Caio Pimenta apresenta quem subiu e quem desceu na disputa pelo Oscar 2021 durante o mês de dezembro. 

EM ALTA NO OSCAR

Os prêmios da crítica consolidaram “Nomadland” de uma vez por todas como o grande favorito ao Oscar 2021. 

Todos os principais críticos dos EUA apontam o longa da Searchlight Pictures nas suas listas de melhores do ano. A Chloe Zhao está muito perto de se tornar a segunda mulher a vencer em Melhor Direção, enquanto uma terceira estatueta da Frances McDormand não parece tão impossível assim. 

O problema de um favoritismo tão cedo e tão absoluto é que o filme se torna alvo de todas as outras campanhas. Com isso, a chance dele se desgastar, igual ocorreu com “La La Land”, em 2017, é alto, especialmente em uma campanha que só termina no fim de abril. 

First Cow” ganhou nova força no mês de dezembro com o apoio da crítica, além das nomeações ao Gotham, e viu ressurgir as chances de disputar o prêmio após ter sido lançado lá em 2019. 

A primeira exibição do filme da Kelly Reichardt foi no Festival de Telluride, em agosto de 2019, e, antes da pandemia, foi exibido no Festival de Berlim deste ano. Essa trajetória marcaria uma das mais longas jornadas de uma produção até o Oscar. “Nunca Raramente Às Vezes Sempre” também é outro que vem subindo gradualmente após iniciar seu caminho lá em janeiro no Festival de Sundance. 

Por fim, em Melhor Filme, Promising Young Woman” e “Minari foram outros que subiram. No caso do longa do Lee Isaac Chung, o Globo de Ouro deu uma ajudazinha com sua rejeição ao longa para disputar as categorias principais. Hollywood abraçou as críticas da equipe do longa. Ainda assim, o mesmo aconteceu com “A Despedida” em 2020, mas, no fim das contas, o Oscar esnobou. 

Chadwick Boseman, Carey Mulligan, Paul Raci e Maria Bakalova cresceram na disputa pelo Oscar com os dois primeiros tendo boas chances de levarem a estatueta. O dinamarquês “Another Round” levou quatro prêmios no European Film Awards – Melhor Filme, Direção, Ator e Roteiro – e aparece como o favorito para Filme Internacional. Por fim, “Wolfwalkers”, pelo menos, promete dar um calorzinho em “Soul” em Melhor Animação. 

EM BAIXA NO OSCAR 

Lembra daquela história de que o Oscar 2021 seria da Netflix? 

Bem, em indicações, talvez, mas, para vencer, dezembro mostrou que o caminho será mais longo. 

Afinal, as grandes apostas do serviço de streaming não decolaram como se imaginava. 

A maior decepção, sem dúvida, foi “Mank”. A produção do David Fincher deve liderar as nomeações e ser favorita em prêmios técnicos como direção de fotografia, design de produção e figurino. Por outro lado, a pouca vontade de falar com o grande público, se fechando no círculo cinéfilo, impediu o filme de ser abraçado como se esperava de um diretor com obras como “Seven”, “Clube da Luta” e “A Rede Social” no currículo.  

Acredito nas indicações de “Mank” em Melhor Filme e Direção, mas, as chances de vitória me parecem, neste momento, bem distante de acontecerem. Já Gary Oldman corre risco alto de ficar fora de Melhor Ator. Mas, o projeto do Fincher não é o único que decepcionou. 

Além do fracasso nível “Cats” de “Era uma vez um Sonho” destruindo as esperanças dos fãs de Amy Adams e Glenn Close, “O Céu da Meia-Noite” foi outro que não deslanchou. Todo o bom mocismo de George Clooney e o discurso ambiental necessário não foram suficientes para segurar uma ficção científica clichê e incapaz de emocionar. Já “A Festa de Formatura” pode ter o super elenco com Meryl Streep e Nicole Kidman, mas, os exageros típicos de Ryan Murphy exigem boa vontade demais para ser abraçado por todos os tipos de público. 

Salvaram-se “A Voz Suprema do Blues” e “Os Sete de Chicago”, mas, nenhum dos dois me parecem fortes suficientes para um confronto com “Nomadland”.

Por fim, o Bill Murray deu uma queda na disputa por Melhor Ator Coadjuvante acompanhando o baixo desempenho de “On the Rocks” nesta temporada de premiações. 

Oscar 2021: Quais Deveriam ser os Ganhadores? – Parte 1

Caio Pimenta analisa quais deveriam ser os ganhadores do Oscar em nove categorias, incluindo Melhor Direção e roteiros. https://www.youtube.com/watch?v=HhiLEu6vciY CURTA E SOM Vamos começar com os curtas de ficção.    O meu favorito é o israelense “White Eye” seguido...

Oscar: TOP 10 Maiores Momentos da Década 2010

De Leonardo DiCaprio a Lady Gaga, Caio Pimenta apresenta uma lista com os 10 momentos mais marcantes do Oscar na década de 2010.  https://www.youtube.com/watch?v=HZm_rdBu7d8 10. RUTH E. CARTER E HANNAH BEACHLER  https://www.youtube.com/watch?v=bw_n6O0d46k...

Oscar 2021: Qual filme tem mais chance de surpreender “Nomadland”?

Grandes rivalidades marcaram muitos anos do Oscar.  Quem não lembra dos duelos de “E o Vento Levou” e “O Mágico de Oz” ou “A Malvada” versus “Crepúsculo dos Deuses”, “A Noviça Rebelde” contra “Doutor Jivago”, “O Poderoso Chefão” versus “Cabaret”, “Kramer Vs Kramer”...

SAG 2021: ‘Os Sete de Chicago’ vence Melhor Elenco e ganha força para o Oscar

Apesar de uma lista repleta de diversidades, o SAG 2021 de Melhor Elenco foi para uma produção de maioria branca com “Os Sete de Chicago”. https://www.youtube.com/watch?v=dh-sPpPXQ0E O filme traz gigantes como Michael Keaton, Eddie Redmayne, Sacha Baron Cohen,...

SAG 2021: Viola Davis mostra força e vence em Melhor Atriz

Até tentaram tirar o protagonismo do filme dela, mas, Viola Davis é tão forte que cá está conquistando o prêmio de Melhor Atriz do SAG 2021 por "A Voz Suprema do Blues". Este é o segundo prêmio da estrela no evento: a primeira aconteceu em 2012 com “Histórias...

SAG 2021: Chadwick Boseman segue imbatível e vence Melhor Ator

A maior barbada do SAG 2021 se confirmou: Chadwick Boseman leva o prêmio de Melhor Ator por “A Voz Suprema do Blues”. Este é o primeiro troféu póstumo da categoria. https://www.youtube.com/watch?v=lyWyv6fYmQ8 Vale lembrar que o Chadwick já venceu o Globo de Ouro e o...

SAG 2021: destaque de ‘Minari’, Yun-Jung Youn vence Melhor Atriz Coadjuvante

Yun-Jung Youn. Vencedora de Melhor Atriz Coadjuvante por “Minari”, ela é a primeira mulher vencedora de um SAG no cinema por um filme não falado em inglês. Entre os homens, o feito ficou por conta do Roberto Benigni, em 1999, por “A Vida é Bela”. ...

SAG 2021: Daniel Kaluuya mantém domínio e vence Melhor Ator Coadjuvante

Depois de levar o Globo de Ouro e o Critics Choice Awards, chegou a hora de Daniel Kaluuya conquistar o SAG 2021. Ele venceu Melhor Ator Coadjuvante por “Judas e o Messias Negro”.  https://www.youtube.com/watch?v=zgKyo_vtBWw Dividindo o protagonismo com...

Oscar 2021: As Cinco Categorias Mais Disputadas da Temporada

Caio Pimenta analisa quais são as cinco categorias mais indefinidas da disputa pelo Oscar 2021 e as possibilidades dos indicados.  https://www.youtube.com/watch?v=moG6OZ3IQ4Q CANÇÃO ORIGINAL  A categoria traz “Speak Now”, de “Uma Noite em Miami”, “Fight for You”, de...

Oscar 2021: Os Impactos do PGA e WGA na Premiação

Caio Pimenta analisa os resultados do PGA e WGA, respectivamente, os prêmios dos sindicatos dos Produtores e Roteiristas para o Oscar 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=yqpRA9sLo3E SINDICATO DOS PRODUTORES O PGA Awards, prêmio do Sindicato dos Produtores dos EUA,...