“Wasp Network” não é o inferno, mas está cheio de boas intenções. A trama real dos Cinco Cubanos, que espionaram em prol da terra natal em pleno solo americano, rende um thriller implacável. Infelizmente, ele continua na promessa. O novo longa de Olivier Assayas, baseado na história, é um irregular amálgama de fatos e exposições que falha em transmitir a dimensão emocional das decisões do grupo.  

O filme, que estreou em Veneza e teve passagens sem muito alarde em Toronto e Nova York, foi exibido no Festival de Londres. Wasp Network” abre com o piloto René (Edgar Ramírez) fugindo de Cuba e deixando a esposa Olga (Penélope Cruz) e a filha para trás. Ao chegar nos Estados Unidos, ele não tarda a ser chamado por José (Leonardo Sbaraglia) para fazer parte de uma organização aérea anticastrista que se dedica a resgatar cubanos perdidos em alto-mar. 
 
O único problema é que, no fundo, René não é contra o regime de Fidel. Sua lealdade à pátria acaba levando-o a ser recrutado para a “Rede Vespa”, um braço da inteligência cubana encarregado de desmantelar ações terroristas organizadas por agentes estrangeiros, e sua vida muda para sempre. 

SOBRA VAZIO ENTRE DRAMA PESSOAL E HISTÓRICO 

Escrito por Assayas, o roteiro da co-produção França-Brasil-Espanha-Bélgica usa o livro “Os Últimos Soldados da Guerra Fria”, do brasileiro Fernando Morais, como ponto de partida para uma história cujo tom segue incerto do início ao fim. Ao claramente escolher o personagem de Ramírez como protagonista, o filme pesa a mão ao dramatizar o conflito interno de René como agente duplo em detrimento a contar a história do grupo como um todo. 
 
A carga emocional desse conflito, no entanto, é diluída pelas incessantes inserções de fatos históricos, como se o cineasta se lembrasse de coisas importantes do nada e as colocasse em cena. Um exemplo gritante disso é Gerardo (Gael García Bernal), um agente importantíssimo para o desenvolvimento da Rede Vespa que é apresentado quase na metade do filme para a surpresa da plateia. 
 
Nesse ínterim, aspectos menores da vida de personagens se apresentam como ótimos assuntos para serem abordados no longa, mas nunca parecem devidamente explorados. Um deles é a diferença de crenças dentro do grupo. O contraste entre a convicção ideológica de René e o oportunismo do piloto Juan Pablo (Wagner Moura), que colabora até com o FBI quando lhe convém, daria sozinho um filme. A forma como, na clandestinidade, os atos de salvar refugiados, fazer terrorismo e traficar drogas se misturam, daria outro. 
 
Em última instância, por mais bem-feito que seja, a impressão que fica é a de que a complexidade dos fatos caberia melhor numa série. Em sua atual forma, “Wasp Network” voa a mesmo ao redor do seu alvo mas não o atinge, como uma oportunidade perdida. 

‘Earwig’: fábula dark de incapaz de envolver o público

A vida de uma menina peculiar, um homem atormentado e uma garçonete em apuros se entrelaçam em "Earwig", novo filme da francesa Lucile Hadžihalilović (“Inocência”, “Évolution”). O longa, que teve estreia em Toronto e premiada passagem em San Sebastián, foi exibido no...

‘Um Herói’: o melhor filme de Asghar Farhadi desde ‘O Passado’

Um conto-da-carochinha com desdobramentos épicos é a força-motriz de "Um Herói", novo drama de Asghar Farhadi. O longa foi exibido no Festival de Londres deste ano após estreia em Cannes, onde levou o Grand Prix - o segundo prêmio mais prestigiado do evento. Escolhido...

‘Benedetta’: Verhoeven leva sexo a convento em sátira religiosa

Paul Verhoeven (“Elle”, “Tropas Estelares”), está de volta - e continua em excelente forma. Seu mais novo filme, Benedetta, exibido no Festival de Londres deste ano após sua estreia em Cannes, vê o diretor holandês empregando sua verve cáustica à serviço de uma...

‘The Tragedy of Macbeth’: ambiciosa adaptação que nada inova

Longe de pela primeira vez e certamente não pela última, o cinema recebe mais uma adaptação de "Macbeth"- agora concebida por Joel Coen, metade da oscarizada dupla de irmãos cineastas. O lançamento largamente digital do longa exibido no Festival de Londres deste ano -...

‘Sundown’: apatia generalizada em filme monótono

“Sundown”, novo filme do mexicano Michel Franco (“Depois de Lúcia”), tenta responder a velha pergunta: como seria começar de novo? A produção com Tim Roth (“Luce”) e Charlotte Gainsbourg (“Ninfomaníaca”), que teve estreia em Veneza e foi exibida no Festival de Londres...

‘A Crônica Francesa’: Wes Anderson joga para torcida ao celebrar o jornalismo

Descrito como uma "carta de amor aos jornalistas", "A Crônica Francesa" é uma divertida homenagem do diretor Wes Anderson à mídia impressa e aos articulistas que o inspiraram. O projeto, que estreou em Cannes e foi exibido no Festival de Londres deste ano, é o filme...

‘Great Freedom’: a luta para ser quem se é independente das consequências

Amor, tesão e tragédia dão a tônica de "Great Freedom", o belo e potente novo filme de Sebastian Meise. A co-produção Áustria-Alemanha, que estreou (e foi premiada) na seção Um Certo Olhar no Festival de Cannes, foi exibida no Festival de Londres deste ano. O drama de...

‘The Souvenir Parte II’: Joanna Hogg muda tom e cria sequência metalinguística

A diretora Joanna Hogg continua seu exercício em autoficção em "The Souvenir Parte II", sequência do premiado sucesso de 2019. O filme, que estreou em Cannes e foi exibido no Festival de Londres deste ano, começa exatamente no mesmo ponto em que seu predecessor...

‘Titane’: Julia Ducournau arrisca tudo com horror no limite

Dependendo da forma como você o vê, "Titane" é um horror porrada no estômago, uma hilária comédia de humor negro ou um drama sobre pessoas muito, mas muito quebradas. O filme ganhador da cobiçada Palma de Ouro - prêmio máximo do Festival de Cannes - deste ano e...

‘Spencer’: Kristen Stewart luta em vão contra filme maçante

Em "Spencer", Kristen Stewart se junta ao clube de atrizes - que inclui Naomi Watts (“Diana”) e Emma Corrin (“The Crown”) - que se lançaram ao desafio de retratar a Princesa Diana. A atriz traz uma energia caótica à personagem e a coloca no caminho de uma quase certa...