Caio Pimenta apresenta a lista das surpresas e esnobados das indicações do Globo de Ouro 2021, previsto para o dia 28 de fevereiro. 

AS SURPRESAS 

Vamos começar com a turma que mandou bem e surpreendeu. Entre os coadjuvantes, o Globo de Ouro reservou duas novidades. 

Primeiro, o Jared Leto nomeado por “Os Pequenos Vestígios” e a segunda foi a Glenn Close, de “Era uma vez um Sonho”. 

De todas as surpresas, o Jared Leto é a mais inesperada. Afinal, ele nem cogitado era pela imprensa mundial. Aqui, pesou para a indicação bastante mais uma transformação física dele. Quanto a Glenn Close, a Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood foi de uma generosidade absurda ao salvá-la do desastre que foi “Era uma vez um Sonho”. Vai mais pelo nome do que pela atuação. 

Nas atuações principais, surpreenderam as nomeações da Kate Hudson, de “Music”, e Rosamund Pike, de “I Care a Lot” em Atriz de Comédia/Musical, o James Corden, por “A Festa de Formatura”, em Ator Comédia/Musical, o Tahar Rahim, de “The Mauritanian”, em Ator de Drama, e, por fim, a Andra Day, de “The United States Vs Billie Holliday”, em Atriz de Drama. 

Andra Day não chega ser uma grande surpresa; ela era cotada para indicação. A questão, aqui, é que ela superou rivais de peso na briga pela última vaga, ganhando força rumo ao Oscar. O Tahar Rahim mostra que os votantes do Globo de Ouro gostaram de “The Mauritanian”; esperava-se apenas a indicação da Jodie Foster e nada mais.  

Quanto ao James Corden, só falta de opções e ele ser um cara bem legal justifica essa nomeação. Se a Rosamund Pike cresceu nas últimas semanas com um desempenho elogiado em “I Care a Lot”, a Kate Hudson se beneficiou de “Music” ter sido bem recebido pelos votantes, afinal, a produção ainda pegou uma vaga surpreendente em Melhor Filme Comédia/Musical. 

A indicação da Emmerald Fennell, de “Bela Vingança”, em Melhor Direção também entra na cota de surpresas. Apesar de cotada, ela tinha adversários de peso na briga pela última vaga da categoria. O bom é que, pela primeira vez, teremos mais mulheres do que homens em Direção. 

Por fim, também vale citar “Mank”. Apesar de ter perdido a dianteira na corrida rumo ao Oscar para “Nomadland”, o filme do David Fincher mostrou forças para liderar as nomeações, ao todo, foram seis. Nas próximas semanas, vamos saber se ganhou novo fôlego ou foi apenas o último suspiro. 

OS ESNOBADOS

Não dá para falar de esnobados no Globo de Ouro 2021 sem citar “Destacamento Blood”. O filme do Spike Lee ficou zero indicações. Isso mesmo: ZERO! Nem mesmo o Delroy Lindo, extremamente elogiado, conseguiu ser nomeado em Melhor Ator.  

Duas curiosidades estranhas: primeiro que os filhos do Spike Lee serão os embaixadores da festa neste ano; e segundo que a Netflix dominou as indicações tanto no cinema quanto na TV, mas, um dos seus principais candidatos na temporada de premiações acabou totalmente esquecido. 

Entre os coadjuvantes, as ausências da Ellen Burstyn, por “Pieces of a Woman”, e Saoirse Ronan, de “Ammonite”, foram as mais sentidas. Já entre os homens, o Paul Raci, de “O Som do Silêncio”, e o Kingsley Ben-Adir, por “Uma Noite em Miami”, farão falta no Globo de Ouro. 

Saoirse Ronan de fora somente mostra o quanto “Ammonite” já era na temporada de premiações, enquanto a Ellen Burstyn, apesar de esnobada aqui, deve ser indicada para o Oscar. Não vejo a Academia sendo tão generosa com a Gleen Close como o Globo de Ouro foi. Faltou nome para o Paul Raci; se fosse um ator mais conhecido, certamente, teria sido indicado. Quanto ao Kingsley Ben-Adir, só comprovou como errada a decisão da Associação de Imprensa Estrangeira em colocar todo mundo de “Uma Noite em Miami” em coadjuvante. Fez com que ele perdesse um espaço que poderia ter sido conquistado em Ator Principal. 

Em Melhor Atriz de Comédia, a Meryl Streep, por “A Festa de Formatura”, e a Rashida Jones, de “On the Rocks”, ficaram de fora, enquanto Mads Mikkelsen, por “Another Round” foi esnobado entre os homens. Em Melhor Ator de Drama, além do Delroy Lindo, o Steven Yeun, por “Minari”, ficou a ver navios. Sophia Loren, por “Rosa e Momo”, e a Zendaya, por “Malcolm & Marie” foram esnobadas em Melhor Atriz de Drama. 

Apesar de surpreendente, não acho absurdo a Meryl Streep ficar de fora. Bom ver outros nomes serem indicados de vez em quando. Mais do que as ausências da Sophia Loren e Zendaya, chama a atenção que o Globo de Ouro buscou evitar um domínio absoluto nesta e em outras categorias de cinema com três mais ou mais nomeados dos filmes do streaming. Isso pode explicar a preferência da Andra Day em relação às duas atrizes. Aliás, “Malcolm & Marie” foi deixado totalmente de lado. 

Em Direção, o Florian Zeller, de “Meu Pai” e o Lee Isaac Chung, por “Minari”, não foram indicados assim como “On the Rocks” em Melhor Comédia/Musical. Por fim, “A Voz Suprema do Blues”, “Uma Noite em Miami”, “Judas e o Messias Negro” e “Relatos do Mundo” ficaram de fora em Drama. 

“Relatos do Mundo”, “On the Rocks” e “Judas” eram filmes que tinham potencial para ir além, mas, o trio só conseguiu uma indicação para cada. De todos eles, a pior situação foi da comédia da Sofia Coppola que aparece, todo dia, mais enfraquecida na temporada de premiações.  

“A Voz Suprema do Blues” mostra, definitivamente, que a força dele está nas atuações e não no filme como um todo. E a esnobada de “Uma Noite em Miami”: consegue emplacar a Regina King em Direção, mas, cai fora de Filme e Roteiro? Incoerências do Globo de Ouro.  

Oscar: TOP Seleção de Indicados a Melhor Filme – 2010 a 2021

Qual foi a melhor e a pior seleção de indicados ao Oscar de Melhor Filme de 2010 a 2021? https://www.youtube.com/watch?v=4zSew3dqVAg&pp=sAQA 12. OSCAR 2019  A lista começa com o pior ano disparado do Oscar nos últimos tempos.  Em 2019, não tivemos nenhum candidato...

Oscar: A Vitória Nada Absurda de Sandra Bullock em Melhor Atriz

Caio Pimenta analisa as razões da vitória de Sandra Bullock, por "Um Sonho Possível", em Melhor Atriz no Oscar 2010 não ser absurda. https://youtu.be/93VuZO3MiiQ CARISMA E VERSATILIDADE: MARCAS DE BULLOCK Para começo de conversa, é preciso analisar a trajetória da...

Oscar: 10 Atuações Internacionais que Mereciam Indicações

Em 1960, Sophia Loren foi a pioneira a ganhar o Oscar por uma atuação em um filme de língua não-inglesa com “Duas Mulheres”. Astros como Marcello Mastroianni, Liv Ulmann, Valentina Cortese, Isabelle Adjani, Gerard Depardieu, Roberto Benigni, Javier Bardem, Penélope...

Oscar: TOP 10 Indicações Improváveis de 2000-2021

Caio Pimenta apresenta uma lista com as indicações mais improváveis nas categorias de atuação do Oscar entre 2000 a 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=RbqTgQVZch0 10. MARINA DE TAVIRA, por "ROMA"  Depois de levar o Leão de Ouro do Festival de Veneza e chegar com o...

Festival de Cannes: Quem Sai Forte para o Oscar 2022?

Caio Pimenta apresenta quais produções saíram fortes do Festival de Cannes deste ano para a disputa do Oscar 2022. https://www.youtube.com/watch?v=RIdRxxmSWrA MELHOR FILME https://www.youtube.com/watch?v=ZMgvkuhVWfc Maior evento do cinema europeu, o Festival de Cannes...

Oscar Bait: os 10 Maiores casos dos últimos anos

De Glenn Close a “Nasce uma Estrela”, Caio Pimenta analisa quais os 10 maiores Oscar bait dos últimos anos.  https://www.youtube.com/watch?v=ypWD-gfjnMY 10. JENNIFER LAWRENCE, por “JOY” Teve uma época em que bastava a Jennifer Lawrence lançar um filme e o Oscar a...

Oscar: 10 Filmes que não deram sorte na Premiação

Grandes clássicos do cinema não deram sorte no Oscar seja por concorrer contra um mega favorito ou estar no meio de uma disputa entre dois candidatos fortes. Neste vídeo, Caio Pimenta traz 10 filmes que passaram por essa situação....

Oscar: O Épico Duelo Sean Penn x Mickey Rourke

Dois galãs surgidos nos anos 1980, Sean Penn e Mickey Rourke tiveram trajetórias bem diferentes ao longo da carreira, mas, se encontraram para uma disputa acirrada no Oscar 2009 de Melhor Ator. Com direito até tretas, Caio Pimenta traz como foi essa disputa e se o...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2011 a 2021

De Greta Gerwig a Leonardo DiCaprio, Caio Pimenta apresenta 10 grandes atuações esnobadas de indicações no Oscar entre 2011 e 2021. https://www.youtube.com/watch?v=AW1s2P7Hlwk 10. ROBERT DE NIRO, por "O IRLANDÊS"  “O Irlandês” foi perdendo força ao longo da temporada...

Oscar: Os Melhores Duelos Dos Últimos 30 Anos

Há anos em que um filme sobra no Oscar: ocorreu com “O Silêncio dos Inocentes”, “A Lista de Schindler” e “Titanic”. Porém, há outras temporadas em que dois ou três filmes brigam pesado pela estatueta.   Caio Pimenta apresenta as 10 melhores disputas desde a década de...