De “Matrix” a “Procurando Nemo”, Caio Pimenta apresenta quais produções teriam sido indicados ao Oscar entre 2000 a 2004 se fossem 10 nomeados em em Melhor Filme.

OSCAR 2000 

Em 2000, o Oscar consagrou “Beleza Americana” com prêmios nas categorias principais, incluindo, Filme, Direção, Ator e Roteiro Original. A seleção também era muito boa com “O Sexto Sentido” e “O Informante” seguidos pelo ótimo “À Espera de um Milagre” e o razoável “Regras da Vida”. 

Porém, a lista podia ter sido mil vezes melhor. 

Afinal de contas, se fossem 10 indicados, “Quero ser John Malkovich”, nomeado em Melhor Direção e Roteiro Original, estaria na disputa. O mesmo dá para falar “Matrix”, ficção científica que revolucionou o gênero e venceu quatro estatuetas, entre elas, Montagem e, claro, Efeitos Visuais. “Magnólia”, do Paul Thomas Anderson, também faria bonito em Melhor Filme. Baixando um pouquinho o nível, mas, ainda bom, teríamos “O Talentoso Ripley”, produção que teve cinco indicações, e para preencher a cota britânica, “Topsy Turvy” completaria a lista após ter sido lembrado em Roteiro Original. 

O azarão poderia ser “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça” – a aventura conseguiu três indicações, tendo vencido em Direção de Arte. Já quem eu gostaria de ver na lista seria “Clube da Luta”. O filme do David Fincher só foi indicado em Efeitos Sonoros”. Porém, a Academia ainda não estava e continua não estando preparada para o filme. 

OSCAR 2001 

Gladiador” trouxe os épicos de volta ao Oscar e venceu a cerimônia de 2001. A lista tinha outros três filmes muito bons – “Traffic”, “Erin Brockvich” e “O Tigre e o Dragão”. Já “Chocolate” era aquele intruso que ninguém sabe o motivo de ter sido indicado. Se fossem 10 nomeados, o nível também ia ficar bem bom. 

Com indicações em Melhor Direção e Roteiro Original, o “Billy Elliot” não teria sido esnobado. O mesmo dá para falar do excelente “Quase Famosos”, que rendeu ao Cameron Crowe o Oscar de Melhor Roteiro Original. “Náufrago” faria parte dos finalistas assim como “Garotos Incríveis”, indicado a Melhor Roteiro Adaptado e vencedor da sempre relevante categoria de Montagem. Por fim, os irmãos Coen teria uma vaga com “E Aí Meu Irmão, Cadê Meu Você?”. 

O excelente “Contos Proibidos do Marquês de Sade” poderia ser o azarão caso a Academia estivesse um pouco mais atrevida. Já o meu favorito seria “Réquiem Para um Sonho”, porém, o estilo pesadão do Aronofsky passou longe de cair no gosto do Oscar: só foi lembrado pela Ellen Burstyn em Melhor Atriz. 

OSCAR 2002 

cidade dos sonhos david lynch

2002 teve uma seleção bem legal começando com os maravilhosos “O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel” e “Moulin Rouge”. Ainda tinha o excelente “Gosford Park”, o bonzinho “Uma Mente Brilhante” e o esquecível “Entre Quatro Paredes”. 

Se fossem 10 indicados, a lista de Melhor Filme do Oscar teria alguns clássicos. 

O primeiro deles seria “Cidade dos Sonhos” – o filme, aliás, só teve uma indicação, mas, apenas em Melhor Direção para o David Lynch. Outro veterano de Hollywood na disputa seria o Ridley Scott com o polêmico “Falcão Negro em Perigo”, premiado em Melhor Som e Montagem. Responsável por render o único Oscar da carreira do Jim Broadbent, “Iris” seria lembrado. O candidato internacional ficaria com o francês “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, enquanto “Shrek”, vencedor do primeiro Oscar de Melhor Animação e indicado a Roteiro Original, fecharia a lista. 

O policial “Dia de Treinamento” podia acabar roubando a vaga do nosso querido ogro. Já quem gostaria de ver nesse Oscar era o “Amnésia”: o filme do Nolan em categorias importantes – Montagem e Roteiro Original. 

 OSCAR 2003 

fale com ela pedro almodovar

O musical terminou o jejum no Oscar de 34 anos sem vencer com “Chicago” em 2003. A lista ainda tinha a obra-prima do Roman Polanski, “O Pianista”, o excelente “O Senhor dos Anéis – As Duas Torres” e os ótimos “As Horas” e “Gangues de Nova York”. 

Se fossem 10 indicados, a lista ainda estar em um nível muito bom. 

Fale com Ela” seria a primeira produção espanhola a disputar Melhor Filme. Vale lembrar que naquele ano o Almodóvar foi nomeado em Direção e venceu Roteiro Original. O Sam Mendes voltaria ao Oscar com “Estrada Para Perdição”, filme que obteve seis indicações, mas, só venceu em Fotografia. O criativo “Adaptação” seria lembrado igual o delicado “Longe do Paraíso”. Por fim, “Frida”, que também teve seis indicações com duas vitórias – Melhor Maquiagem e Trilha Sonora – completaria os 10 finalistas. 

Por ser extremamente querido em Hollywood e acompanhado de Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, o Steven Spielberg poderia aparecer de última hora com “Prenda-me Se For Capaz”. Já quem eu gostaria demais de ver seria “A Viagem de Chihiro”, clássico da animação japonesa e seria uma homenagem e tanta para o mestre Hayao Miyazaki. 

OSCAR 2004 

“O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei” fez o rappa no Oscar 2004 ao levar 11 prêmios e se igualar aos recordistas “Titanic” e “Ben-Hur” como os grandes vencedores da história do prêmio. A lista ficava completa com os excelentes “Sobre Meninos e Lobos” e “Encontros e Desencontros”, o bom “Mestre dos Mares” e o dispensável “Seabiscuit”. 

Mas, de todos os anos da história do Oscar, esse era o que precisava ter 10 indicados. 

Não, eu não  isso por conta de “Cold Mountain”, nomeado em sete categorias e vencedor de Atriz Coadjuvante com a Renée Zellwegger. Muito menos pelo excelente “As Invasões Bárbaras”, ganhador de Melhor Filme em Língua Não-Inglesa e indicado a Roteiro Adaptado. Podia até ser um pouquinho por “Procurando Nemo”, premiado em Melhor Animação, ou pelo primeiro “Piratas do Caribe” com nomeações em 5 categorias, incluindo Ator para o Johnny Depp. Acima de tudo, o Oscar 2004 precisava ter 10 indicados porque, sem dúvida nenhuma, “Cidade de Deus” estaria na lista do prêmio máximo. Esse clássico do cinema brasileiro foi indicado em categorias-chaves como Melhor Direção, Fotografia, Montagem e Roteiro Adaptado. 

A bem da verdade, eu comecei essas listas porque eu sempre quis dizer isso publicamente: se fossem 10 filmes indicados, “Cidade de Deus” estaria lá. E acho até que o filme ficou em sexto lugar por uma margem muito pequena em relação ao “Seabiscuit”. 

Se tivesse azarão, acredito que seria “O Último Samurai”. E quem gostaria de ver, além do “Cidade de Deus”, é claro, seria “Casa de Areia e Névoa” ou “21 Gramas”. Dois filmes de desgraceira total, mas, excelentes.  

Oscar 2021: Quais Deveriam ser os Ganhadores? – Parte 2

Caio Pimenta segue analisando quais deveriam ser os ganhadores do Oscar em nove categorias, incluindo Melhor Filme e atuações. https://www.youtube.com/watch?v=hL7kLULHAd8 DOCUMENTÁRIO E ANIMAÇÕES Entre os documentários em longas-metragens, meu favorito é o chileno “O...

Oscar 2021: Quais Deveriam ser os Ganhadores? – Parte 1

Caio Pimenta analisa quais deveriam ser os ganhadores do Oscar em nove categorias, incluindo Melhor Direção e roteiros. https://www.youtube.com/watch?v=HhiLEu6vciY CURTA E SOM Vamos começar com os curtas de ficção.    O meu favorito é o israelense “White Eye” seguido...

Oscar: TOP 10 Maiores Momentos da Década 2010

De Leonardo DiCaprio a Lady Gaga, Caio Pimenta apresenta uma lista com os 10 momentos mais marcantes do Oscar na década de 2010.  https://www.youtube.com/watch?v=HZm_rdBu7d8 10. RUTH E. CARTER E HANNAH BEACHLER  https://www.youtube.com/watch?v=bw_n6O0d46k...

Oscar 2021: Qual filme tem mais chance de surpreender “Nomadland”?

Grandes rivalidades marcaram muitos anos do Oscar.  Quem não lembra dos duelos de “E o Vento Levou” e “O Mágico de Oz” ou “A Malvada” versus “Crepúsculo dos Deuses”, “A Noviça Rebelde” contra “Doutor Jivago”, “O Poderoso Chefão” versus “Cabaret”, “Kramer Vs Kramer”...

SAG 2021: ‘Os Sete de Chicago’ vence Melhor Elenco e ganha força para o Oscar

Apesar de uma lista repleta de diversidades, o SAG 2021 de Melhor Elenco foi para uma produção de maioria branca com “Os Sete de Chicago”. https://www.youtube.com/watch?v=dh-sPpPXQ0E O filme traz gigantes como Michael Keaton, Eddie Redmayne, Sacha Baron Cohen,...

SAG 2021: Viola Davis mostra força e vence em Melhor Atriz

Até tentaram tirar o protagonismo do filme dela, mas, Viola Davis é tão forte que cá está conquistando o prêmio de Melhor Atriz do SAG 2021 por "A Voz Suprema do Blues". Este é o segundo prêmio da estrela no evento: a primeira aconteceu em 2012 com “Histórias...

SAG 2021: Chadwick Boseman segue imbatível e vence Melhor Ator

A maior barbada do SAG 2021 se confirmou: Chadwick Boseman leva o prêmio de Melhor Ator por “A Voz Suprema do Blues”. Este é o primeiro troféu póstumo da categoria. https://www.youtube.com/watch?v=lyWyv6fYmQ8 Vale lembrar que o Chadwick já venceu o Globo de Ouro e o...

SAG 2021: destaque de ‘Minari’, Yun-Jung Youn vence Melhor Atriz Coadjuvante

Yun-Jung Youn. Vencedora de Melhor Atriz Coadjuvante por “Minari”, ela é a primeira mulher vencedora de um SAG no cinema por um filme não falado em inglês. Entre os homens, o feito ficou por conta do Roberto Benigni, em 1999, por “A Vida é Bela”. ...

SAG 2021: Daniel Kaluuya mantém domínio e vence Melhor Ator Coadjuvante

Depois de levar o Globo de Ouro e o Critics Choice Awards, chegou a hora de Daniel Kaluuya conquistar o SAG 2021. Ele venceu Melhor Ator Coadjuvante por “Judas e o Messias Negro”.  https://www.youtube.com/watch?v=zgKyo_vtBWw Dividindo o protagonismo com...

Oscar 2021: As Cinco Categorias Mais Disputadas da Temporada

Caio Pimenta analisa quais são as cinco categorias mais indefinidas da disputa pelo Oscar 2021 e as possibilidades dos indicados.  https://www.youtube.com/watch?v=moG6OZ3IQ4Q CANÇÃO ORIGINAL  A categoria traz “Speak Now”, de “Uma Noite em Miami”, “Fight for You”, de...