'Olhar Feminino: O Norte na Direção" na noite do último sábado (18) no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, 279, no Centro de Manaus. Pâmela Eurídice, autora do livro, recebeu familiares e amigos para uma sessão de...