Caio Pimenta analisa quais filmes e atores que devem ser indicados ao Globo de Ouro 2021. Nomeações acontecem no dia 3 de fevereiro. 

MELHOR ANIMAÇÃO 

Os cinco indicados em Melhor Animação devem ser os seguintes: 

Da Pixar/Disney, teremosSoul” e “Dois Irmãos”. Já a Apple aparece com “Wolfwalkers”, enquanto a Netflix chega com “A Caminho da Lua”. O candidato internacional será o japonês “Earwig and the Witches”. 

Favoritismo, claro, é de “Soul”.

O azarão da lista pode ser “Trolls 2”, o que mostra como o ano não generoso para a animação. 

MELHOR ROTEIRO 

No Globo de Ouro, melhor roteiro é tudo junto, ou seja, não tem divisão entre adaptados e originais. Com isso, essa será a disputa mais pesada só perdendo para Melhor Filme de Drama. 

Os indicados serãoUma Noite em Miami”, do Kemp Powers,Mank”, do Jack Fincher,A Voz Suprema do Blues”, do Ruben-Santiago Hudson,Os Sete de Chicago”, do Aaron Sorkin, eNomadland”, da Chloe Zhao. 

Apesar de “Nomadland” ser o grande favorito para os prêmios principais do Globo de Ouro, aqui, em Melhor Roteiro, acho que o duelo está mais para “Uma Noite em Miami” e “Os Sete de Chicago”. Minha aposta para vencer, neste momento, fica com o filme da Amazon. O azarão pode ser “Bela Vingança” que, aliás, na minha opinião, é o melhor de todos. 

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

 

Diferente do Oscar, no Globo de Ouro, um país pode ter diversos candidatos a Melhor Filme em Língua Estrangeira. O Brasil, por exemplo, tentará disputar comPacarrete, “Valentina” eWasp Network”. Diante disso, fica uma corrida ainda mais imprevisível. Mesmo assim, três filmes são nomes certos. 

São os casos do dinamarquês “Another Round”, o italianoRosa e Momo” e o americano “Minari”. Sobram duas vagas que devem ficar com o guatemalteco “La Llorona” e o mexicano “I Carry You With Me”. 

O russo “Dear Camaredes” e o taiwanês “A Sun” correm por fora. O favorito? “Minari”. 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE 

A Amanda Seyfried, por “Mank”, Olivia Colman, de “Meu Pai”, Yun-jung Youn, de “Minari” e Ellen Burstyn, porPieces of a Womansão nomes certos. 

Vale lembrar que a Maria Bakalova foi deslocada para Melhor Atriz Comédia/Musical, por isso, não aparece. A favorita para vitória é a Yun-Jung Youn. A última vaga está muito disputada. 

Tem a Saoirse Ronan, deAmmonite”, a Helena Zengel, de “Relatos do Mundo”, Jodie Foster, por “The Mauritanian”, Nicole Kidman, por “A Festa de Formatura”, e até a Glenn Close, por “Era uma vez um Sonho”. 

A favorita aqui é a Helena Zengel, mas, como o Globo de Ouro gosta de bajular estrelas de Hollywood, não duvido que a Nicole Kidman possa surpreender. 

MELHOR ATOR COADJUVANTE 

Ator coadjuvante tem uma disputa em que os cinco nomes parecem certos, mas, tem gente boa correndo por fora. 

Serão indicados o Paul Raci, porO Som do Silêncio”, Daniel Kaluuya, de “Judas e o Messias Negro”, o Sacha Baron Cohen, por “Os Sete de Chicago”, e a dupla de “Uma Noite em Miami”, o Leslie Odom Jr e Kingsley Ben-Adir. 

Importante dizer que, no Globo de Ouro, os elencos todos de “Os Sete de Chicago” e “Uma Noite em Miami” estão em coadjuvantes. Por isso, eu aponto o Kingsley indicado aqui. 

Podem surpreender o Glynn Turman, por “A Voz Suprema do Blues”, o Chadwick Boseman, de “Destacamento Blood” e Bill Murray, porOn the Rocks”. 

Não me surpreenderia o Chadwick Boseman indicado, afinal, o Globo de Ouro, biscoteiro que só ele, pode ver uma oportunidade homenagear o ator em dose dupla. 

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA 

Maria Bakalova, deBorat 2”, Michelle Pfeiffer, por “French Exit”, de Meryl Streep, por “A Festa de Formatura”, Rashida Jones, por “On the Rocks”, e a Anya Taylor-Joy, por “Emma”, devem ser as indicadas. 

Aqui, favoritismo absoluto é da Maria Bakalova que sobra na disputa.

Acredito que dois nomes podem surpreender: a Cristin Milioti, porPalm Springs”, e a Jo Ellen Perlman, de “A Festa de Formatura”. Se acontecer, correm risco a Rashida Jones e a Anya Taylor-Joy. 

MELHOR ATOR EM COMÉDIA 

Pense em uma categoria bem aberta: essa é a disputa de Melhor Ator em Comédia/Musical. 

Os indicados devem ser o Sacha Baron Cohen, por “Borat 2”, Dev Patel, deA Vida Extraordinária de David Copperfield”, o Andy Samberg, por “Palm Springs”, Mads Mikkelsen, e “Another Round”, e o Leslie Odon Jr, por “Hamilton”. 

Aqui, pode ser que haja resistência ao nome do Leslie Odom Jr por ele vir de uma peça transportada para os cinemas; Se isso já gera polêmicas aqui nos comentários do canal, imagina para os votantes do Globo de Ouro. Caso ele seja barrado, o Will Ferrell, de “Eurovision”, pode ficar com a vaga. 

O Sacha Baron Cohen e o Mads Mikkelsen devem brigar pelo prêmio. Minha aposta vai para o dinamarquês. 

MELHOR ATRIZ EM DRAMA 

Chegamos ao drama na categoria de Melhor Atriz. 

Carey Mulligan, por “Bela Vingança”, Viola Davis, por “A Voz Suprema do Blues”, Frances McDormand, de “Nomadland”, Vanessa Kirby, por “Pieces of a Woman”, e a Zendaya, por “Malcolm & Marie” serão indicadas. 

Sophia Loren tem chances aqui, mas, precisa roubar a vaga da Zendaya, o que achou mais fácil de acontecer no Oscar do que no Globo de Ouro. A ligeira favorita é a Viola Davis, mas, Carey Mulligan e a Frances McDormand estão logo ali. 

MELHOR ATOR EM DRAMA 

Chadwick Boseman, por “A Voz Suprema do Blues”, Riz Ahmed, de “O Som do Silêncio”, Anthony Hopkins, por “Meu Pai”, Delroy Lindo, por “Destacamento Blood”, e o Steven Yeun, por “Minari” serão os indicados.  

A única chance de dar algo diferente deste cenário é se o Steven Yeun sair para entrar ou o John David Washington, por “Malcolm & Marie” ou o Gary Oldman, de “Mank”. Ainda assim parece improvável. 

O favorito para vencer é o Chadwick Boseman que será homenageado pelo Globo de Ouro. 

MELHOR DIREÇÃO

 

Em Melhor Direção, deveremos ver história acontecer com duas mulheres indicadas. 

O privilégio será da favorita Chloe Zhao, por “Nomadland”, e da Regina King, de “Uma Noite em Miami”. Completam a lista o Aaron Sorkin, de “Os Sete de Chicago”, o David Fincher, por “Mank”, e o Spike Lee, por “Destacamento Blood”. 

Eu coloco o Spike Lee aqui sem muita convicção: essa vaga ainda está aberta podendo ser possível ver o Paul Greengrass, de “Relatos do Mundo”, o Lee Isaac Chung, por “Minari”, e também o Florian Zeller, de “Meu Pai”, e Emerald Fennell, por “Bela Vingança”. 

MELHOR FILME COMÉDIA/MUSICAL 

A lista de Melhor Filme Comédia/Musical mostra que a temporada de premiações não será das mais generosas para o gênero como foi em 2020. 

Os indicados serão “Borat 2”, “A Festa de Formatura”, “Hamilton”, “Palm Springs” e “On the Rocks”.  

Entre os azarões vejo com maior potencial “Emma” e “David Copperfield”. Já “French Exit” e “Eurovision” seriam forçadas de barra do Globo de Ouro – não que o prêmio se acanhe com esse tipo de coisa. 

O negócio está tão pouco empolgante que “Borat 2” sai como favorito, mas, talvez “On the Rocks” possa surpreender. Uma saída que poderia deixar muita gente feliz e outros nem tão seria consagrar “Hamilton”, mas, não sei se a Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood é tão moderninha assim para premiar o filme.  

MELHOR FILME EM DRAMA 

E, finalmente, chegamos à categoria mais disputada do Globo de Ouro 2020. É peso-pesado a cada metro quadrado. 

A Netflix emplaca, pelo menos, dois filmes: “Os Sete de Chicago” e “A Voz Suprema do Blues”. Também do streaming, a Amazon estará com “Uma Noite em Miami”. O favorito “Nomadland”, da Searchlight Pictures, estará, sem dúvida, entre os finalistas. 

Daí, fica o mistério: quem pega essa última vaga? “Mank” seria o nome óbvio, mas, será que o Globo de Ouro banca novamente três filmes da Netflix na categoria? Fora que a produção do Fincher não foi tão abraçada por crítica e público como se esperava e, no próprio serviço de streaming, tem “Destacamento Blood” que voltou forte após a vitória no National Board of Review. 

Por outro lado, tem grandes estúdios de Hollywood com fortes candidatos: são os casos, por exemplo, de “Meu Pai”, da Sony, “Judas e o Messias Negro”, da Warner, e a “Bela Vingança”, da Focus Features. Segundo a imprensa americana, aliás, muitos membros do corpo votante do Globo de Ouro são só elogios para o longa estrelado pela Carey Mulligan. 

Posto tudo isso, acho que “Mank” dança, a quinta vaga fica com “Meu Pai” e a possibilidade de “Bela Vingança” ser a surpresa. 

Oscar: TOP 10 Maiores Esnobadas nos Anos 1950

De Charlton Heston a "Cantando na Chuva", Caio Pimenta traz as 10 maiores esnobadas do Oscar nos anos 1950. 10. CHARLTON HESTON, por "OS DEZ MANDAMENTOS" Em 1957, o épico bíblico “Os Dez Mandamentos”, obteve sete indicações ao Oscar. Ainda assim, uma esnobada deixou...

Oscar 2023 – Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 6

Do novo "Avatar", de James Cameron, a "The Killer",de David Fincher, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. "ASTEROID CITY" Após “A Crônica Francesa” decepcionar, o Wes Anderson busca o retorno ao Oscar com “Asteroid City”, uma história de amor na...

Oscar: TOP 10 Resultados Injustos dos Anos 1950

De Bette Davis a "Assim Caminha a Humanidade", Caio Pimenta traz os 10 resultados mais injustos do Oscar nos anos 1950. https://www.youtube.com/watch?v=Ql_0XmMPw2U 10. GEORGE STEVENS EM MELHOR DIREÇÃO...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 5

De Carey Mulligan à nova parceria Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, chegou a hora da quinta parte de candidatos rumo ao Oscar 2023. https://www.youtube.com/watch?v=DmzN-jKKGUo 13 VIDAS  O Ron Howard quebrou a cara em 2021 ao apostar em “Era uma vez um Sonho”. Para...

Oscar: TOP 10 Ganhadores de Melhor Atriz na Década de 1950 

De Olivia de Havilland a Susan Hayward, Caio Pimenta apresenta o TOP 10 dos vencedores do Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950.  10. JUDY HOLLIDAY, por "NASCIDA ONTEM" A interpretação mais fraca a vencer o Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950 vem da cerimônia de 1951. ...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 4

De Jordan Peele a David O. Russell, chegou a hora da terceira parte de candidatos rumo ao Oscar 2023.  https://www.youtube.com/watch?v=B-w9rivGhKI DOCUMENTÁRIO SIDNEY POITIER  Ganhadora do Oscar deste ano com “Coda”, a Apple já mira sim a edição do ano que vem, pelo...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Sean Penn

De "Os Últimos Passos de um Homem" a "Milk", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Sean Penn. https://www.youtube.com/watch?v=ZmYMmJ_F3Vs 5. UMA LIÇÃO DE AMOR  Em 2002, Sean Penn surgiu na lista pelo trabalho em “Uma Lição de Amor”.  Ainda que...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 3

De "Elvis", de Baz Luhrmann, a “Don´t Worry Darling", com Harry Styles, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. CRIMES OF THE FUTURE  https://www.youtube.com/watch?v=DV0saNig-v4 Voltando aos cinemas oito anos após “Mapas para as Estrelas”, o David...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Jack Nicholson

De "Easy Rider" a "As Confissões de Schmidt", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Jack Nicholson. https://youtu.be/GKDEjmzt8O8

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 2

De "Babylon", de Damien Chazelle, a "Blonde", com Ana de Armas, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. https://youtu.be/xp-KLwOvWPo NEXT GOAL WINS  “Next Goal Wins” está namorando o Oscar há dois anos. Havia a expectativa que ele ficasse pronto em 2021,...