Caio Pimenta analisa como “Nomadland” chega à temporada de premiações como o grande favorito ao Oscar 2021.

SUCESSO EM FESTIVAIS 

Nenhum outro filme foi tão premiado do segundo semestre de 2020 para cá do que “Nomadland”. 

A consagração começou em Veneza, local onde os oscarizados “A Forma da Água”, “Roma” e “Coringa, também levaram o Leão de Ouro.

Depois, veio o prêmio do público em Toronto. A honraria também foi recebida pelos vencedores de Melhor FilmeGreen Book”, “12 Anos de Escravidão”, “O Discurso do Reie “Quem Quer Ser um Milionário”.

Por fim, no dia 11 de janeiro, o longa estrelado pela Frances McDormand não deu chances aos concorrentes e faturou Melhor Filme e Direção para Chloe Zhao no Gotham Awards. 

Moonlight”, “Spotlight”, “Birdmane “Guerra ao Terror” também foram premiados no Gotham. 

ACLAMAÇÃO DA CRÍTICA 

Como eu cheguei a dizer aqui em vídeo anterior, “Nomadland” se saiu muitíssimo bem no circuito de críticos dos EUA. 

No ano passado, o filme já tinha acumulado vitórias junto aos críticos de Indiana, Boston e Chicago. Já em 2021, “Nomadland” levou o National Society of Film Critics e Alliance of Women Film Journalists, além de ser finalista nos prêmios da crítica de Houston, Saint Louis, San Diego e Dakota do Norte. 

Aí, você deve estar se perguntando: ‘e Nova York?’. Ficou em segundo lugar mesma posição alcançada em Los Angeles. Ou seja, os EUA inteiro estão com o longa. 

NARRATIVAS FAVORÁVEIS 

Ganhar o Oscar vai muito além apenas da qualidade do filme ou de um trabalho. Na premiação, também conta a narrativa construída em torno do vencedor.  

A vitória de “Parasita”, por exemplo, surgiu de uma construção histórica, impulsionada pela chegada de novos membros vindos do mundo inteiro e, consequentemente, de uma abertura maior da Academia para produções não faladas em inglês. 

“Nomadland” tem a seu favor a narrativa feminista dentro de Hollywood, principalmente, em Direção. Apenas Kathryn Bigelow, em 2010, por “Guerra ao Terror”, venceu o prêmio. Chloé Zhao é ampla favorita para ser a segunda conquistar a categoria e também se tornar a segunda mulher a comandar uma produção vencedora de Melhor Filme. A categoria ainda pode ter a primeira mulher negra nomeada com Regina King, de “Uma Noite em Miami”.  

O filme ainda busca capturar um olhar sobre os EUA mais profundo e das suas raízes, longe das grandes cidades e dos personagens glamurosos. Essa tentativa de recomeço, de uma nova chance para todos caí bem nesta pós era Trump. 

RIVAIS ENFRAQUECIDOS 

O domínio de “Nomadland” nos festivais e na crítica chegou a tal ponto que eclipsou boa parte dos seus principais concorrentes. Alguns decepcionaram, enquanto outros se mostram mais fortes categorias paralelas. 

Da turma da decepção,Mank”, o grande candidato da Netflix, sucumbiu. Longe de ser um filme focado exclusivamente nos bastidores de “Cidadão Kane”, a produção ampliou o escopo ao falar de política em aliança com a mídia. Acabou sendo subestimado mais pela expectativa criada do que necessariamente por não ser bom. Para o Oscar, porém, deve ficar longe de qualquer chance de vitória em Melhor Filme.

A Voz do Suprema do Bluessurge com mais possibilidades de premiar a Viola Davis e o Chadwick Boseman assim comoDestacamento Bloodpara Delroy Lindo” e “The Father” com Anthony Hopkins”. Ainda que possa crescer, “One Night in Miami” não parece ter forças suficientes para alcançar “Nomadland”, enquantoFirst Cow” e “Nunca Raramente às Vezes Sempre, no máximo, lutam por indicações.  

Os Sete de Chicago” é quem parece um pouco mais forte até por conta dos protestos que vimos no Capitólio nos EUA. Dentro da imprensa americana, há quem diga que o episódio fortaleceu a produção do Aaron Sorkin por ser um contraponto entre os dois movimentos. Por fim, vale uma atenção para “Malcolm & Marie”, da Netflix, e “Judas e o Messias Negro”, da Warner, que vão chegar nas próximas semanas e podem mudar a configuração da disputa. 

Oscar 2023 – Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 6

Do novo "Avatar", de James Cameron, a "The Killer",de David Fincher, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. "ASTEROID CITY" Após “A Crônica Francesa” decepcionar, o Wes Anderson busca o retorno ao Oscar com “Asteroid City”, uma história de amor na...

Oscar: TOP 10 Resultados Injustos dos Anos 1950

De Bette Davis a "Assim Caminha a Humanidade", Caio Pimenta traz os 10 resultados mais injustos do Oscar nos anos 1950. https://www.youtube.com/watch?v=Ql_0XmMPw2U 10. GEORGE STEVENS EM MELHOR DIREÇÃO...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 5

De Carey Mulligan à nova parceria Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, chegou a hora da quinta parte de candidatos rumo ao Oscar 2023. https://www.youtube.com/watch?v=DmzN-jKKGUo 13 VIDAS  O Ron Howard quebrou a cara em 2021 ao apostar em “Era uma vez um Sonho”. Para...

Oscar: TOP 10 Ganhadores de Melhor Atriz na Década de 1950 

De Olivia de Havilland a Susan Hayward, Caio Pimenta apresenta o TOP 10 dos vencedores do Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950.  10. JUDY HOLLIDAY, por "NASCIDA ONTEM" A interpretação mais fraca a vencer o Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950 vem da cerimônia de 1951. ...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 4

De Jordan Peele a David O. Russell, chegou a hora da terceira parte de candidatos rumo ao Oscar 2023.  https://www.youtube.com/watch?v=B-w9rivGhKI DOCUMENTÁRIO SIDNEY POITIER  Ganhadora do Oscar deste ano com “Coda”, a Apple já mira sim a edição do ano que vem, pelo...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Sean Penn

De "Os Últimos Passos de um Homem" a "Milk", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Sean Penn. https://www.youtube.com/watch?v=ZmYMmJ_F3Vs 5. UMA LIÇÃO DE AMOR  Em 2002, Sean Penn surgiu na lista pelo trabalho em “Uma Lição de Amor”.  Ainda que...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 3

De "Elvis", de Baz Luhrmann, a “Don´t Worry Darling", com Harry Styles, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. CRIMES OF THE FUTURE  https://www.youtube.com/watch?v=DV0saNig-v4 Voltando aos cinemas oito anos após “Mapas para as Estrelas”, o David...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Jack Nicholson

De "Easy Rider" a "As Confissões de Schmidt", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Jack Nicholson. https://youtu.be/GKDEjmzt8O8

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 2

De "Babylon", de Damien Chazelle, a "Blonde", com Ana de Armas, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. https://youtu.be/xp-KLwOvWPo NEXT GOAL WINS  “Next Goal Wins” está namorando o Oscar há dois anos. Havia a expectativa que ele ficasse pronto em 2021,...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 1

Por que não começar a falar do Oscar 2023? Sim, falta muito tempo e longe de mim querer apontar possíveis favoritos ou vencedores, mas, dá para projetar candidatos que poderão aparecer na festa.   A partir de agora, todo sábado, você confere uma lista com 10...