Recentemente Eduardo e Flávio Bolsonaro fizeram uma visita a Manaus. Na ocasião, Eduardo, deputado federal, declarou a um portal da cidade que “o Brasil elegeu um Presidente conservador sem ter um grande canal midiático conservador”. Tal afirmação possibilita um diálogo interessante com “Blackout”, ficção científica dirigida por Rossandra Leone.  

Roteirizado pela própria Leone ao lado de Pedro Gomes, o curta mostra um Rio de Janeiro futurista, onde os bailes na favela são carregados de iluminação neon e artistas negros como Linn da Quebrada se tornaram referência para jovens idealistas. Apesar disso, o racismo, machismo e violação de direitos de minorias prossegue, sendo esta  a relação de poder estabelecida entre o poder público e a favela. E é nesse ponto que a fala do deputado federal paulista encaixa-se na produção.

Somos levados a uma sala de interrogatório, onde uma mulher negra é acusada de ter ideias próprias. Leone replica máximas embutidas no discurso conservador como os xingamentos, a falsa visão sobre cotas e privilégios, além do tratamento destinado à mulher negra. Por mais absurdos que muitas dessas falas possam soar, ouvi-las na rua ainda é algo frequente e parece inerente a muitos brasileiros. Curiosamente, a acusação do governo a Luana (Adrielle Vieira) encontra raízes na ideologia e no posicionamento da personagem em defender jovens negros de comunidades.

Vale ressaltar, nesse ínterim, a personificação adotada pelos algozes de Luana, uma espécie de “Matrix”. Enquanto saem às ruas em busca de bloqueadores de memória, uma espécie de aparelho que inibe a lavagem cerebral imposta pelo governo as comunidades, assemelham-se aos agentes da “M.I.B”. No entanto, o tom adotado no interrogatório deveria remeter ao Agente Smith, mas a interpretação de  Marcéu Pierrotti deixa a desejar.

Quem também não consegue encontrar um tom mordaz é Vieira que varia entre falas arrastadas e o exagero. Apesar disso, ela se sobressai quando não necessita de diálogos, prova disso são suas cenas iniciais como hacker e o momento mais angustiante do filme quando cortam suas tranças e a colocam dentro de um figurino que remete bastante as roupas usadas pelas martas e aias de “The Handmaid´s Tale”. A cena consegue transmitir a violência e o estigma destinados ao negro e a mulher, cada vez mais frequentes em 2020.

O mais interessante em “Blackout”, contudo, é perceber como a ficção científica tem encontrado abrigo entre as produções brasileiras e sendo utilizada de forma criativa, fugindo dos velhos estereótipos do gênero e apresentando, realmente, características nacionais. Embora os diálogos e as atuações não consigam ampliar a discussão em torno de política e preconceito, é satisfatório poder ver uma mulher negra lutando pelos direitos das comunidades.

‘Dog – A Aventura de uma Vida’: agradável road movie para fazer chorar

Filmes de cachorro costumam trazer consigo a promessa de choradeira e com “Dog – A Aventura de uma Vida” não foi diferente. Ao final da sessão, os críticos na cabine de imprensa em que eu estava permaneceram todos em silêncio; enquanto os créditos subiam e as luzes da...

‘Red Rocket’: a miséria humana dentro do falso american dream

Recomeçar. Um reinício, uma nova oportunidade, uma nova perspectiva, um recomeço. Estamos sempre nesse ciclo vicioso de dar um novo pontapé inicial. Todavia, há um certo cansaço nesta maratona de reiniciar a vida quando (nunca) ocorre de uma maneira planejada e o...

‘Top Gun: Maverick’: o maior espetáculo cinematográfico em um bom tempo

Precisamos de poucos segundos para constatar: a aura dourada de San Diego, banhada por um perpétuo poente, está de volta. “Top Gun: Maverick” se esforça para manter a mesma identidade estabelecida por Tony Scott no original de 1986 – tanto que a sequência de créditos...

‘Tantas Almas’: olhar sensível sobre questões amazônicas

Captar as sensibilidades que rondam a Amazônia e a vivência de seus moradores é um desafio que nem todos os cineastas estão dispostos a experimentar. A região, nesse sentido todo território sul-americano recoberto pelas suas florestas e rios, desperta curiosidade e o...

‘O Homem do Norte’: Eggers investe na ação aliada aos maneirismos

Considerando o que tem em comum entre os planos definidores de suas obras, podemos encontrar a frontalidade como um dos artifícios principais que Robert Eggers usa para extrair a performance de seus atores com êxito.  Ao mesmo passo que esses momentos tornam-se frames...

‘O Peso do Talento’: comédia não faz jus ao talento de Nicolas Cage

Escute esta premissa: Nicolas Cage, ator atribulado de meia-idade, teme que sua estrela esteja se apagando; o telefone já não toca mais, as propostas se tornaram escassas e o outrora astro procura uma última chance de voltar aos holofotes com tudo. Vida real, você...

‘O Soldado que não Existiu’: fake news para vencer a guerra

Em 1995, Colin Firth interpretou o senhor Darcy na série da BBC que adaptou “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen. Dez anos depois, Matthew Macfadyen eternizou o personagem no filme de Joe Wright, tornando-se o crush de muitas jovens e adolescentes. John Madden...

‘@ArthurRambo: Ódio nas Redes’: drama sintetiza a cultura do cancelamento

A cultura do cancelamento permeia a internet às claras. Para o público com acesso  frequente, é impossível nunca ter ouvido falar sobre o termo. Vivemos o auge da exposição virtual e como opera a massificação para que os tais alvos percam - merecidamente - ou não -...

‘Águas Selvagens’: suspense sofrível em quase todos aspectos

Certos filmes envolvem o espectador com tramas bem desenvolvidas, deixando-nos mais e mais ansiosos a cada virada da história; outros, apresentam personagens tão cativantes e genuínos que é impossível que não nos afeiçoemos por eles. Mas existe também uma categoria...

‘Ambulância – Um Dia de Crime’: suco do cinema de ação dos anos 2000

Vou começar com uma analogia, se me permitem. Hoje em dia, o ritmo e consumo de coisas estão rápidas e frenéticas. Com o Tik Tok e plataformas similares, esse consumo está ainda mais dinâmico (e isso não é um elogio) e a demanda atende às exigências do mercado. A...